Postagem em destaque

Brasil na Copa: Barbara Gerneza, jornalista russa, fala sobre assédio de torcedores brasileiros

Barbara fazia reportagem sobre torcedores na Copa do Mundo da Rússia quando foi surpreendida pela atitude de um grupo de 14 brasileiros; ...

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Layoff na GM é a única opção nesse momento para evitar demissões em massa diz Gedesp

Resultado de imagem para gm sjc
 Linha montagem S10 GM sjc
Gedesp (Grupo de Estudos de Desenvolvimento Econômico, Social e Político)
O Gedesp (Grupo de Estudos de Desenvolvimento Econômico, Social e Político) de São José, que reúne 11 entidades patronais, lançou um abaixo-assinado na internet para defender a manutenção dos empregos na fábrica da General Motors no município.
Em carta aberta divulgada neste final de semana, o grupo critica a decisão do Sindicato dos Metalúrgicos de não aceitar a proposta de layoff (suspensão temporária do contrato de trabalho) feita pela montadora.
DESEMPREGO. A GM quer suspender o contrato de 1.600 trabalhadores por até 10 meses. A empresa alega mão de obra excedente na fábrica de São José, em razão de queda nas vendas no Brasil e nas exportações.
O sindicato quer estabilidade no emprego para o grupo em layoff antes de aceitar a proposta. A GM ameça demitir os trabalhadores se não houver acordo. Sem entendimento entre as partes, o caso acabou no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) em Campinas.
Mas como não houve acordo na audiência da última quarta-feira, um novo encontro está marcado para esta terça. "São José não pode perder os empregos da GM", diz a carta aberta do Gedesp, criado em 2008. "É preciso a mobilização de toda a sociedade para preservar esses postos de trabalho e o sustento das famílias da nossa cidade".

fonte: O Vale

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMPARTILHE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Scorpions - The Concert Live in Munich - Show Completo

Flagra! Chevrolet Spin renovada é vista disfarçada antes da estreia