ANUNCIE SEU PRODUTO - e-mail net4eduardo@gmail.com - ANUNCIE SEU PRODUTO - email net4eduardo@gmail.com -

quinta-feira, 13 de julho de 2017

GM; Planta de São José fica cada vez mais distantes de investimentos, montadora vai investir 1,5 bilhão no RS

Complexo Industrial da GM em Gravataí

Complexo Industrial da GM em Gravataí
jornal Zero Hora publicou na segunda (10) que a GM anunciará em breve investimentos em sua fábrica de Gravataí, no Rio Grande do Sul. A unidade, que atualmente produz o Onix e o Prisma, com uma capacidade de 380 mil unidades por ano, passará por uma terceira expansão para começar a produzir um novo crossover compacto. Será, em outras palavras, o sucessor do Tracker, possivelmente chamado pelo mesmo nome.
Parte do chamado projeto GEM, para uma nova geração de compactos desenvolvidos na China, o novo crossover compacto é a explicação para o Tracker atual não ser fabricado no Brasil. Com a chegada do modelo novo, que antes estava previsto para 2019, o investimento em sua produção local não compensava.



Comparativo Argo x Onix x HB20


Além do novo crossover, o projeto GEM (de Global Emerging Markets, ou mercados emergentes globais) inclui novos hatchback (para o lugar do Onix e do Sonic), sedã (para substituir Prisma, Sonic Sedan e Cobalt), minivan (para matar a Spin), e picape (finalmente aposentando a Montana).



Novo Tracker


Seriam 7 novos modelos, o que pode parecer estranho, mas conte com a gente: 1 hatch, 2 sedãs, 1 minivan (de 5 e 7 lugares), 1 picape e 2 crossovers, um convencional e um ao estilo cupê. Há quem fale em 8 por contar dois modelos diferentes nas minivans. Nem todos eles devem ser vendidos no Brasil. O nome do projeto será provavelmente o nome da nova plataforma. Possivelmente uma evolução da GSV.



Chevrolet Montana 2018


Desenvolvido pela GM e pela chinesa SAIC, o projeto GEM dará origem a todos os modelos compactos da GM no mundo. Curiosamente, GEM pode ser lido como “gema”, em inglês, ou pedra preciosa. Condizente com os nomes que a General Motors costuma adotar, como Opala, Onix e, mais recentemente, com os projetos Jade e Âmbar.



Chevrolet Prisma 2018


No Brasil, a plataforma deve estrear em 2019, possivelmente com o substituto do Onix. A GM ainda não confirmou o investimento oficialmente, mas a colunista Marta Sfredo, também do Zero Hora, lembra que a quantia de R$ 1,5 bilhão se relaciona apenas ao que a GM vai colocar no negócio. Outras 5 empresas, 2 delas chinesas, devem colocar mais 20% deste valor na conta, o que levaria o investimento na região a algo próximo de R$ 2 bilhões.
Fonte: Zero Hora
Fotos: divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com a presença de Neto, Chapecoense apresenta elenco para 2017

POSTAGEM EM DESTAQUE

A fraternidade dos artistas "cover" que mantém Elvis vivo

AS MAIS VISTAS

Seguidores

COMPARTILHAR POSTAGENS