Postagem em destaque

Temer pega bandeira de Bolsonaro e lança candidatura com intervenção

O discurso do presidente Michel Temer sobre a intervenção federal  na Segurança Pública do Rio soou como lançamento de sua candidatura à...

sábado, 16 de setembro de 2017

Público do Rock in Rio protesta contra presidente Michel Temer


Resultado de imagem para do Rock in Rio

O primeiro dia de shows do Rock in Rio foi marcado pela mistura de estilos e também por protestos. Em alguns momentos durante a tarde e a noite desta sexta-feira (16), o público gritou "Fora Temer". Um deles, foi durante o pocket show da cantora drag queen Pabllo Vittar em um dos stands do festival, que reuniu um público maior do que a maioria das atrações do Palco Sunset.

Neste primeiro dia, o Palco Mundo começou com o axé de Ivete Sangalo, depois teve o synthpop do Pet Shop Boys, o pop punk do 5 Seconds of Summer e, para terminar, o pop rock do Maroon 5, que substituiu Lady Gaga.

No Palco Sunset, segundo espaço mais importante do festival, tivemos outra prova de que o público do Rock in Rio realmente não está nem aí para divisões. O último show da noite ali, com plateia bastante animada, foi "Salve o samba", homenagem aos 100 anos do gênero.

Antes de sambistas como Martinho da Vila, Jorge Aragão e Alcione, o local teve a eletrônica de SGLewis, a psicodelia de Céu com Boogarins e o funk de Fernanda Abreu (com participação de Dream Team do Passinho).

Em uma Cidade do Rock maior do que em edições anteriores, o Rock in Rio 2017 viu o público se espalhar bastante. Isso fez com que stands patrocinados por marcas, espaços geralmente sem tanto prestígio, acabassem tendo shows digno de nota.

fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Malafaia defende Bolsonaro e critica imprensa: “Vão eleger ele no 1º Turno”

AO VIVO - TV Canção Nova