Postagem em destaque

'Quando vi as chamas, não acreditei', conta sobrevivente de incêndio na Califórnia

Há dez dias, um incêndio florestal de proporções históricas está devastando uma parte da Califórnia, nos Estados Unidos. São dezenas de m...

Não achou a matéria? Pesquise aqui!

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Eles se reune o povo paga, convenção do PSDB custou R$ 1,5 milhão aos cofres públicos

Imagem relacionada
O PSDB gastou R$ 1,5 milhão para realizar sua convenção nacional amanhã em Brasília. Além da estrutura da organização do evento, todos os mais de 200 delegados receberam passagem e hospedagem. A decisão de pagar as despesas foi para evitar a acusação de privilégio à ala tucana liderada pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que será eleito presidente nacional do partido pelos próximos dois anos. A ala paulista teria melhores condições de levar “eleitores” a Brasília e assim eleger maioria no diretório e na executiva nacional.
No caixa. O evento do PSDB é bancado com dinheiro público. A verba milionária saiu do fundo partidário, que pode ser usado para isso. Por ano, o PSDB recebe R$ 81 milhões.
Para sempre. Além do governador de São Paulo Geraldo Alckmin na presidência do PSDB, a eleição do ex-presidente FHC está certa: será presidente de honra vitalício da legenda.
fonte: Estado de São Paulo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

COMPARTILHE