Postagem em destaque

Brasil na Copa: Nosso capitão se chama Vaidade

Não é de hoje que comento sobre a vaidade exacerbada de nossos jogadores da seleção brasileira. Na estreia contra a Suíça, vi o Neymar ...

quarta-feira, 7 de março de 2018

Não cochile, use roupas discretas, evite ponto escuro, empresas criam cartilha anti assalto em SJC

Cartilha dá orientações para passageiros contra  crimes (Foto: Divulgação)

As três empresas de ônibus de São José dos Campos irão distribuir para os passageiros, a partir da próxima semana, uma cartilha com orientações para evitar assaltos nos coletivos. Cobradores e motoristas passam por treinamento a partir desta quarta (7). Segundo o Sindicato dos Condutores, 16 assaltos foram registrados somente em fevereiro deste ano, um deles com a morte de um cobrador. Em 2017 inteiro, foram 15.

Entre as orientações estão: não cochile ou se distraia com conversas ou leituras, desconfie de estranhos, utilize roupas discretas, desconfie de esbarrões, fique longe da catraca, evite pontos de ônibus isolados à noite, entre outras.

De acordo com o consórcio da empresas de ônibus, a BusVale, as ações integram uma campanha educativa para reduzir o índice de assaltos aos coletivos. As orientações foram elaboradas em conjunto com a Polícia Militar.

"O objetivo é esclarecer para a população como agir e reagir no momento em que você for assaltado. Estamos atravessando um momento delicado e desesperador. Estão matando por R$ 100, R$ 200. Precisamos fazer alguma coisa e essa campanha vai ajudar", disse o diretor-executivo da Busvale, Rubens Fernandes.

"Os motoristas e cobradores saberão como agir num caso desses. Em muitos casos o criminoso está com medo e você faz algum gesto mais brusco e ele acha que vai reagir e mata uma pessoa por medo. A campanha vai ajudar quem utiliza o transporte com a experiência de quem vive por isso diariamente, que é a polícia", completou Rubens.


Segurança 


Segundo a Polícia Militar, há uma dificuldade em acompanhar os assaltos a ônibus porque os casos não são monitorados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).


"Esse estreitamento com o sindicato e as empresas de ônibus foi positivo porque trouxe dados que a empresa controla, para a gente é muito rico saber como os criminosos estão assaltando", afirmou a capitã Mara Ribeiro.

"Disso nasceram planos de ação, que envolvem o material de divulgação, promover instruções de prevenção para funcionários e fortalecer o patrulhamento em pontos de ônibus, linhas de transporte coletivo e também realizar uma abordagem até com maior frequência nos ônibus", finalizou.

A prefeitura informou que os ônibus contam com câmeras, "cujo o objetivo é inibir ações que coloquem em risco a segurança dos passageiros, conforme previsto no contrato de concessão com o município", disse, em nota.

O governo também informou que atua de forma conjunta com as empresas de ônibus e as polícias para ajudar na redução dos assaltos.

Preocupação


Para o Sindicado dos Condutores, ações que melhorem a segurança no transporte são importantes tanto para os usuários quanto para os trabalhadores.

Ônibus em São José dos Campos (Foto: Prefeitura de São José dos Campos/Divulgação)

"Os trabalhadores estão preocupados com os assaltos, não conseguem trabalhar tranquilos. Geralmente os criminosos estão com uma faca ou com uma arma e roubam pequenos valores, algo entre R$ 10 a R$ 30", contou o presidente do sindicato, Elias Pereira.



fonte: G1/Vanguarda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMPARTILHE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Scorpions - The Concert Live in Munich - Show Completo

Flagra! Chevrolet Spin renovada é vista disfarçada antes da estreia