Postagem em destaque

No trecho do Vale caminhoneiros também fazem protestos na Dutra

Caminhoneiros fizeram protestos e chegaram a bloquear a Dutra na madrugada desta segunda-feira (10) no trecho do Vale do  Paraíba. Segund...

quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Bolsonaro vai a 35,7% em São Paulo; Haddad tem 14,1%, diz Paraná Pesquisas

Alckmin tem só 12,6% em seu Estado
São Paulo é vital na disputa presidencial
Doria e Skaf: empatados para o governo
O candidato do PSL ao Planalto, Jair Bolsonaro, lidera com larga vantagem a corrida presidencial em São Paulo. O militar aparece com 35,7% da intenções de voto. No 2º lugar, Fernando Haddad (PT), tem 14,1%, empatado na margem de erro com o ex-governador do Estado Geraldo Alckmin (PSDB), que tem 12,6%. Os dados, divulgados nesta 4ª feira (3.out.2018), são do Paraná Pesquisas.
São Paulo é o Estado com o maior colégio eleitoral do país. Segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), conta com 33 milhões de eleitores, o que equivale a 22% dos votantes do país.
Atrás dos 3 primeiros, aparecem embolados Ciro Gomes (PDT), com 5,7%; João Amoedo (Novo), com 5,6%, e Marina Silva (Rede), com 3,7%.
Não irão votar em nenhum dos candidatos 12,6% dos entrevistados e 4,8% ainda não sabem em quem votar.
O Paraná Pesquisas ouviu 2.002 eleitores durante os dias 29 de setembro a 2 de outubro de 2018 em 85 do Estado de São Paulo. A margem de erro é de 2,0 pontos percentuais e o grau de confiança é de 95%. O levantamento está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) como BR-04011/2018.

COMPARATIVO ENTRE AGOSTO, SETEMBRO E OUTUBRO

Na comparação entre as intenções de voto dos meses de agosto a outubro de 2018, Bolsonaro foi de 23,1% para 35,7%. Haddad (PT) saiu de 7,3% para 14,1%. Apesar de ter crescido 6,8 pontos percentuais, os números do petista em São Paulo não acompanharam o avanço no cenário nacional. Em pesquisa divulgada em 26 de setembro, o ex-prefeito da capital paulista está com 20,2% das intenções de voto no país.
Ja Marina protagonizou o maior declínio da corrida eleitoral. A candidata da Rede apresentava 11% em agosto e agora está com 3,7%.
Geraldo Alckmin, que governou o Estado de 2001 a 2006 e de 2011 a 2018, também caiu nas intenções de voto. Saiu de 17%, em agosto, para 12,6% em outubro.
(Este post está em atualização)
__
Poder360 tem o maior acervo de pesquisas de intenção de voto na web brasileira. Acesse aqui o agregador e leia os resultados de estudos sobre as disputas para presidente, governador e senador. Saiba como usar a ferramenta.

fonte: Poder360

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

COMPARTILHE