Postagem em destaque

Atirador mata 4 e comete suicídio em catedral de Campinas (SP)

Tiros deixam mortos e feridos em catedral no centro de Campinas, em SP Divulgação Um atirador abriu fogo em uma catedral em Campinas...

domingo, 2 de dezembro de 2018

Após 12 horas de trabalho, viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros é erguido em 1 metro

Resultado de imagem para Após 12 horas de trabalho, viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros é erguido em 1 metro

A Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (Siurb) afirmou que o viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros, perto da Ponte Jaguaré, foi erguido em 1 metro após 12 horas de trabalho.

O viaduto cedeu 2 metros quando cinco carros passavam pelo local. Os veículos foram danificados e duas pessoas ficaram levemente feridas.

O secretário Vitor Aly e os engenheiros consideraram os testes bem sucedidos.

Por questões de segurança, o procedimento foi suspenso às 19h e será retomado neste domingo, (2), a partir das 7h, "com luz natural para que o monitoramento do processo seja seguido com mais precisão".

Seis macacos hidráulicos foram acionados pela primeira vez por volta das 9h deste sábado.

Segundo Aly, é preciso acompanhar os impactos na estrutura a cada centímetro levantado. “Vamos levantar um centímetro por vez para analisar a reação da estrutura”

“Vamos entender pelos pontos que a gente tem de monitoramento, ao elevar a estrutura, o que acontece com ela”, disse Aly. De acordo com o secretário, se a estrutura se mantiver estabilizada, será possível aumentar a elevação aos poucos.



Noventa operários e engenheiros instalaram seis macacos hidráulicos embaixo do viaduto. Cada macaco tem capacidade para erguer 300 toneladas. Eles foram instalados sobre o trecho do viaduto que está apoiado em dez estacas.Os aparelhos foram acionados pela primeira vez por volta das 9h. Os engenheiros calculam que o viaduto que cedeu estava recebendo uma carga de 550 toneladas e essa pressão foi aliviada quase pela metade com o apoio dos macacos hidráulicos. Não há previsão para o fim das obras.



fonte: G1
Postar um comentário

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

COMPARTILHE