Postagem em destaque

Atirador mata 4 e comete suicídio em catedral de Campinas (SP)

Tiros deixam mortos e feridos em catedral no centro de Campinas, em SP Divulgação Um atirador abriu fogo em uma catedral em Campinas...

domingo, 2 de dezembro de 2018

Trabalhadores do setor administrativo (mensalistas) aprovam programa de demissão voluntária na GM de São José, SP

Funcionários aprovaram a medida em assembleia.
Funcionários aprovaram a medida em assembleia.
Foto: Divulgação
De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, a proposta é direcionada para áreas do setor administrativo da fábrica.
Os trabalhadores do setor administrativo da General Motors aprovaram a abertura de um PDV (Programa de Demissão Voluntária), em assembleia realizada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região nesta sexta-feira (30).
A proposta é direcionada apenas para algumas áreas do setor administrativo da fábrica. Em torno de 100 trabalhadores estão aptos a aderir ao programa, de um total de 300, mas a empresa não informou qual é a meta do PDV.
A GM oferece o pagamento de um a cinco salários, de acordo com tempo de trabalho na companhia, mais oito a 12 meses de convênio médico. O PDV é parte do plano de reestruturação mundial da montadora anunciado no início desta semana. A empresa planeja fechar sete fábricas, cinco delas nos Estados Unidos e Canadá. A GM ainda não informou quais serão as duas outras fábricas a serem fechadas.
O Sindicato se opõe às demissões e cobra da GM transparência nos planos de reestruturação.
“É direito de todos os sindicatos e trabalhadores da montadora saber quais plantas serão fechadas”, afirma o vice-presidente do Sindicato, Renato Almeida.

fonte: Meon Notícias
O Vale

Postar um comentário

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

COMPARTILHE