Postagem em destaque

Atirador mata 4 e comete suicídio em catedral de Campinas (SP)

Tiros deixam mortos e feridos em catedral no centro de Campinas, em SP Divulgação Um atirador abriu fogo em uma catedral em Campinas...

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Venda de veículos crescerá 15% no acumulado de 2018

Resultado de imagem para Venda de veículos crescerá 15% no acumulado de 2018

venda de veículos em novembro somou 230,9 mil unidades e ficou 9,3% abaixo de outubro, como consequência do menor número de dias úteis (20, ante 22). Mas a média de emplacamentos se manteve em 11,5 mil unidades por dia útil. Com isso, 2018 já alcançou nestes 11 meses 2,33 milhões de unidades emplacadas, registrando alta de exatos 15% sobre igual período do ano passado. O resultado atual indica que o mercado fechará o ano com 2,56 milhões de unidades e crescerá 15%, acima da projeção da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), que estimava 2,54 milhões e acréscimo de 13,7%.

“O crédito para a compra de veículos está interessante e a inadimplência, bastante baixa”, afirma o presidente da Anfavea, Antonio Megale. Para 2019 o executivo acredita em novo crescimento de 10% a 11%.

“Analisamos com cautela e ainda precisamos fechar as projeções, mas acredito em nova alta de dois dígitos para 2019. Se ficar dentro da projeção mínima, de 10%, o mercado encerrará 2019 perto de 2,8 milhões de veículos”, afirma Megale.


CRESCE A VENDA DE HÍBRIDOS, MAS TAMBÉM DOS 1.0

A venda de carros híbridos vai ganhando espaço no País, apesar do volume pequeno. Foram 3,5 mil unidades de janeiro a novembro. O total é 8,1% a maior que os emplacamentos de modelos desse tipo em todo o ano passado. E esse volume vai aumentar ainda mais em 2019 com o crescimento da oferta. A Lexus, por exemplo, decidiu que só venderá híbridos no Brasil a partir do segundo semestre de 2019.

Um terço do mercado ainda pertence aos modelos com motores 1.0, que somaram de janeiro a novembro 675,7 mil unidades, 15,9% a mais que em iguais meses do ano passado. E responderam por 35,4% das vendas totais.
ESTOQUE SE MANTÉM ESTÁVEL

Os números da Anfavea apontam que o estoque total de veículos baixou pouco de outubro para novembro, de 293,9 mil para 290,8 mil unidades, o que se traduz em cerca de 23 dias. O estoque nas fábricas baixou entre outubro e novembro de 121,1 mil para 117 mil unidades, ou seja, caiu de 16 para 15 dias. Nas concessionárias ocorreu pequeno aumento, de 172,8 mil para 173,8 mil veículos, subindo de 22 para 23 dias.

fonte: Automotivebusiness
Automotive Business
Postar um comentário

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

COMPARTILHE