Postagens

Mostrando postagens de Junho 9, 2013

Copa das confederações: A presidente Dilma Rousseff foi muito vaiada momentos antes do início da abertura, ela fez caras de poucos amigos e limitou-se a dizer uma única frase no microfone

Imagem
  A presidente Dilma Rousseff foi muito vaiada momentos antes do início da abertura da Copa das Confederações. Anunciada pelo alto-falante do estádio, ela fez caras de poucos amigos e limitou-se a dizer uma única frase no microfone, enquanto Joseph Blatter, presidente da Fifa, deu uma bronca na torcida pelo comportamento. "Por favor, onde está o fair play de vocês", disse o cartola, que também foi vaiado pelo público. Dilma, por sua vez, foi sucinta e ignorou os protestos. "Declaro oficialmente aberta a Copa das Confederações 2013", disse ela, atropelando as vaias. O momento embaraçoso repete uma outra história polêmica do país em grandes competições. Em 2007, na cerimônia que abriu o Pan do Rio de Janeiro, Lula estava no Maracanã e foi vaiado em todas as vezes que apareceu no estádio ou foi citado. Até por isso, ele quebrou o protocolo e não fez o pronunciamento tradicional de abertura."Na minha vida política, a vaia e o aplauso são dois momentos de rea

Entrevista com Geraldo Alckmin: Governador fala sobre a violência e baderna em SP, 'manifestantes não cumpriram acordo', o governador de São Paulo, “se PM não tivesse agido, a destruição teria sido maior”

Imagem
Desde o dia 6 de junho, a cidade de São Paulo foi palco de quatro manifestações contra o reajuste de tarifas de transporte que degeneraram em confrontos com a polícia. Na manhã seguinte a cada passeata, a maior capital do país despertou com um rastro de depredações e vandalismo. Nesta quinta-feira, a Polícia Militar reagiu com dureza e impediu que os protestos tomassem a Avenida Paulista, uma das principais vias da cidade, que reúne sete grandes hospitais. A ação policial teve início depois que um grupo de manifestantes decidiu quebrar o acordo que estabelecia um trajeto para a passeata distante da Paulista. "Houve um entendimento de que eles evitariam a Avenida Paulista. Ficou tudo acertado. A polícia sempre procura esse tipo de acordo, mas não foi cumprido nada", afirmou o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), ao site de VEJA. Como o senhor avalia as manifestações?   Nós temos manifestações todos os dias. Hoje, por exemplo, estava marcada uma do movimento se

Amor à Vida: Nicole começa a perder os cabelos e se desespera

Imagem
Continuar Lendo:  http://canadauencetv.blogspot.com.br/p/contato.html

Protestos em SP: Veja que é alguns participantes durante os protestos

Imagem
                    A multidão que protesta contra o aumento da tarifa do transporte público em São Paulo é formada por uma diversidade de pessoas. Há gente de várias idades, bairros, profissões, ideologias e opiniões sobre o tema. Nesta quinta-feira (13), o  G1  percorreu as ruas da capital e ouviu histórias de quem decidiu protestar contra o preço da passagem a R$ 3,20. Embora o ato seja convocado por grupos e partidos políticos defensores da causa, a maioria dos participantes não tem vínculo com essas entidades e decidiu integrar o grupo por conta própria. Leia abaixo as histórias de quem participou do ato desta quinta, o quarto de uma série de protestos iniciada no dia 6 e que tem parado as principais vias de São Paulo e afetado milhões de pessoas para pedir a revogação do reajuste do preço da passagem:  'Isso, sim, é torcida organizada' Formada em letras e atualmente funcionária do Conselho Britânico, Adriana de Alencar Sorrenti, de 30 anos, diz que mudou de bairr

Passando fronteiras: Atos são marcados em 27 cidades no exterior em apoio a protestos no Brasil

Imagem
Dezenas de manifestações estão sendo organizadas em outros países em apoio aos protestos contra aumento de tarifa de ônibus realizados no Brasil, principalmente depois do ato de quinta-feira, dia 13, marcado pela ação violenta da Polícia Militar. Há eventos marcados pelo Facebook em pelo menos 27 cidades da Europa, Estados Unidos e América Latina. A organização está sendo feita por brasileiros que moram em outros países e muitas contam com a confirmação online de milhares de pessoas, como é o caso do ato organizado em Dublin, na Irlanda. O ato, marcado para as 13 horas de domingo, dia 16, tem confirmação de 1.191 pessoas. "Os brasileiros que vivem na Irlanda também estão indignados com o tratamento oferecido por seus governantes nos últimos tempos e que eclodiu após o anúncio do abusivo aumento da tarifa", informa release do evento. Uma das organizadoras, a catarinense Andréa Cordeiro, de 32 anos, diz que tem acompanhado atenta as manifestações no Brasil. "Ficamos

Protestos no RJ: Cidade carioca também teve vandalismo e quebra pau

Imagem
fonte: http://extra.globo.com/noticias/rio/onibus-manifestacao-em-niteroi-termina-com-bombas-tumulto-veja-as-fotos-8698337.html#img=3

Protestos em SP: Pelo menos 15 jornalistas ficaram feridos durante cobertura de protesto em SP

Imagem
  Pelo menos 15 jornalistas ficaram feridos durante a cobertura do protesto contra a alta da tarifa de transporte em São Paulo nesta quinta-feira (13). O levantamento é da Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo). Na lista de agressões sofridas pelos jornalistas estão tiros de bala de borracha, golpes de cassetete, bombas de gás lacrimogêneo, spray de pimenta e até atropelamento por viatura da Polícia Militar. Além disso, dois jornalistas --da revista "Carta Capital" e do portal Terra-- foram detidos durante a cobertura da manifestação.O caso mais grave é do fotógrafo Sérgio Silva, da Futura Press, atingido no olho por uma bala de borracha. Ele passou ontem por uma cirurgia para reparação do globo ocular no Hospital de Olhos Paulista. O boletim médico sobre o estado de Silva será divulgado hoje. Por enquanto, as chances de que Silva recupere sua visão seguem abaixo de 5%. Ele estava na rua da Consolação, próximo a rua Maria Antônia, quando foi ati

Os protestos avança pelo país Manifestações que resultaram em inúmeros atos de violência, vai além do descontentamento com a elevação na tarifa do transporte público.

Imagem
Protestos contra o aumento da tarifa do transporte coletivo A insatisfação que levou milhares às ruas em São Paulo e Rio de Janeiro nos últimos dias, em manifestações que resultaram em inúmeros atos de violência, vai além do descontentamento com a elevação na tarifa do transporte público. E no momento em que o Brasil está sob os holofotes às vésperas de receber grandes eventos internacionais, o movimento ganha corpo e se espalha por outras capitais do país.A abertura de canais de diálogo entre autoridades e manifestantes para evitar uma escalada dos confrontos é necessária, na visão de analistas. Mas a inexistência de uma liderança clara nas ruas, apesar de os protestos terem sido convocados pelo Movimento Passe Livre (MPL), complica a negociação. Desde a semana passada manifestantes, em sua maioria jovens e estudantes, têm protestado contra o aumento de 20 centavos nas tarifas do transporte público no Rio e em São Paulo --foi para 3,20 reais na capital paulista e para 2,9

São paulo virou praça de guerra: Bala de borracha, pedra, paulada, era uma anarquia só, salve- se quem puder

Imagem
  Mulher fica ferida ao ser atingida por bomba disparada por policiais nesta quinta-feira, 13, durante protesto contra aumento das tarifas do transporte público em São Paulo O prefeito Fernando Haddad (PT) afirmou na noite desta quinta-feira que a manifestação de hoje contra o aumento das passagens de ônibus, metrô e trens foi marcada pela "violência policial". Ao menos 192 pessoas foram detidas no ato e sete jornalistas da Folha   ficaram feridos . "Na terça feira, eu penso que a imagem que ficou foi a da violência dos manifestantes e, infelizmente, hoje não resta dúvida de que a imagem que ficou foi a da violência policial". Ele disse que nesta sexta-feira (14) avaliará as medidas que tomará para tentar conter a escalada de violência nos protestos.O prefeito também elogiou a decisão do secretário da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, que determinou a abertura imediata de  investigações , pela Corregedoria da Polícia Militar, "para apurar rigo

AJUDE À MANTER NOSSO CANAL

AJUDE À MANTER NOSSO CANAL
Sua colaboração é importante para que nosso trabalho continue, faça sua doação, aponte a câmara do seu celular para QR CODE.