Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 9, 2014

As 8 profissões tech mais quentes para 2014 Entre os recrutadores, há um consenso de que a área de TI está em alta e assim permanecerá por um bom tempo

O  mercado de trabalho  para quem trabalha com tecnologia  está aquecido em 2014. As empresas têm feito investimentos constantes com o objetivo de melhorar a produtividade dos funcionários. Segundo uma pesquisa da empresa de recrutamento Robert Half Technology, 16% dos chefes de  TI  planejam ampliar suas equipes ainda no primeiro semestre de 2014 nos Estados Unidos. Os empregadores buscam engenheiros de software, desenvolvedores de apps móveis e gerentes de TI. A situação não é muito diferente no Brasil. Entre os recrutadores, há um consenso de que a área de TI está em alta e assim permanecerá por um bom tempo. Veja a seguir oito  carreiras  que estarão em alta em 2014, segundo informações referentes ao mercado americano fornecidas ao Mashable por Glassdoor, Robert Half Technology e Indeed.   1-Engenheiro de Software O profissional trabalha no projeto, desenvolvimento, manutenção e avaliação de software e sistemas de computador. Salário médio anual:  93.030 dó

Indústria: Nova Presidente da GM é eleita a executiva mais poderosa do Planeta

A nova CEO da General Motors está com tudo. A americana Mary Barra, que assumiu o cargo no fim do ano passado, foi eleita pela revista “Fortune” a executiva mais poderosa do mundo. Segundo a publicação, o ranking avalia fatores como o tamanho e a relevância da empresa comandada, o balanço financeiro e momento global da companhia, além do histórico da carreira. Barra é engenheira elétrica e está na GM desde os anos 80. Ela assumiu o comando da gigante automotiva norte-americana depois da aposentaria de Dan Akerson, em dezembro. Ela ocupava a posição de vice-presidente de operações globais da empresa. A presidente da GM ficou à frente de nomes como Ginni Rometty, presidente da IBM, seguida pela indiana Indra Nooyi, CEO da Pepsi. O “top 5” ainda é composto pela brasileira Graça Foster, da Petrobras, em quarto lugar, e Ellen Kullman, da Dupont, em quinto. fonte: http://motordream.uol.com.br/noticias/ver/2014/02/12/nova-presidente-da-gm-e-eleita-a-executiva-mais-poderosa-do-planeta

Após câncer, mulher publica fotos de seu corpo com cicatrizes, choca e gera polêmica

Após derrotar o câncer de mama, a australiana Beth Whaanga, decidiu tornar pública sua história e tentar conscientizar a sociedade sobre os riscos da doença. Beth tirou fotos de suas cicatrizes e postou no Facebook. Porém, após a publicação, ela conta que perdeu cerca de cem amigos que teriam se ofendido com as imagens. As informações são do site Daily Mail.   fonte: http://noticias.r7.com/saude/fotos/apos-cancer-mulher-publica-fotos-de-seu-corpo-com-cicatrizes-choca-e-gera-polemica-13022014?_escaped_fragment_=/foto/1#!/foto/1

Tinga foi alvo da manifestação racista de torcedores peruanos durante o jogo do Cruzeiro com o Real Garcilaso

Alvo da manifestação racista de torcedores peruanos durante o jogo do Cruzeiro com o Real Garcilaso, em Huancayo, na quarta-feira, o volante Tinga revelou que seu filho "chorou muito" ao assistir à partida pela televisão e que não quis ir à escola nesta quinta-feira. "Minha mulher não quis falar ontem e só falou hoje, o meu filho vendo o jogo, quando acabou, ele começou a chorar muito e hoje já não quis ir na escola. Então, eu estou preparado, porque minha vida foi de provações desde o início, mas minha família não está preparada", afirmou Tinga, em entrevista à  Rádio CBN . O volante celeste, que reagiu com serenidade à imitação de sons de macaco feita por torcedores do Real Garcilaso quando tocava na bola, revelou que o pior momento foi quando descobriu que a situação havia afetado sua família, especialmente seu filho. Segundo ele, após a partida estava "muito tranquilo" e quando chegou ao hotel ligou imediatamente para a esposa. Indagado pelo r

Uma em cada 14 mulheres no mundo já foi vítima de abuso sexual, diz estudo

Uma em cada 14 mulheres já foi, pelo menos uma vez, vítima de abuso sexual por parte de alguém que não o seu parceiro, mostra estudo feito em 56 países e publicado hoje (12) na revista The Lancet. De acordo com o levantamento, a situação varia muito de país para país. A taxa de mulheres vítimas de abusos chega a 20% na região central da África Subsaariana mas, em média, 7,2% das mulheres com 15 anos ou mais dizem ter sido atacadas sexualmente pelo menos uma vez na vida. A lei do silêncio "Descobrimos que a violência sexual é uma experiência comum para as mulheres em todo o mundo, e em algumas regiões é endêmica, atingindo mais de 15% em quatro regiões. No entanto, as variações regionais precisam ser interpretadas com cautela devido às diferenças na disponibilidade de dados e nos níveis de denúncia", explicou Naeemah Abrahams, do Conselho de Investigação Médica da África do Sul, que coordenou o trabalho com colegas da Escola de Higiene e Medicina tropical de Londres e c

Brasil sem controle: Ônibus é incendiado na Zona Sul de São Paulo

Um ônibus foi incendiado na noite desta quarta-feira (12) na Zona Sul de  São Paulo , de acordo com informações da Polícia Militar. O ataque ao coletivo ocorreu por volta das 23h na Rua João Robalo, no Jardim Soraia, no Capão Redondo. Ninguém ficou ferido, segundo a PM.  Não há informações sobre o que motivou o ato de vandalismo. Ninguém foi preso. A ocorrência deverá ser registrada no 47º distrito de polícia, no Capão Redondo. Com mais este, é o 38º ônibus incendiado na capital paulista desde o dia 1º de janeiro. O número de ônibus queimados em janeiro e fevereiro na capital paulista já corresponde a mais da metade dos casos ocorridos no ano passado na cidade, segundo dados da São Paulo Transportes (SPTrans). Em 2013, 65 ônibus foram incendiados. Segundo levantamento feito pelo G1, os incêndios ocorrem por diversas causas, desde morte de moradores (oito ao todo), enchentes (sete), proibição de bailes funk, falta d'água, reintegração de posse, prisões de moradores, abordagens

Brasil o país da copa, a realidade por traz dos estádios

fonte: http://www.youtube.com/watch?v=Tb7cAwd-cSI#action=share

O país da impunidade: A trágica morte do cinegrafista Santiago Andrade não foi uma mera fatalidade

A trágica  morte do cinegrafista  Santiago Andrade não foi uma mera fatalidade. O rojão que o matou fora aceso há meses. Coube aos dois mascarados apenas acabar o serviço. Quando o rojão finalmente explodiu, é possível que ele não estivesse apontado intencionalmente a Santiago. Mas isso não interessa. Não interessa porque, numa República, não há vidas mais importantes do que outras. A vida de Santiago era tão preciosa quanto a vida de qualquer cidadão. Qualquer jornalista. Qualquer Policial Militar. Qualquer Black Bloc. Em suma, de qualquer um que pudesse estar no caminho do rojão naquela tarde de quinta-feira na praça Duque de Caxias. Num país em que se reduz todo ato de barbárie a uma fatalidade, seja matar um jornalista ou trancar um adolescente pelo pescoço a um poste, tudo é permitido. E, num país de fatalidades, ninguém é responsável por nada. A morte de Santiago não poderia ser exceção. Uma fatalidade? Diga isso a Arlita Andrade, viúva de Santiago, e aos seus quatro fil

Adriano Oliveira, técnico do Instituto Cabruca, mede o maior jequitibá do Brasil

O maior jequitibá do Brasil foi descoberto dentro de uma área de produção de cacau no sul da Bahia. A árvore tem 48 metros de altura e 4,35 metros de diâmetro. Foi encontrado por Rodrigo Barreto, proprietário da Fazenda Monte Florido, no município de Camacã. O título de maior jequitibá do país pertencia até então a uma árvore no Parque Estadual de Vassununga, em Santa Rita do Passa Quatro (SP), com 40 metros de altura e 4m de diâmetro. A presença do maior jequitibá do país numa área de cacau é mais uma evidência de como é bom para o meio ambiente o sistema de produção da região. Os pés de cacau crescem à sombra da Mata Atlântica,  numa convivência harmônica . O sistema, batizado de cabruca, ajuda a proteger espécies nativas de árvores e de animais ameaçados , como o mico-leão da cara dourada. A árvore foi descoberta na 1ª Edição do Concurso Maiores Árvores da Região Sul da Bahia, promovido pelo Instituto Cabruca, que visa promover o cacau da região e a conservação ambiental. Pel

Programa mais médicos está caminhando para o fracaço

  O ministro da Saúde, Arthur Chioro, informou nesta terça-feira (11) que 24 cubanos já deixaram o programa Mais Médicos e que outros três não apareceram para trabalhar e ainda não foram localizados pelo governo. Em entrevista, o ministro considerou que o número é "insignificante", frente ao universo de 9.549 médicos participantes do programa no país, dos quais cerca de 7.400 vindos de Cuba. Dos 24 cubanos que deixaram o programa, 22 já haviam sido desligados até a semana passada por motivos pessoais ou de saúde e, segundo Chioro, já retornaram para Cuba. Dois médicos, que já eram conhecidos, ainda não oficializaram a saída - Ramona Matos Rodriguez, que trabalhava em Pacajá (PA) e foi para Brasília; e Ortelio Jaime Guerra, que atendia em Pariquera Açu (SP) e viajou para os Estados Unidos. Os três que estão "sumidos" trabalhavam em Rio do Antônio (BA), Belém de São Francisco (PE) e Timbira (MA). Governo anunciou chegada de 2.891 profissionais para o Mais Médi

Polícia divulga foto de suspeito de acender rojão que atingiu cinegrafista

A Polícia Civil divulgou, na manhã desta terça-feira (11), a foto de Caio Silva de Souza, de 23 anos, suspeito de acender o rojão que atingiu o repórter cinematográfico Santiago Andrade durante protesto no Centro do Rio na quinta-feira (6). Policiais da 17ª DP (São Cristóvão) realizavam, em torno de 10h40, buscas na tentativa de cumprir o mandado de prisão temporária expedido pela Justiça na segunda-feira (10). De acordo com a polícia, é ele quem aparece nas imagens registradas por fotógrafos e cinegrafistas usando calça jeans e camisa cinza suada. Morador da Baixada Fluminense, ele já tem duas passagens pela polícia, uma delas por  ter sido vítima de agressão em uma manifestação e a outra por um crime de menor potencial ofensivo, segundo a polícia. O rapaz foi identificado após ajuda de Fábio Raposo, que confessou ter participado da ação e está preso desde domingo (9). Em depoimento, Raposo disse que Caio tem um perfil violento e que eles se conheciam apenas de outros protest