Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 17, 2015

Vitor Belfort vs. Chris Weidman hoje (23) pelo Cinturão do UFC 187

A luta principal   contará com a disputa do Cinturão Vago dos meio-pesados entre os americanos Daniel Cormier  e Anthony Johnson.  Cormier tem 15 vitórias e uma derrota – exatamente para Jon Jones no UFC 182 em janeiro. Já Johnson carrega 19 vitórias e 4 derrotas e vem de dois nocautes fulminantes sobre Gustafsson (em janeiro) e Minotouro (em julho). Tentará a 10ª vitória consecutiva e é o favorito. Na segunda luta mais importante,  o campeão dos médios Chris Weidman defenderá o seu reinado nos médios pela terceira vez. O adversário será Vitor Belfort.  O embate já era para ter acontecido no UFC 173, UFC 175, UFC 181 e UFC 184. Todavia, lesões nos lutadores acabaram por adiar o embate. Weidman está invicto com 12 vitórias no MMA. Conquistou o Cinturão no UFC 162 em julho de 2013 ao nocautear Anderson Silva. Das 12 vitórias, 5 foram por nocaute, 4 por decisão e 3 por finalização. Por outro lado, Vitor ostenta 24 triunfos e 10 derrotas. Das 24 vitórias, 17 foram por nocaute,

Classe média, poder de compra obrigam milhões de brasileiros a mudar os hábitos de consumo

Enquanto a crise econômica não chega ao bolso das pessoas, elas tendem a achar que os problemas anunciados pelos especialistas não passam de miragem. O PIB empacou? Os investimentos caíram? O governo trabalha sem superávit? Se isso não afeta a vida ou trabalho de alguém, provavelmente não vai significar coisa alguma. Mas as questões financeiras dos brasileiros passam por um momento singular. A inflação, aquela velha senhora que parecia domada pelo Plano Real, está de volta. Junto dela, ressurgem lembranças ruins e os temores que pareciam confinados a um passado distante. Para quase todo mundo, não há nada mais chocante e verdadeiro no campo econômico do que a descoberta de que os preços estão em forte disparada. Isso não só escancara a crise – sim, ela está aí e desta vez veio com força – como causa impactos financeiros imediatos. Para a classe média, essa realidade é ainda mais cruel. A conta para esse grupo de brasileiros está pesada. Entre janeiro e abril, as mensalidades escola

Lula debocha de evangélicos durante palestra, Malafaia responde a ironia com sabedoria

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva perdeu completamente a noção de limite. Durante uma palestra a sindicalistas na noite desta quarta-feira (20), em um hotel no centro de São Paulo, ele ironizou em tom de deboche os pastores evangélicos por culparem o diabo quando algo está errado. Ao tentar justificar os erros do governo petista o ex-presidente explicou aos sindicalistas que nas ocasiões em que não é possível atender às reivindicações da categoria a melhor saída é colocar a culpa no governo, passando a ofender os evangélicos. “Os pastores evangélicos jogam a culpa em cima do diabo. Acho fantástico isso. Você está desempregado é o diabo, está doente é o diabo, tomou um tombo é o diabo, roubaram o seu carro é o diabo”, disparou Lula. Como a plateia foi receptiva ao tom de intolerância promovido pelo ex-presidente, Lula passou a debochar dos dízimos entregue as igrejas. “E a solução também está ali. É Deus. Pague o seu dízimo que Jesus te salvará”, disse em tom eloquente

Palavras de um vereador que ganha 10 mil por mês, “Se não for corrupto, mal se sustenta”

Em pronunciamento, parlamentar do Solidariedade diz que, se não for corrupto, político tem dificuldade para viver com remuneração da Câmara Municipal de Parauapebas, no Pará  O vereador Odilon Rocha de Sanção (SDD), de Parauapebas (PA), reclamou em plenário do salário de R$ 10.013 que recebe por mês, fora outros benefícios. Odilon disse estar pensando se, com essa remuneração, vale a pena continuar na Câmara Municipal. “O valor que o vereador ganha aqui, se ele não for corrupto, não tem nenhuma dúvida que ele mal se sustenta durante o mês”, discursou o vereador em plenário no último dia 24. Ontem, cobrado por colegas e jornalistas locais após a repercussão de sua declaração nas redes sociais, Odilon tentou explicar o que disse. O vereador afirmou que não teve a intenção de acusar qualquer companheiro de Câmara Municipal de ser corrupto nem de chamar para si essa condição. “Se for para eu sobreviver apenas com esse salário, com certeza absoluta eu não passaria o padrão de vida qu

GM e Sindicato de São Caetano do Sul não chegaram a um acordo após reunião

Reunião realizada ontem entre representantes da GM e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano terminou sem acordo. O encontro tinha como objetivo principal a definição de medidas para adequação da produção diante da queda nas vendas de veículos sem que haja necessidade de cortes de postos de trabalho. Segundo o presidente do sindicato, Aparecido Inácio da Silva, o Cidão, a montadora insiste na proposta de férias coletivas, enquanto os trabalhadores pedem que seja adotado o chamado day-off (folga remunerada). A diferença, explica Cidão, é que, no day-off, o trabalhador afastado continua recebendo salário integral. O período fora da empresa é subtraído do banco de horas. Nas férias coletivas, os dias que o funcionário fica em casa são descontados do benefício das férias.Cidão afirma que também está sendo discutida a situação dos 819 empregados que estão em lay-off (suspensão temporária do contrato de trabalho) desde novembro e cujo retorno está previsto para dia 9 de junho. “Ai

Vitor Belfort e Chris Weidman fazem encarada dura, UFC 187 próximo sábado (23)

Com a presença de dezenas de fãs em um salão no MGM Grand, em Las Vegas, aconteceu nesta quinta-feira o "media day" do UFC 187, uma espécie de entrevista coletiva simultânea com os 12 principais lutadores do evento. Após um bate-papo de cerca de uma hora com os jornalistas, os lutadores fizeram a última encarada antes da pesagem oficial, marcada para a próxima sexta-feira, também no MGM. Como sempre, as encaradas foram o ponto principal. E, nessa hora, Vitor Belfort brilhou. Olhando diretamente nos olhos de Chris Weidman, o brasileiro aproximou-se muito do campeão e Dana White precisou evitar que os dois se tocassem. Usando um cabelo no estilo moicano com uma cruz na lateral, o "Fenômeno" manteve a seriedade no palco, olhando fixamente para Weidman, que não recuou. A mão de Belfort ficou a centímetros do rosto do americano. Esta foi a encarada mais dura da tarde, já que os demais lutadores mostraram respeito e até amizade ao se encontrarem para posar para as câme

Honda Sumaré chega ao topo, fábrica trabalha acima da capacidade à espera de nova planta

Se comparada à evolução de um ser humano ao longo dos anos, a fábrica da  Honda em Sumaré  chega perto de completar 18 anos de idade no topo da produtividade, em sua estatura máxima. A planta vem produzindo acima de sua capacidade máxima instalada de 120 mil unidades/ano – em 2015 a conta deve ficar próxima de 150 mil veículos. Graças a investimentos de cerca de R$ 100 milhões nos últimos três anos para melhorar a produtividade, além de quase 3,5 horas extras de trabalho em dois turnos, a unidade no interior paulista conseguiu aumentar o volume diário de produção de 540 para 652 carros, para dar conta do sucesso de mercado conseguido por todos os quatro modelos fabricados (Fit, City, Civic e HR-V). Nada mal para quem nasceu, em outubro de 1997, fazendo apenas 20 sedãs Civic por dia.   “Já crescemos 15% de janeiro a abril e estimamos continuar nesse ritmo até o fim do ano”, diz Carlos Eigi, vice-presidente da Honda Brasil responsável pelas operações industriais. O executivo explic