Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 6, 2015

Brasil agora é um potencial caloteiro, país está no fundo do posso

Para entender o significado do rebaixamento da nota de crédito do Brasil pela agência de classificação de risco Standard & Poor´s, basta responder a seguinte pergunta: você emprestaria o seu dinheiro para um mau pagador? A não ser que se trate de um perdulário irremediável, provavelmente dirá não. Ao colocar as finanças brasileiras na segunda divisão – a nota caiu de “BBB-” para “BB+” –, a S&P fez mais do que tirar o grau de investimento conquistado a duras penas em abril de 2008. Numa tacada só, a agência americana desmoralizou a política econômica da presidente Dilma Rousseff, colocou pressão adicional em um governo aturdido e escancarou para o mundo inteiro o buraco em que o País se meteu. A expressão mais adequada para definir as nações que se enquadram no nível “BB+” é “potencial caloteiro.” Daí se compreende o tamanho da encrenca que os brasileiros terão pela frente. Designado pelo Palácio do Planalto para falar oficialmente sobre o assunto, o ministro Nelson Barbosa

Rui Falcão, presidente do PT na mira da Polícia Federal

São Paulo - A Polícia Federal quer ouvir, na  Operação Lava Jato , o presidente do PT, Rui Falcão, e José Filippi Júnior, tesoureiro das campanhas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2006, e da presidente Dilma Rousseff, em 2010. Os nomes do líder petista e do tesoureiro constam do rol de políticos, inclusive ex-ministros dos dois governos Lula e Dilma, submetido pela PF ao Supremo Tribunal Federal (STF) na quarta-feira, 9. O pedido é do delegado Josélio Sousa, que integra a força-tarefa da Lava Jato perante o Supremo. ao STF. A PF pede 80 dias para tocar as apurações alegando 'dimensão dos fatos e a quantidade de investigados nos autos'. Nesta etapa da investigação, a PF mira em quadros importantes do PT, PMDB e PP. Os três partidos estão sob suspeita de lotearem diretorias da Petrobras, entre 2004 e 2014, para arrecadar propina em grandes contratos, mediante fraudes em licitações e conluio de agentes públicos com empreiteiras organizadas em cartel.

Bolsa Família, governo já cortou quase 800 mil benefícios

Primeiro, chega a "cartinha". Com carimbo do Ministério do Desenvolvimento Social, ela pede ao beneficiário do Bolsa Família que se apresente na prefeitura da cidade para agendar a visita de um assistente social à sua casa. A partir desse momento, o dinheiro do programa já para de entrar na conta da família. Semanas depois, o assistente social toca a campainha. Prancheta, caneta e almofadinha de carimbo na mão (para os casos em que o beneficiado não sabe escrever), ele faz perguntas sobre cada morador da casa: quem estuda, quem trabalha, quanto ganha. Caso note a presença de uma moto, de uma TV de LED ou de qualquer elemento que destoe do cenário de pobreza obrigatório, indaga quando a família adquiriu o bem e com que recursos. Encerrada a entrevista, pede ao beneficiário que assine o formulário preenchido e encaminha o papel à prefeitura. Feito isso, o resultado é quase sempre o mesmo: adeus, Bolsa Família. Poucos dos que recebem a visita do assistente social conseguem

Jovens sem juízo, alta velocidade, nove dentro do carro, bate em poste e mata três

Elizabeth Oliveira Santos, mãe de uma das vítimas do  acidente que matou três pessoas  e deixou mais seis feridos na Marginal Tietê, disse que pediu para o filho não sair de casa na noite deste sábado (12). Ela foi até o local do acidente durante a manhã para ver o estado do veículo: o teto estava afundado e o veículo "abraçava" o poste. Imagens do  SPTV  mostram o carro completamente destruído. "Eu falei pra ele 'Nicolas [uma das vítimas], não vai. Está chovendo muito e é perigoso'. E aí ele falou 'mãe, eu não vou no meu carro'", contou Elizabeth. O filho de Elizabeth e mais oito jovens estavam dentro de um Fiat Idea de cor escura na madrugada deste sábado, quando o veículo, em alta velocidade, bateu em um poste na Marginal por volta das 4h.  Segundo amigos das vítimas, o grupo estaria saindo de uma festa e indo para outra. O acidente ocorreu no sentido do bairro da Lapa, antes da ponte do Tatuapé. Três passageiros morreram com o impacto e

LG Electronics demite 115 funcionários da unidade de Taubaté, (SP)

A LG Electronics demitiu 115 funcionários da unidade de  Taubaté , no interior de São Paulo, na tarde sexta-feira (11). Segundo a empresa, a decisão foi tomada para adequar a produção à demanda de mercado. O corte acontece na mesma semana em que a empresa anunciou férias coletivas para  170 trabalhadores.  No último dia 31, a mesma medida foi anunciada para um  grupo de 227 funcionários . O afastamento começa a valer respectivamente nos dias 21 de setembro e 14 de setembro. Segundo a empresa, antes das demissões, medidas de flexibilização foram adotadas. Desde o início de 2015, cerca de 2.230 foram colocados em férias coletivas, segundo a multinacional. A empresa informou ainda que abriu Programas de Demissão Voluntária (PDV) por quatro vezes ao longo deste período. Para a LG, as demissões desta sexta foram necessária para manter a viabilidade econômica da empresa, que emprega cerca de 2 mil trabalhadores e  produz equipamentos de linha branca, como eletrodomésticos e monitores

Salão do Automóvel de São Paulo deve mudar de local em 2016

Depois de décadas de reclamações a respeito da falta de espaço e de ar-condicionado no Pavilhão de Exposições do Anhembi, o Salão do Automóvel de São Paulo pode estar mudando de endereço. Segundo  informações publicadas pela agência de notícias AutoData , a próxima edição do evento, em 2016, será realizada no São Paulo Expo, novo nome do local conhecido anteriormente como Centro de Exposições Imigrantes. O  São Paulo Expo  atualmente passa por uma grande reforma que deve acrescentar mais 50 mil metros quadrados de área de exposição aos 40 mil metros quadrados já existentes, somando 90 mil metros quadrados - o Pavilhão do Anhembi hoje conta com área de 76 mil m2. Além disso, o local deve oferecer climatização, conexão wi-fi de internet e um estacionamento coberto com 4,5 mil vagas. Segundo a AutoData, a mudança de endereço também implicará em uma nova data. Tradicionalmente realizado na virada do mês de outubro para novembro, o Salão do Automóvel seria agendado para ocorrer en

No segundo dia de greve, funcionários da Ford fazem caminhada

No segundo dia de greve na fábrica da Ford em São Bernardo, os trabalhadores da montadora fizeram duas assembleias pela manhã e depois realizaram caminhada pela área interna do complexo fabril, para protestar contra as demissões anunciadas pela empresa. A companhia não divulgou o número de cortes, mas reiterou ontem que já tinha adotado todas as ferramentas possíveis para adequar a produção à desaceleração da demanda automotiva. Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, cerca de 200 funcionários estão recebendo telegramas comunicando os desligamentos. A paralisação dos 4.300 empregados é por tempo indeterminado e tem como objetivo pressionar a empresa a reverter as rescisões e voltar a negociar com o sindicato.Para o presidente da entidade dos trabalhadores, a decisão surpreendeu, já que a montadora vinha afirmando que não iria precisar do PPE (Programa de Proteção ao Emprego), instrumento legal criado para a redução da jornada e dos salários para as empresas atravessarem perí

Segundo Sindicato do ABC, negociações com a Volks avançam em relação ao PPE

A direção da  teve ontem mais uma reunião com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, para discutir detalhes da adoção do PPE (Programa de Proteção ao Emprego) na fábrica de São Bernardo. Nessa unidade fabril, são cerca de 11,8 mil funcionários. As negociações prosseguem na segunda-feira, segundo o sindicato. O PPE permite reduzir em até 30% a jornada de trabalho e os salários – sendo que a metade da redução é complementada com recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) por seis meses, prorrogáveis por mais seis, com estabilidade por esse período mais um terço. Circulam rumores na fábrica de que a diminuição deverá ficar em 20%, como ocorreu no caso da Mercedes-Benz, que já fechou acordo com a entidade sindical para a implantação do programa, com a aprovação pelos empregados em assembleia.Assim como o restante do mercado automotivo, a companhia registra forte queda nas vendas neste ano. De janeiro a agosto, a redução chega a 34% no caso da comercialização dos automóveis novos

GM de SCS cogita aderir ao PPE (Programa de Proteção ao Emprego)

Ao admitir que a General Motors, assim como a maioria das montadoras, possui excedente de mão de obra em algumas fábricas, a exemplo de São Caetano, o presidente da companhia no Brasil, Santiago Chamorro, revelou que está conversando com o sindicato dos metalúrgicos sobre a possibilidade de adoção do PPE (Programa de Proteção ao Emprego), que reduz jornada de trabalho e salários em até 30% – com a metade complementada por recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) – e, dessa maneira, manter os empregos. A informação foi concedida em entrevista à Agência Autodata de Notícias. Procurada, a GM disse que não comentaria. Questionado, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano, Aparecido Inácio da Silva, o Cidão, respondeu que, por enquanto, a direção da empresa ainda não o contatou para conversar sobre aderir à ferramenta. Nos corredores da montadora e nos grupos de WhatsApp, chamadas ‘rádio-peão’, o assunto já chegou. E a sensação é de medo. “Todos os trabalhador

Indígenas e fazendeiros em MS, barril de pólvora prestes a explodir

O estado do Mato Grosso do Sul viu eclodir, na semana passada, dois conflitos armados entre fazendeiros e indígenas Guarani-Kaiowá em um intervalo de apenas cinco dias, resultando em uma morte e diversos feridos. Os conflitos ocorreram a  160 km de distância, mas envolvem os mesmos atores e possuem as mesmas causas: a letargia do Judiciário e a omissão do Executivo na demarcação de terras indígenas.  "Os índios estão esperando há anos por uma solução negociada com o governo federal, mas essa solução não chega e as condições de vida se tornam mais e mais degradantes", afirma Matias Benno, do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) do Mato Grosso do Sul. Para ele, a situação no estado é " um barril de pólvora prestes a explodir". Atualmente, o Mato Grosso do Sul é um estado com forte vocação econômica para o agronegócio,  setor que foi  o principal motor da economia  brasileira em 2014.  A expansão do setor no estado, no entanto, esbarra em terras indíge

O êxodo bíblico de milhares de migrantes, desastre humanitário na Europa

P ara descrever o êxodo bíblico de dezenas de milhares de  migrantes  que estão se espalhando por toda a  Europa , as palavras se apequenam, de fato insuficientes. Não é difícil defini-lo, porém, como a mais grave tragédia humana no continente depois da Segunda Guerra Mundial. Quase impossível encontrar estatísticas atualizadas desse fenômeno que aumenta a cada dia. Cálculos aproximados das agências internacionais indicam que nos primeiros oito meses do ano já entraram na União Europeia mais de 500 mil migrantes. Durante os meses de julho e agosto, o ritmo foi de 8 mil a 9 mil pessoas por dia, sobretudo no Mediterrâneo, mas não só ali. A dramática novidade dos últimos meses é que, graças à clemência do verão europeu, com mar calmo e temperaturas muito altas, foram abertas novas rotas marítimas e terrestres. O tráfego de seres humanos não acontece só, como no passado, entre  Líbia  e Itália principalmente, mas em poucas semanas expandiu-se por numerosos países em um incessante efe

Policia Federal quer depoimento do ex-presidente Lula, caso Petrolão

Agora é oficial: o ex-presidente  Luiz Inácio Lula da Silva  é suspeito de ter se beneficiado do petrolão para obter vantagens pessoais, para o PT e para o governo. A suspeita consta em documento da  Polícia Federal . Nele, pede-se ao Supremo Tribunal Federal autorização para ouvir Lula no inquérito que investiga políticos na operação  Lava Jato . O documento, enviado ao   STF   anteontem, na quarta-feira, é assinado pelo delegado Josélio Sousa, do grupo da PF em Brasília que atua no caso. Assim escreveu o delegado: “Atenta ao aspecto político dos acontecimentos, a presente investigação não pode se furtar de trazer à luz da apuração dos fatos a pessoa do então presidente da República, LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA que, na condição de mandatário máximo do país, pode ter sido beneficiado pela esquema em cursa na   PETROBRAS , obtendo vantagens para si, para seu partido, o   PT , ou mesmo para seu governo, com a manutenção de uma base de apoio partidário sustentada â custa de negócios ilíc