Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 27, 2015

Época: Os trambiques de Lula na África

                       Na manhã de 13 de março de 2013, o ex-presidente  Luiz Inácio Lula da Silva  embarcou em São Paulo num jato Falcon 7x, fretado pela construtora  Odebrecht , rumo a Malabo, capital da  Guiné Equatorial . O país é governado há 36 anos pelo ditador  Teodoro Obiang Nguema Mbasogo , com quem Lula mantém excelentes relações. Lula se encontrou com empreiteiros brasileiros, que reclamavam da demora do  Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social , o BNDES , e do  Banco do Brasil  para a liberação de  financiamentos de obras na África . Em seguida, esteve com o vice-presidente da  Guiné , Ignacio Milán Tang . Falou como homem de negócios. Disse que estava ali para conseguir contratos para a Odebrecht. Usou sua influência sem meias palavras. O mais poderoso lobista da Odebrecht entrava em ação. A embaixadora do Brasil em Malabo, Eliana da Costa e Silva Puglia, testemunhou a conversa. “Lula citou, então, telefonema que dera ano passado ao Presidente Obiang sobr

Homem não identificado mata ladrão que assassinou PM no (RJ)

RIO — Uma tentativa de assalto a uma dupla de policiais acabou em duas mortes, na manhã desta sexta-feira, em Sulacap. Dois bandidos abordaram o sargento Marcelo de Moraes e o cabo Antônio Carlos Dias Leite, lotados no 16º BPM (Olaria), que seguiam de moto, por volta das 6h30m, para o Centro de Operações Especiais (COE), em Ramos. Durante o ataque, os PMs reagiram, dando início a um intenso tiroteio na Avenida Marechal Fontenelle. Um dos assaltantes fugiu, mas outro, baleado, ficou caído no chão. O cabo Leite também se feriu na barriga. Ao se aproximar do bandido ferido, o sargento Moraes, do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) do batalhão de Olaria, foi surpreendido pelo suspeito, que ainda estava armado e fez dois disparos. O policial, atingido na cabeça e no abdômen, morreu na hora. Desesperado, o cabo Leite começou a gritar por socorro e um homem que passava pelo local correu em sua direção. Ele pegou a arma do cabo e atirou quatro vezes contra o bandido, que t

De olho na eleição, prefeito de SJC em (SP) cria a versão local do bolsa família

V ersão local do Bolsa Família terá benefícios de R$ 50, R$ 70 e R$ 100 por mês e, segundo números da própria prefeitura, poderá atingir até 8.000 famílias que vivem atualmente abaixo da linha da pobreza João Paulo Sardinha São José dos Campos O governo Carlinhos Almeida (PT) lança em novembro uma versão local do programa Bolsa Família. O programa de transferência de renda, anunciado a um ano da eleição municipal, vai oferecer benefícios de R$ 50, R$ 70 ou R$ 100 para cerca de 8.000 famílias de São José. A prefeitura afirma que o projeto é uma evolução da cesta básica, que hoje é entregue a cada três meses por nove instituições credenciadas. A administração alega que gasta R$ 800 mil com as cestas. O novo modelo derrubaria os custos pela metade. Cartão.  As famílias com renda per capita mensal de até meio salário (R$ 394), cadastradas na prefeitura, receberão um cartão para usarem em qualquer estabelecimento do país. O governo Carlinhos negocia com a Caixa Econômica Federa

Truques de linguagem corporal para entrevistas de emprego, 12 dicas

São Paulo - As variáveis para o sucesso numa  entrevista de emprego  são muitas. Mas há um componente crítico que permanece inconsciente para a maioria dos candidatos: a imagem transmitida pela  linguagem corporal . Como você se senta na cadeira? Onde concentra o seu olhar? Qual é a sua expressão facial enquanto fala? De acordo com Paulo Sérgio Camargo, especialista no assunto, muitos recrutadores  são treinados para interpretar os sinais transmitidos pela postura física dos candidatos.  No entanto, a influência dos sinais do corpo é garantida mesmo que o seu avaliador não conheça tão bem o assunto. "Ele sempre será impactado pela linguagem corporal do entrevistado, seja num nível consciente ou inconsciente", explica. A boa notícia é que é possível evitar alguns recados indesejáveis. E você nem precisa sacrificar a sua espontaneidade - basta saber o que alguns gestos e posições normalmente representam e evitá-los na próxima vez que for entrevistado. Nesta gale

'Peladas da Times Square', Nova York quer colocar ordem para controlar as atrações

A cidade de Nova York quer colocar ordem na Times Square, um dos principais pontos turísticos da cidade, com a imposição de novas regras para controlar as atrações que buscam gorjetas de turistas. Pessoas fantasiadas de personagens infantis - que variam de figuras da Vila Sésamo a super-heróis como Homem-Aranha - e mulheres com pouquíssimas roupas têm atraído críticas por seus comportamentos agressivos ao abordar os viajantes. A cidade vai manter uma unidade policial especial dedicada somente à área da Times Square, no coração Manhattan, e irá garantir autoridade ao Departamento de Transporte da Cidade de Nova York para regular as atividades comerciais, informaram autoridades da cidade em uma nota à imprensa.Um relatório de setembro feito pela Câmara municipal  e a Aliança da Times Square, um grupo que reúne comerciantes e prestadores de serviço da área, propôs a criação de zonas específicas para as pessoas que participam de atividades comerciais, incluindo os art

Novo ministro Marcelo Castro (PMDB) quer CPMF em operações de débito e crédito

O novo ministro da Saúde, Marcelo Castro (PMDB-PI), defendeu uma nova proposta para a cobrança da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) , que serviria, segundo ele, para custear tanto a Previdência Social, quanto a saúde. A contribuição seria permanente e cobrada duas vezes, tanto de quem faz pagamento quanto de quem recebe a quantia, sem aumento da alíquota. Pela proposta do governo, enviada ao Congresso Nacional,  a arrecadação da contribuição seria de 0,2% e cobrada apenas uma vez em cada operação financeira. Os recursos arrecadados serão destinados para cobrir gastos com a Previdência. Já Marcelo Castro propõe, porém, que o tributo seja cobrado nas operações de débito e crédito. “Vou dar um exemplo da minha proposta: João dá um cheque a Pedro de R$ 1 mil. Neste caso, 0,20% corresponde a R$ 2. Quanto sai da conta de João? R$ 1.002 [R$ 1.000 para Pedro e R$ 2 para a CPMF]. Então, o governo arrecada R$ 2. Proponho que os R$ 1.000 não entrem totalmente na cont

Bancos entram em greve na próxima para terça feira (6)

Após a greve dos servidores do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), que durou 84 dias e teve o atendimento à população retomado ontem, e da paralisação dos trabalhadores dos Correios, que se estendeu por 13 dias e terminou na segunda-feira, agora é a vez dos bancários e dos metalúrgicos de autopeças e indústrias de máquinas de São Bernardo, Diadema, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. Os bancários aprovaram ontem greve por tempo indeterminado a partir de terça-feira, dia 6. Eles rejeitaram, em assembleias realizadas em todo o País, a proposta de reajuste oferecida pela Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), de 5,5% mais abono de R$ 2.500. “Essa proposta foi rebaixada por ser indecente. Sequer repõe a inflação”, afirma o presidente do Sindicato dos Bancários do ABC, Belmiro Moreira. “A greve será longa, pois vamos lutar pela reposição da inflação mais aumento real.”A categoria pleiteia aumento de 16%, sendo 9,88% do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) nos últ

Alexandre Padilha do PT é hostilizado em restaurante de São Paulo, assista

O ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, voltou a ser hostilizado num restaurante de São Paulo. Chamado de "ladrão", o petista respondeu com "mal agradecidos". Foi hoje no restaurante Aldeia, no Jardim Paulista, em São Paulo. Veja o vídeo:    Atualizada às 17h: A secretaria municipal de Saúde de São Paulo, da qual Padilha é o atual titular, emitiu nota sobre o episódio: " O secretário municipal da Saúde, Alexandre Padilha, repudia toda e qualquer manifestação de ódio e intolerância. Posturas como estas apresentadas no vídeo, de pessoas que querem expulsar do convívio social quem pensa e age diferente delas, só me animam a continuar o trabalho a favor de quem mais precisa e a defender programas como o Mais Médicos, que beneficia mais de 70 milhões de brasileiros. No sábado, ele esteve no Itaim Paulista para visitar obras de novas unidades e debater a presença de médicos e a recepção foi totalmente contrária da registrado no vídeo. Informamos ainda

Land Rover vai produzir Evoque nacional em Itatiaia (RJ)

O Range Rover Evoque se juntará ao novo Discovery Sport na linha de produção da fábrica que a Land Rover está construindo em Itatiaia (RJ). O primeiro carro a ser produzido no País e entregue será justamente o Evoque reestilizado, no começo de 2016. Com investimento de R$ 750 milhões até 2020, a unidade de Itatiaia complementará a atual produção internacional da empresa. A capacidade da fábrica brasileira poderá chegar a 24 mil unidades por ano, voltada ao mercado nacional. Essa será a primeira fábrica da Jaguar Land Rover totalmente própria fora do Reino Unido. Terry Hill, presidente da Jaguar Land Rover América Latina, diz:  “Desde seu lançamento, o Range Rover Evoque já vendeu mais de 20 mil veículos no Brasil e estamos felizes em confirmar que ele também será produzido na nossa planta de Itatiaia. O País e toda a região é muito importante para a Jaguar Land Rover e essa chegada do Range Rover Evoque a Itatiaia reforça o nosso comprometimento de longo prazo com o mercado

Governo Lula, montadoras pagaram propinas para prorrogar incentivos ficais

Documentos obtidos pelo jornal  O Estado de São Paulo  trazem indícios de que uma Medida Provisória (MP), editada durante o governo Lula, em 2009, foi comprada por montadoras de veículos por meio de lobby. A MP 471, assinada pelo  presidente Lula  em novembro de 2009, esticava  - de 2011 até 2015 – a política de descontos no IPI de carros produzidos nas regiões norte, nordeste e centro-oeste. >> Suíça confirma processo criminal para investigar Eduardo Cunha Documentos obtidos pelo jornal indicam que a  MMC Automotores , subsidiária da  Mitsubishi no Brasil , e o grupo  CAOA  – que fabrica veículos Hyundai e revende  Ford, Hyudai e Subaru - pagaram até R$36 milhões a lobistas para conseguir do executivo a assinatura dessa MP. Na época, a Ford tinha uma fábrica na Bahia. Mitsubishi e CAOA tinham fábricas em Goiás.   A medida deu ao setor incentivos de R$1,3 bilhão por ano.  Para ser aprovado, o texto precisou passar pelo crivo da presidente Dilma , que ocupava o cargo de ministr