Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 14, 2016

Você bebe? Veja as proteínas que podem salvar o fígado dos bêbados

Não há a menor dúvida: o excesso do consumo de bebidas alcoólicas destrói seu fígado. Só que os pesquisadores nunca souberam explicar como exatamente isso acontece. Agora, um grupo de pesquisadores da Universidade da Califórnia, em San Diego, parece ter encontrado o ponto de partida da cirrose no organismo - o intestino. E o melhor: o achado pode ajudar a proteger seu corpo contra o desenvolvimento da doença. Isso porque, sob efeito do álcool, duas proteínas responsáveis por eliminar bactérias deixam de ser produzidas no intestino. E parte desse excedente acaba migrando para o fígado. Aí o corpo reage: células brancas são enviadas para reduzir essa população de bactérias. O problema é que, acionadas durante tempo prolongado, essas células também agridem o tecido - é quando surge a cirrose. Para chegar a essa conclusão, Bernd Schnabl, líder da  pesquisa , injetou álcool em dois grupos de roedores. Metade deles havia sido geneticamente alterado para apresentar deficiência dessas dua

Jovens bebem mais vinho que as demais gerações

Taí uma notícia que vai na contramão o aumento da popularidade da cerveja artesanal no Brasil. Uma pesquisa de uma organização sem fins lucrativos chamadaWine Market Council descobriu que jovens americanos são realmente muito fãs de vinho: em 2015, os "millennials" beberam mais vinho do que qualquer outra geração. Foram 159,6 milhões de caixas destinadas apenas aos jovens, cerca de 42% de todo o vinho consumido nos Estados Unidos.  Para a pesquisa, foram considerados "millennials" os adultos entre 21 e 38 anos. De acordo com estimativas, o consumo fica por volta de três taças em apenas uma noite, e  dois terços dos apaixonados por vinho com menos de 30 anos são mulheres  (após essa idade, a pesquisa indica que os consumidores de ambos os gêneros consomem igual). E mesmo sendo um público jovem, os enófilos da geração Y não têm medo de desembolsar dinheiro para consumir uma boa bebida.  Entre os países produtores de vinho favoritos da nova geração, estão o Chile

O chefe e a madame

Em fevereiro de 2014, as obras do Edifício Solaris, no Guarujá, tinham acabado de ser concluídas. A OAS era a empreiteira responsável. O apartamento 164-A, embora novo em folha, já passava por uma reforma. Ganharia acabamento requintado, equipamentos de lazer, mobília especialmente sob encomenda e um elevador privativo. Pouca gente sabia que o futuro ocupante da cobertura tríplex de frente para o mar seria o ex-presidente Lula. Era tudo feito com absoluta discrição. Lula, a esposa, Marisa Letícia, e os filhos visitavam as obras, sugeriam modificações e faziam planos de passar o réveillon contemplando uma das vistas mais belas do litoral paulista. A OAS cuidava do resto. Em fevereiro de 2014, a reforma do sítio em Atibaia onde Lula e Marisa descansavam nos fins de semana já estava concluída. O lugar ganhou lago, campo de futebol, tanque de pesca, pedalinhos, mobília nova. Como no tríplex, faltavam apenas os armários da cozinha. Os planos da família, porém, sofreram uma mudança r

Superfaturamento, nem o FIES escapou da falcatrua do PT

Acima alunos fazem fila em universidade para renovar o Fies no ano passado.  Abaixo, estudantes em universidade que aderiram ao programa  Levantamento obtido por ISTOÉ revela que Ministério da Educação divulgou um número de favorecidos 8,57% maior que o total de estudantes beneficiados em 2015 Nas vésperas do segundo turno das últimas eleições presidenciais, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) segurou dados e análises que mostravam um aumento da pobreza e da desigualdade no País. A justificativa oficial foi de que a lei eleitoral impediu a divulgação dessas informações. Mas o desconforto foi tanto que um diretor do Ipea pediu demissão. Essa não é uma prática que se resume a ano eleitoral. Um levantamento obtido com exclusividade por ISTOÉ pela Lei de Acesso à Informação revela que houve um superfaturamento das vagas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) no ano passado . Para o 1º e 2º semestres de 2015, o Ministério da Educação (MEC) divulgou que o n

Toro, conheça em detalhes a nova picape da Fiat

Uma nova espécie de Fiat está nas ruas. Nunca a marca italiana teve no Brasil um carro tão sofisticado, parrudo, equipado e, por que não dizer, ousado em termos mercadológicos. Sabe aquela história que a Fiat não sabe fazer carro grande? Que a Fiat não consegue vender carro caro? Pois a Toro vem como resposta não somente a quem deseja uma picape de tamanho intermediário entre uma Strada e uma S10, mas também a todos que procuram um novo tipo de automóvel. Pelo que vimos após dirigir todas as versões da novidade, não foi só a Renault Oroch que ganhou uma séria concorrente. A Toro vem colocar um enorme ponto de interrogação na cabeça de quem dispõe de R$ 76.500 (versão Freedom 1.8 Flex básica) a R$ 129.430 (versão Volcano 2.0 TD com todos os opcionais) para comprar um carro, seja ele picape, SUV, sedã, hatch médio… Exagero? Talvez em outros mercados, mas no Brasil sabemos que as pessoas pagam (e caro!) por “fator novidade”, design e porte imponente – elementos que a Toro reúne mu

Jovem tem perfil bloqueado no Facebook por dizer em “desafio” que detesta ser mãe

Um desafio criado no Facebook propõe que as mães publiquem imagens que mostrem a beleza da maternidade. Uma das mulheres desafiadas, Juliana Reis, de 25 anos, se recusou a participar da brincadeira e fez o inverso. Mãe de primeira viagem, ela relatou o lado negativo de todo o processo da maternidade, desde os sofrimentos durante a gravidez, o parto e os cuidados após o nascimento do bebê. "Desafio não aceito! Me recuso a ser mais uma ferramenta pra iludir outras mulheres de que a maternidade é um mar de rosas e que toda mulher nasceu pra desempenhar esse papel. [...] Primeiramente eu quero deixar bem claro que eu amor o meu filho, mas tô detestando  ser mãe",  escreveu a jovem.  O desabafo de Juliana foi apoiado por várias mulheres, mas criticado também por outras pessoas que chegaram a dizer que ela estaria com depressão pós-parto. Segundo o site Extra, no mesmo dia em que fez a postagem, a jovem viu seu perfil ser denunciado e bloqueado na rede social. Juliana con

Homem é velado em bar com cerveja, cachaça e muito samba

Noel Rosa já dizia "Quando eu morrer/ Não quero flores/ Nem coroa com espinho / Só quero choro de flauta / Violão e cavaquinho". Esse também era o desejo de Gleisson Silva, boêmio famoso de Cachoeiro de Itapemirim, que foi velado em um bar, rodeado de amigos, com cerveja liberada e muito samba até o sol raiar. Gleisson morreu aos 68 anos, era casado há 44 anos e tinha quatro filhos. Flamenguista doente e portelense de coração, Seu Gleisson era dono de um bar no bairro Ilha da Luz há mais de 30 anos. "Meu pai, quando ia ao velório de algum amigo, voltava triste e cabisbaixo. E ele sempre dizia: 'no meu velório não quero tristeza, quero samba, quero ser velado dentro do bar'", conta Glaucio Fragosos da Silva, 42 anos, filho e atual dono do bar. Fã de um baralho e de uma cerveja, Gleisson teve o pedido atendido. Segundo a família, ele teve um acidente vascular cerebral na terça-feira de Carnaval, após uma viagem para Cabo Frio, no Rio de Janeiro, e

Ganhador da Mega Sena é encontrado morto, é a segunda pessoa participante do bolão vencedor assassinada

Arlei Rosa Silva é a segunda pessoa participante do bolão vencedor assassinada; polícia diz não ver relação   O autônomo foi encontrado morto com sinais de estrangulamento nesta quarta-feira (17) em uma estrada municipal, às margens da rodovia Engenheiro João Tosello (SP-147). De acordo com a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Silva, que dividiu o prêmio de R$ 16 milhões com 12 amigos que participaram do bolão, estava desaparecido desde segunda-feira (15) e foi achado por um morador da região. O corpo já foi reconhecido pela família e está no Instituto Médico Legal (IML) da cidade. Silva foi visto pela última vez em um bar na avenida Lauro Correa da Silva. Ele é o segundo ganhador da bolada a ser morto.  Em novembro de 2008, o empresário Altair Aparecido dos Santos, 43, foi assassinado a tiros ao sair de uma chácara, também em Limeira . Na época, as investigações concluíram que o empresário foi morto após reagir a um assalto e que o crime não teve nenhuma ligação co

Anuncio de usados, cuidado com os espertalhões, único dono, completo, ótimo estado

Único dono, completo, ótimo estado... São palavras facilmente encontradas em classificados na internet ou em jornais. Mas às vezes é preciso paciência na pesquisa das melhores ofertas e um pouco de sensibilidade para desvendar os significados das palavras nos anúncios, a fim de fugir das armadilhas ocultas sob uma bela seleção de fotos e frases de efeito. O comprador deve fazer perguntas que o ajudem a identificar se o veículo – tal como foi anunciado – atende às suas necessidades, como preço, quilometragem, opcionais, além do estado geral do veículo. O segundo passo é certificar-se de que pode ver o carro pessoalmente, mesmo que o anúncio tenha foto. Não há dúvida de que as fotos foram um grande aliado na busca de um usado em anúncios, mas é necessário cautela para avaliá-las corretamente, para que o comprador não perca um tempo precioso indo até a loja para verificar um veículo cujo estado real é bem diferente do que se viu nas imagens. O primeiro cuidado é diferenciar os veí

Relatos surpreendentes de pessoas que acordaram de coma

Imagem internet Um usuário do  Reddit   utilizou sua conta para perguntar para pessoas que já ficaram em coma quais foram suas sensações após acordar. Agora, sua   publicação  foi inundada por As histórias relatadas pelos internautas misturam alucinações e sobriedade. "Quando eu acordei do coma, fiquei chorando porque achava que ainda namorava com meu ex do colégio, e estava triste por ele não estar do meu lado", comentou a usuária "Epica_panda011". "Mas a pior memória foi quando eu ainda estava em coma e eu podia sentir as pessoas segurando minha mãos e conseguia sentir as enfermeiras me dando banho, mas eu não conseguia abrir meus olhos ou me mover. Era terrível", continuou.Já o usuário sueco "Kreth" afirmou que acordou "em outro país". "Durante o coma, só lembro de ligar para o meu pai chorando, avisando ele que estava doente. Quando acordei, por alguma razão, eu achei que estava na Espanha", disse. "Não são

Mulher 'implanta' cabos nas costas e pula de ponte em lago congelado na Rússia

Uma esportista russa 'implantou' ganchos de Base Jumping em suas costas e pulou de uma ponte direto nas águas de um lago congelado na Rússia. As informações são do Siberian Times O vídeo mostra Ksenia Smirnova praticando um esporte conhecido como Suspension BASE Jumping, onde a pessoa 'implanta' os ganchos onde as cordas são ligadas. Ela então pula no lago congelado de Tom River, na cidade de Ilyinsky, usando apenas shorts e um top de biquíni.  A temperatura da água girava em torno de -11ºC. Como se o desafio não fosse o bastante, Ksenia teve que repetir o salto após errar o buraco por onde ia mergulhar. A mulher conta que fez o primeiros salto deste tipo há 18 meses: "Eu decidi que eu iria fazer não apenas pelo meu próprio prazer, mas também para realizar uma interessante ideia." fonte: http://www.redetv.uol.com.br/jornalismo/da-para-acreditar/mulher-implanta-cabos-nas-costas-e-pula-de-ponte-em-lago-congelado-na-russi https://www.youtube.com/

Correia dentada ou corrente? veja o que os mecânicos dizem

Por que muitos carros usam a corrente no lugar da tradicional correia do motor? - Norberto Walter Reinig, São José dos Campos (SP) Depende muito do projeto do motor e do objetivo do fabricante para o mercado que esse automóvel vai disputar. De acordo com Pedro Scopino, consultor técnico do Sindirepa-SP (Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de São Paulo), a corrente metálica oferece vantagens técnicas por dar menos manutenção: não possui prazo previsto para a troca e raramente apresenta defeitos (em geral, só quando há falhas na manutenção de óleo e filtros). sso torna o custo de manutenção menor na comparação com a correia de borracha, que exige uma troca programada, em média, a cada 50 000 km. Entre os pontos negativos da corrente metálica, está o elevado preço da peça, que custa quase três vezes mais que a correia de borracha.  fonte:  http://quatrorodas.abril.com.br/materia/correia-ou-corrente-qual-a-diferenca

Natureza selvagem africana, fotógrafo especialista em captar imagens

O britânico  Will Burrard-Lucas  é um fotógrafo especialista em captar imagens da vida selvagem. Em 2015, ele registrou uma séries de fotos dos animais da  Área de Conservação da TransfronteiraKavango–Zambezi , que engloba trechos dos territórios de cinco países africanos — Namíbia, Angola, Botsuana, Zâmbia e Zimbábue. Burrard-Lucas passou cerca de três meses no local. Com o apoio do  World Wildlife Fund (WWF) , organização voltada para conservação dos animais e da natureza,  ele teve a oportunidade de fotografar vários animais, alguns dos quais nunca haviam sido registrados em imagens antes . "Minha motivação pessoal para trabalhar nesse projeto foi de que estava trabalhando para uma causa que vale a pena", disse o britânico em entrevista ao  The Dodo . "Foi incrível fotografar animais que provavelmente nunca foram fotografados antes e ter essas imagens sendo utilizadas pela WWF para ajudar em seus esforços de conservação." As fotos são deslumbrantes. Vej