Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 28, 2016

Manifestantes comemora condução coercitiva de Lula na Paulista

Um grupo de manifestantes contrários ao governo e ao Partido dos Trabalhadores reuniu-se na noite desta sexta-feira na Avenida Paulista p, que foi conduzido coercitivamente para depor à Polícia Federal. Pouco mais de cem pessoas se reuniram na Avenida Paulista, em frente ao Masp. O grupo cantava palavras de ordem e levou o boneco Pixuleco para a manifestação. Havia representantes de partidos de oposição, como o Solidariedade. Os manifestantes saudaram a Polícia Federal e o juiz federal Sergio Moro, responsável pela Lava Jato em Curitiba. "Nós precisamos de povo, de todos que quiserem participar. Não é o momento de um movimento querer aparecer mais que os outros", disse a voz que puxou a execução do hino nacional. O grupo ficou reunido até as 19h40, com autorização da Polícia Militar. O protesto tinha dispersão prevista para as 19 horas. (Patrick Cruz e Luis Lima, de São Paulo). fonte:   http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/grupo-celebra-conducao-coercitiva-de-l

Manifestantes entram em confronto em frente ao prédio onde Lula mora

Manifestantes pró e contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entraram em confronto em frente ao prédio onde ele mora, em São Bernardo do Campo (SP), na manhã desta sexta-feira (4). A confusão foi apaziguada por policiais e guardas municipais. Lula é o alvo da 24ª etapa da Operação Lava Jato e será ouvido pela PF. Entre os endereços visitados pela PF desde o início da manhã de hoje estão, além do apartamento do ex-presidente, o do seu filho, Fabio Luiz Lula da Silva, e o do Instituto Lula​.  fonte:  http://tvuol.uol.com.br/video/manifestantes-entram-em-confronto-em-frente-a-casa-de-lula-veja-04020C9A376EE0B95326?types=A

Polícia Federal baixa na casa do Lula e seu filho, são conduzidos prestar depoimentos em (SP)

   Luta sentado no banco de trás deixa sua casa em São Bernado do Campo (SP), é conduzido pela PF A Operação Lava Jato, que começou em março de 2014 e investiga um esquema bilionário de lavagem de dinheiro e evasão de divisas, chegou à 24ª fase nesta sexta-feira (4). Segundo a Polícia Federal (PF), a operação ocorre na casa do ex-presidente  Luiz Inácio Lula da Silva , em São Bernardo do Campo, e em outros pontos em São Paulo, no Rio de Janeiro e na Bahia. O Instituto Lula também é alvo da ação da PF. Segundo a PF, o ex-presidente é alvo de um dos mandados de  condução coercitiva  - quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento. Ele não foi preso. Perto das 8h40, Lula foi levado para o Aeroporto de Congonhas, em um carro descaracterizado, para depor à PF. Às 8h51, ele prestava depoimento dentro do aeroporto. O Instituto Lula tem negado acusações de irregularidades e disse que vai divulgar uma nota ao longo do dia sobre a operação desta sexta. O Instituto também afirmou que a

Casais impulsivos são mais felizes?

Um novo estudo da Universidade de Buffalo e publicado recentemente no  Journal of Research in Personality lança uma nova luz sobre relacionamentos. De acordo com o texto, além de ser possível medir a felicidade em um relacionamento, as pesquisas indicaram que casais mais impulsivos - ou seja, que pensam menos sobre suas escolhas e decisões - são, em termos gerais, mais satisfeitos na relação. Como pontua o   Science of Us , é claro que uma afirmação dessas levanta ainda mais questões. Afinal, se   ambos os membros do casal possuem altos níveis de impulsividade em suas escolhas, como garantir que o relacionamento dá certo ? Por um lado, é possível pensar que, se os dois se comportam da mesma forma, o relacionamento pode ser muito volátil, o que significaria mais brigas, mais reações intempestivas e problemas que escalam rapidamente. Por outro lado, segundo o estudo, não é a primeira vez que a ciência indica que "essa compatibilidade é associada com uma correspondência maior de o

Delcídio Amaral joga "bomba" no congresso, conta tudo, revela revista

Com extraordinária riqueza de detalhes, o senador descreveu a ação decisiva da presidente Dilma Rousseff para manter na estatal os diretores comprometidos com o esquema do Petrolão e demonstrou que, do Palácio do Planalto, a presidente usou seu poder para evitar a punição de corruptos e corruptores, nomeando para o Superior Tribunal de Justiça (STJ) um ministro que se comprometeu a votar pela soltura de empreiteiros já denunciados pela Lava Jato.  O senador Delcídio também afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tinha pleno conhecimento do propinoduto instalado na Petrobras e agiu direta e pessoalmente para barrar as investigações - inclusive sendo o mandante do pagamento de dinheiro para tentar comprar o silêncio de testemunhas. O relato de Delcídio é devastador e complica de vez Dilma e Lula, pois trata-se de uma narrativa de quem não só testemunhou e esteve presente nas reuniões em que decisões nada republicanas foram tomadas, como participou ativamente de il