Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 6, 2016

Por que nos esquecemos das coisas em questão de minutos?

Não tenho nenhum motivo para ter entrado nesta sala. Precisa haver um... Eram as chaves de casa? Não, estão no meu bolso. Então, por que eu entrei aqui...? Esta é uma cena comum na vida de muita gente e, por mais absurda que pareça, tem um nome.  O cientista cognitivo Tom Stafford explica que essa condição é chamada de “efeito da porta”. Ele estuda estes lapsos de memória e defende que entendê-los é também entender um pouco mais sobre como a memória humana funciona . Para explicar seus estudos, ele conta: “Uma mulher conhece três construtores numa pausa para o almoço. 'O que você está fazendo hoje?', ela pergunta ao primeiro. 'Estou colocando um tijolo em cima de outro, com cimento entre eles', responde. 'O que você está fazendo hoje?', a mulher pergunta ao segundo construtor. 'Estou erguendo uma parede', ele responde, simplesmente. Mas o terceiro construtor, quando perguntado pela mulher, responde com orgulho: 'Estou construindo uma catedr

Sindicato de S. Caetano propõe prorrogar lay-off na General Motors até novembro

Diretores do Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano se reuniram ontem com representantes da General Motors para discutir medidas para evitar a demissão de 1.000 funcionários da fábrica do Grande ABC. Na terça-feira, os trabalhadores solicitaram a prorrogação do lay-off (suspensão temporária do contrato de trabalho) de 1.700 operários, que acaba em abril, por mais sete meses. Ontem, entretanto, a montadora apresentou condições para que a proposta seja aceita. Em um vídeo veiculado para os trabalhadores da fábrica, o presidente do sindicato, Aparecido Inácio da silva, o Cidão, explica que a montadora quer negociar os reajustes em 2016 e 2017. Segundo Cidão, a GM propõe não dar aumento salarial neste ano e, em 2017, pagar abono junto à PLR (Participação nos Lucros e Resultados). Em 2018, a correção dos pagamentos voltaria a ser feita conforme o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Outra condição apresentada pela montadora, de acordo com o sindicalista, é para que s

Manuscrito de Alberto Youssef aparece o nome da presidente Dilma próximo a valores

No dia 29 de abril de 2014, quando começou a atuar como informante da Polícia Federal, a contadora de Alberto Youssef, Meire Poza, forneceu à Lava Jato uma série de documentos recolhidos por ela nos escritórios do doleiro. Um deles, se divulgado à época, poderia ter efeito devastador sobre a campanha à reeleição de Dilma Rousseff. Trata-se de um bilhete escrito de próprio punho pelo doleiro em que ele menciona a presidente. No alfarrábio, o nome de Dilma aparece próximo a valores.   Guardado a sete chaves pela Lava Jato, o manuscrito de Alberto Youssef atravessou a campanha presidencial incógnito e assim permaneceu até agora. ISTOÉ teve acesso com exclusividade ao documento. Na atual circunstância política, – com a presidente cada vez mais isolada e impassível diante da crise e das denúncias envolvendo sua campanha, – a anotação do doleiro renova o seu potencial explosivo. O bilhete é a principal revelação do livro Assassinato de Reputações II – muito além da Lava Jato – de aut

Chevrolet Onix atingiu a marca de 500 mil unidades produzidas em Gravataí (RS)

Modelo alcançou a marca em 40 meses, superando o Corsa O  Chevrolet Onix  atingiu a marca de  500 mil unidades  produzidas. O número foi alcançado 40 meses depois do lançamento do modelo. O carro comemorativo era da versão LTZ. O hatch é montado em Gravataí (RS) ao lado do sedã Prisma, com o qual compartilha plataforma e boa parte do desenho.  Lançado no fim de 2012, o Onix terminou 2013 como sétimo automóvel mais vendido. Em 2014 subiu para a terceira posição e fechou 2015 como o líder nacional, com 125,9 mil unidades licenciadas. Também foi o primeiro na América do Sul. No Brasil, o carro superou o Corsa como o Chevrolet que atingiu mais rapidamente as 500 mil unidades produzidas.  O Chevrolet Onix tem opções de motor 1.0 e 14, quatro versões de acabamento (LS, LT, LTZ ou Effect) e pode receber transmissão manual de cinco marchas ou automática de seis velocidades. fonte: http://www.automotivebusiness.com.br/noticia/23586/chevrolet-onix-atinge-500-mil-unidades

Fábrica da Caoa-Hyundai pode entrar em greve a partir de segunda-feira,14

A fábrica da  Caoa-Hyundai  em Anápolis (GO) pode enfrentar uma  greve  a partir de segunda-feira, 14. Na manhã de quinta-feira, 10, o sindicato local e os metalúrgicos também fizeram uma paralisação em protesto contra 40 demissões comunicadas no dia anterior. “Eles dispensaram pessoas do administrativo, RH, supervisores, líderes e também da produção”, afirma Reginaldo José de Faria, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Anápolis (Sindmetana). Faria acusa a empresa de demitir como forma de coagir os funcionários a aderir ao Programa de Proteção ao Emprego (PPE).  “Estamos em campanha salarial. Não queremos assinar o PPE sem que a empresa aprove nosso pacote de benefícios que inclui reajuste salarial, do vale-alimentação, PL (Participação nos Lucros) e abono”, afirma o líder sindical. “Se não aprovarem, vamos cruzar os braços na segunda”, diz.  A Caoa Montadora tem cerca de 1,5 mil funcionários e o PPE pretende evitar aproximadamente 300 demissões. O protesto na manhã de quinta

Especialistas prepararam um ranking de entorpecentes que mais vicia no mundo, veja

Quais são as drogas mais viciantes do mundo? A pergunta parece simples, mas a reposta para ela depende do ponto de vista. A mais viciante é a que tem mais potencial de danos à saúde do usuário, a que tem preços mais baixos (e, consequentemente, mais facilidade de ser comprada),  a que mais age no sistema de dopamina do cérebro, a que mais deixa o usuário fora de si ou a que causa mais sintomas? O pesquisador David Nutt juntou uma equipe de estudiosos com o objetivo de perguntar a diversos especialistas quais eram as drogas mais viciantes, independentemente de qual critério usaram para construir seus próprios rankings. Com isso, o grupo conseguiu determinar as cinco drogas mais viciantes e por que são tão perigosas: 5º lugar: Nicotina A nicotina é o ingrediente mais viciante do tabaco. Quando alguém fuma um cigarro, a nicotina é rapidamente absorvida pelos pulmões e entregue ao cérebro.  Embora não pareça tão perigosa quanto outras drogas mais pesadas, a nicotina tem altos í

Fique por dentro, beber cerveja dá dengue

Ninguém quer cortar o embalo do seu final de semana. Mas em tempos de Zika e Chikungunya, qualquer aviso sobre como manter pernilongos longe vale ouro. Então aí vai: mosquitos adoram picar pessoas com vestígios de cerveja no organismo. A descoberta é de pesquisadores da Universidade do Estado de Iowa, nos Estados Unidos. Eles colocaram 43 voluntários em tendas na África – 25 tomaram cerveja e os outros 18 beberam água. Por meio de tubos, o odor deles era direcionado para caixas com mosquitos  Aedes aegypti  da malária, que podiam escolher qual cheiro preferiam. Não se sabe o porquê, mas cerveja agrada: aumenta em 20% o risco de ser picado. E aí, vai correr o risco? Créditos da foto:  Istock/Montagem fonte:  http://super.abril.com.br/blogs/cienciamaluca/beber-cerveja-da-dengue/

Pesquisadores americanos desenvolveram vacina que pode ajudar você a parar de fumar

Apenas um a cada quatro fumantes consegue abandonar o cigarro por pelo menos seis meses. Todos os outros, mesmo se contarem com a ajuda de remédios, se rendem à nicotina e retornam ao velho vício. Mas agora um novo estudo promete dar uma força para você tirar de vez o tabaco da sua vida. Pesquisadores americanos  desenvolveram uma vacina para eliminar o efeito da nicotina no corpo. O remédio treina o organismo a atacar as moléculas dessa substância antes que ela chegue ao cérebro. Sem o efeito prazeroso do cigarro, o fumante consegue largar o vício mais rapidamente. Não é a primeira vez que cientistas tentam desenvolver uma vacina como essa. Em anos anteriores, duas delas foram testadas, mas só funcionaram em 30% dos pacientes. Uma nova versão surgiu, bem mais eficiente: 60% melhor do que a anterior. Mas os pesquisadores queriam alcançar resultados ainda melhores. Por isso, a equipe liderada pelo químico Nicholas Jacob testou em ratos um mecanismo diferente, treinando o s

GM de S.Caetano apresenta condições para criar novo lay-off

  Entre os itens mencionados pelo sindicato da categoria está a não reposição da inflação em 2016 Bom seria se a esperança que a chegada de um novo ano desperta valesse para 2016. Este, mal começou, e as dificuldades aumentaram. Isto porque, como é de conhecimento geral, estamos atravessamos uma conjuntura econômica e política dificílima. Eu diria, de incertezas como há muito não se via e/ou vivia no Brasil. Particularmente para os que dependem da produção e do emprego. E quando me refiro a produção e ao emprego não estou mencionando apenas os trabalhadores, os mais atingidos, mas também as empresas que diante dessa situação caótica muitas delas estão com seu futuro deveras comprometido. Por conta disso, no curto e médio prazo não enxergo perspectivas. A indústria automotiva brasileira, a pujante indústria automobilística, enfrenta uma das suas piores crises. No setor, a produção despencou e o desemprego aumenta a cada dia. Quando menciono a questão do set