Postagem em destaque

RedeTV! promove debate multiplataforma com candidatos à Presidência; veja programação

Mariana Godoy, Boris Casoy e Amanda Klein mediarão debate A RedeTV!, em parceria com a revista IstoÉ, promove debate eleitoral entre o...

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Consulta à restituição do Imposto de Renda sai nesta sexta-feira

  | Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

A Receita Federal abrirá nesta sexta-feira (8) a consulta ao primeiro lote de restituições do Imposto de Renda deste ano.


O pagamento está previsto para a sexta-feira da semana que vem (15). Segundo a Receita, o valor total das restituições é de R$ 4,8 bilhões. Neste primeiro lote, recebem a devolução do imposto pago a mais os contribuintes considerados prioritários. É o caso de idosos e pessoas com deficiências ou doenças graves.
A Receita ainda não divulgou qual será o índice de correção aplicado sobre os valores. Os valores são atualizados com base na Selic (taxa básica de juros).
Os professores que têm no magistério a principal fonte de renda também são considerados prioritários, mas de modo secundário. Os idosos que não entrarem nesse lote de restituição devem consultar a situação da declaração do Imposto de Renda, pois há chances de terem caído na malha fina.
Quanto antes os erros forem corrigidos, maiores são as possibilidades de o contribuinte entrar no próximo lote. O erro mais comum na malha fina é a omissão de rendimento. Esse tipo de falha ocorre, por exemplo, com o aposentado que tem um imóvel alugado.
A restituição do IR é, na prática, a devolução do imposto pago a mais pelos contribuintes. Na maioria dos casos, o imposto é retido na fonte, pela empresa ou pelo INSS. Com as deduções permitidas, o imposto cai e a restituição sobe.
“No presente lote, receberão a restituição (...) 228.921 contribuintes idosos acima de 80 anos, 2.100.461 contribuintes entre 60 e 79 anos e 153.256 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave”, diz a Receita Federal.
Para saber se sua declaração foi liberada, o contribuinte pode fazer uma consulta no site da Receita na internet (http://idg.receita.fazenda.gov.br/), no aplicativo da Receita ou ligar para o Receitafone (146).
A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.
Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

fonte: Gazeta do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMPARTILHE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Scorpions - The Concert Live in Munich - Show Completo

Flagra! Chevrolet Spin renovada é vista disfarçada antes da estreia