Postagem em destaque

Brasil na Copa: Barbara Gerneza, jornalista russa, fala sobre assédio de torcedores brasileiros

Barbara fazia reportagem sobre torcedores na Copa do Mundo da Rússia quando foi surpreendida pela atitude de um grupo de 14 brasileiros; ...

terça-feira, 12 de junho de 2018

Trump e Kim Jong-un protagonizam aperto de mãos histórico em Cingapura

Resultado de imagem para Trump e Kim Jong-un protagonizam aperto de mãos histórico em Cingapura


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, protagonizam aperto de mão histórico em Singapura. Eles se deram as mãos antes mesmo de falarem entre si. A crena foi registrada às 22 horas desta segunda-feira (11), pelo horário de Brasília. No pequeno país asiático, já é manhã da terça-feira (12).
Kim Jong-un e Donald Trump aguardam início do encontro em Singapura (Foto: AP/Evan Vucci)A cena foi preparada para ganhar as primeiras páginas dos jornais. Enquandto se cumprimentavam, os líderes posaram diante de um cenário formado por bandeiras dos Estados Unidos e da Coreia do Norte. Na sequência, Trump deu um tapinha nos ombros de Kim e os dois seguiram para uma antessala.
Um oficial da Casa Branca confirmou à imprensa norte-americana que Trump e Kim iniciaram encontro frente a frente sozinhos, com apenas tradutores presentes. Em seguida, os principais assessores farão a reunião bilateral ampliada.
É a primeira vez em que um presidente norte-americano em exercício se encontra com um líder norte-coreano. O objetivo de Trump no encontro é garantir a desnuclearização da Coreia do Norte. Em troca, ele deve oferecer a Kim um tratado de paz e assistência econômica ao isolado país asiático, que sofre há décadas com diversas sanções impostas pela comunidade internacional.

Objeto de idas e vindas ao longo das últimas semanas, a cúpula havia sido cancelada pelos americanos no fim de maio, sob a alegação de que Pyongyang dera amostras de "franca hostilidade" em relação aos EUA. No entanto, no último dia 1º, Trump disse que Kim Jong-Un está "comprometido com a desnuclearização" de seu país e que eles estão "construindo um bom relacionamento".
Um acordo entre os países ainda pode selar o fim oficial da Guerra da Coreia, que marcou a separação da península coreana e terminou há 65 anos, mas sem um acordo de paz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMPARTILHE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Scorpions - The Concert Live in Munich - Show Completo

Flagra! Chevrolet Spin renovada é vista disfarçada antes da estreia