Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 6, 2018

Para votar nova Previdência, Temer diz que pode suspender intervenção no Rio e votar a reforma ainda esse ano

O  presidente Michel Temer  (MDB) disse na abertura do Fórum Econômico Mundial, nesta quarta-feira (14), em São Paulo, que o governo dele recuperou economicamente o Brasil.  O presidente também comentou que pode votar a Previdência ainda neste ano. —  Se até setembro, outubro, conseguirmos colocar o Rio de Janeiro no eixo, e cesso a  intervenção  e temos dois meses para votar a reforma ainda este ano. Michel Temer ainda disse que as reformas apresentadas pelo governo, principalmente a do Ensino Médio, tiveram rejeição no início, mas que foram aprovadas pela sociedade depois.  — Sofremos muitas contestações no início, mas depois aplausos absolutos.  Apesar de ressaltar as realizações de seu governo, a administração do presidente Michel Temer é  aprovada por apenas 4,3% da população , de acordo com a última pesquisa CNT/MDA (Confederação Nacional dos Transportes), divulgada no dia 6 de março. Já a aprovação do desempenho pessoal do presidente atinge 10,3%. Ainda no d

Suspender intervenção para votar Previdência seria fraude, dizem especialistas

Com Maia e Pezão (d), Temer assina decreto de intervenção A suspensão do decreto de intervenção federal no Rio de Janeiro para permitir a votação da  reforma da Previdência  seria uma fraude que colocaria em dúvida a necessidade da medida, na opinião de professores em Direito Constitucional consultados nesta sexta-feira (16) pelo  UOL  .  Segundo seu artigo 60, a Constituição não pode receber emendas durante uma intervenção federal. O decreto vale até o dia 31 de dezembro . A reforma da Previdência tramita no Congresso sob a forma de uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) e foi retirada da pauta da Câmara justamente  para que a intervenção seja votada . Mais cedo nesta sexta, autoridades do governo admitiram a possibilidade de interromper o decreto e depois assinar outro para, neste período, colocar a reforma em votação. Leia também: Leia a íntegra do decreto de intervenção federal na segurança do RJ Análise: Intervenção é "show pirotécnico"

Gilmar Mendes manda soltar Paulo Preto operador do PSDB, para ministro 7,7 milhões desviado não o qualifica estar preso

Antonio Augusto/Agência Câmara Paulo Preto abriu quatro contas no banco Bordier & Cie, em Genebra, após nomeação na empresa estatal, Dersa, em 2007 O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF)  Gilmar Mendes  ordenou, na tarde desta sexta-feira (11), a soltura de Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, ex-diretor da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A), empresa controlada pelo governo de São Paulo. Conhecido como  Paulo Preto  , ele está preso desde o dia 6 de abril   e é apontado pelo Ministério Público Federal (MPF) como responsável por comandar um desvio de R$ 7,7 milhões, destinados ao reassentamento de desalojados por obras do trecho Sul do Rodoanel, na Região Metropolitana de São Paulo, também na Jacu Pêssego e Nova Marginal Tietê durante o governo de José Serra (PSDB), entre os anos de 2009 e 2011. Na decisão, Gilmar Mendes escreve: “defiro a medida liminar para suspender a eficácia do decreto de prisão preventiva de Paulo Vieira de Souza, o qual será posto

Bolsonaro desbanca Lula no Rio de Janeiro, mostra Paraná Pesquisas

Deputado federal lidera todos os cenários de intenção de voto apresentados aos eleitores do Rio de Janeiro na última semana   São Paulo – Com ou sem  Luiz Inácio Lula da Silva   na disputa, o deputado federal   Jair Bolsonaro   (PSL-RJ) lidera todos os cenários de intenção de votos no Rio de Janeiro para as   eleições 2018 , segundo pesquisa do instituto Paraná Pesquisas lançada nesta sexta-feira (11). A sondagem ouviu 1850 eleitores de 44 municípios do estado do Rio de Janeiro entre os dias 4 e 9 de maio. O grau de confiança é de 95% e a margem de erro, de 2,5% para mais ou para menos. A pesquisa questionou os eleitores sobre três cenários possíveis. No primeiro, o nome do ex-presidente Lula, preso há um mês mas ainda pré-candidato à Presidência pelo PT, foi omitido. Nesse cenário, Bolsonaro chega a 27,4% das intenções de voto e Marina Silva tem 13%. Fernando Haddad (PT), um dos possíveis substitutos de Lula, tem apenas 1,6% dos apoios. Já Ciro Gomes (PDT), um dos pr

Produção agrícola conectada com o universo digital: entenda a tendência da Agricultura 4.0

Hoje já não existe mais separação entre os mundos físico e virtual, conectados para facilitar a vida das pessoas. Por trás dessa ideia está o conceito de Agricultura 4.0, também chamada de agricultura digital, uma clara referência à  Indústria 4.0  , inovação que teve início nas montadoras de carros a agora conquista fábricas de diversos segmentos devido à completa automatização proporcionada aos processos produtivos. Rezando a mesma cartilha, a Agricultura 4.0 será capaz de conectar informações e dados de modo a maximizar os benefícios de todas as outras tecnologias já existentes e que as estão por vir. De acordo com Silvia Maria Fonseca Silveira Massruhá, chefe-geral da Embrapa Informática Agropecuária, com a possibilidade da força de trabalho humana não ser capaz de gerenciar essa quantidade de dados, serão necessários algoritmos cada vez mais aprimorados por meio de técnicas de inteligência computacional e computação cognitiva para auxiliar no processo de análise. “Tem-se a

Para onde vai a Ford no Brasil e no mundo? Momento é delicado para a marca

Divulgação Ford Taurus: sedã já foi líder de vendas nos Estados Unidos e está prestes a sair de linha no País Na semana passada, a Ford anunciou que vai abandonar o segmento de carros de passeio nos EUA, exceção feita à versão aventureira do Focus (Activ), que será importada da China em baixos volumes. Restarão apenas as picapes e os SUVs, além do icônico esportivo Mustang, um modelo de nicho. Adeus Fiesta, Focus Sedan, Fusion e Taurus, sedã que liderou o mercado americano por cinco anos na década de 90. Faz sentido esse movimento? A questão é polêmica, e revela que a marca americana, que criou o conceito de linha de montagem, está na maior encruzilhada de sua história centenária – foi fundada em 1903 pelo genial e visionário Henry Ford. No Brasil, a situação da  Ford  também não é das melhores, embora a marca ainda ostente a quarta posição no ranking de vendas, graças ao sucesso do Ka (hatch e sedã). O problema aqui é justamente a dependência desse modelo pequeno, de baixo v