Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 30, 2018

AO VIVO - Bolsonaro faz último pronunciamento ás vésperas das eleições

fonte: youtube/ Folha Política

Pesquisa CNT/MDA: Bolsonaro lidera com 42,6% dos votos

Candidato à Presidência da República pelo PSL,  Jair Bolsonaro  é o líder das intenções de voto, com 42,6% dos votos, segundo pesquisa da  CNT/MDA , divulgada neste sábado, 6, véspera das eleições, pela Confederação Nacional do Transporte. De acordo com os dados, se a votação ocorresse hoje, haveria segundo turno para a corrida presidencial entre o militar e  Fernando Haddad , candidato do PT, com 27,8%. Vale destacar que Bolsonaro registrou um aumento de 7,3 pontos percentuais em relação ao último levantamento realizado pelo instituto, enquanto Haddad caiu 3,7 pontos percentuais. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança. A pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), sob o número BR-04819/2018. PRIMEIRO TURNO: Jair Bolsonaro (PSL) 36,7% Fernando Haddad (PT) 24% Ciro Gomes (PDT) 9,9% Geraldo Alckmin (PSDB) 5,8% João Amoêdo (Novo) 2,3% Marina Silva (Rede) 2,2% Alvaro Dias (Podemos) 1,7% Henrique Meirelles (MDB) 1,6

Conheça o Hacker que fraudou as eleições no Brasil está pronto para atacar, assista

fonte: youtube/ Joice Hasselmann TV

Haddad, o candidato de 32 processos

Fernando Haddad não foi escolhido pelo presidiário Lula para substituí-lo na corrida presidencial por acaso. Ele carrega o mesmo DNA dos malfeitos de seu padrinho político encarcerado na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, desde abril. O candidato do PT à Presidência responde a 32 processos na Justiça, que o colocam como um dos campeões da ficha de ilícitos cometidos na vida pública. Na extensa folha corrida, Haddad, já réu em dois processos, é acusado de receber dinheiro de caixa dois de empreiteira condenada na Operação Lava Jato, denunciado por crimes de Improbidade administrativa, suspeito de superfaturamento de obras e serviços, acusado pelo desvio de recursos e até da aplicação ilegal de dinheiro público.  Não bastasse seu envolvimento direto em inúmeras irregularidades, o presidenciável petista se cercou na campanha rumo ao Palácio do Planalto, a mando de Lula, de assessores e coordenadores igualmente processados por crimes no Petrolão, dando indicativos con

IRPF - 2018: 5º lote vai pagar R$ 61,5 milhões, consulte aqui

A Receita Federal liberou nesta sexta-feira (5) a consulta ao 5º lote da restituição do Imposto de Renda (IRPF 2018). Na região, 51,9 mil contribuintes vão receber 61,5 milhões no dia 15 de outubro. Na delegacia de São José dos Campos (SP), a restituição será paga a 34 mil pessoas, somando R$ 41,5 milhões. A delegacia abrange, além de São José, Caraguatatuba, Ilhabela, Igaratá, Jacareí, Monteiro Lobato, Paraibuna, Santa Branca, São Sebastião e seis municípios do Alto Tietê. Já na delegacia de Taubaté, que atende as demais cidades do Vale do Paraíba, 17.899 mil contribuintes serão restituídos, somando R$ 19,9 milhões. As consultas podem ser feitas pelo  site da Receita Federal . O pagamento do próximo lote - o 6º - está previsto para 16 de novembro. Malha fina No fim do ano passado, a Receita Federal informou que 747 mil declarações estavam retidas na malha fina do IR de 2017 devido a inconsistências nas informações prestadas. Nos últimos anos, a omissão de rendiment

Danilo Gentili -Politicamente Incorreto - Stand Up Show - 2018

fonte: youtube/Dnilo Gentili

Skaf declara apoio a Bolsonaro

SÃO PAULO - O candidato do MDB ao governo de São Paulo,  Paulo Skaf , afirmou nesta quinta-feira, 4, que vai apoiar o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) em um eventual segundo turno contra o ex-prefeito  Fernando Haddad  (PT) na disputa presidencial. Bolsonaro e Haddad lideram a corrida, com 32% e 23%, respectivamente, segundo pesquisa Ibope/ Estado /TV Globo. "Eu não ficarei neutro em hipótese nenhuma. E não há hipótese em eu apoiar o candidato do PT. O meu apoio será para Jair Bolsonaro", disse Skaf, após visitar uma unidade da AACD na capital paulista.  Embora o partido de Skaf tenha lançado o ex-ministro Henrique Meirelles à Presidência da República, o presidente licenciado da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) disse que Bolsonaro defende o mesmo que ele e que uma vitória do capitão reformado do Exército no primeiro turno "seria bom para o Brasil". "Creio que para o Brasil seria bom (vitória de Bolsonaro no primeiro turno). Definiria

Terceira pesquisa para Presidente: conheça os resultados em primeira mão

A  Crusoé  acaba de divulgar o resultado de sua última pesquisa, encomendada ao Instituto  Jair Bolsonaro chegou a 34,9% e abriu 13 pontos de vantagem sobre Fernando Haddad, que estacionou em 21,8%. A chance de uma vitória no primeiro turno é maior do que se presume. fonte: Antagonista/Crusoé/Empiricus

Bolsonaro tem 41% dos votos válidos

Jair Bolsonaro tem 41% de votos válidos na pesquisa da  Crusoé  —  Ele nunca esteve tão próximo de uma vitória no primeiro turno. Se uma parte do eleitorado de Geraldo Alckmin, João Amoêdo e Alvaro Dias optar pelo voto útil para derrotar o PT, a disputa será decidida neste domingo. fonte: Antagonista

Bolsonaro está 9 pontos à frente no segundo turno, diferente divulgado do Datafolha e Ibope

A pesquisa da  Crusoé  mostra que, no segundo turno, Jair Bolsonaro ganha com folga de Fernando Haddad  — acompanhe a transmissão ao vivo  AQUI . Ele tem 47,1% dos votos e o poste tem 38,1% – uma vantagem de nove pontos. BOLSONARO É O MENOS REJEITADO Jair Bolsonaro é o candidato menos rejeitado na pesquisa da  Crusoé , com 48,6%, 3 pontos a menos do que na semana passada   — acompanhe a transmissão ao vivo  AQUI . Murilo Hidalgo, do Instituto Paraná, destacou o fato de que Fernando Haddad é rejeitado por aproximadamente 40% dos eleitores nordestinos. A chance de Bolsonaro ganhar no primeiro turno Ao analisar a pesquisa da  Crusoé , Murilo Hidalgo, do Instituto Paraná, calculou em 30% a possibilidade de vitória de Jair Bolsonaro no primeiro turno. Mas muitos eleitores dos candidatos nanicos admitem mudar de ideia até domingo. fonte: Antagonista

As mulheres de Bolsonaro na pesquisa

Na pesquisa da  Crusoé , Jair Bolsonaro abriu 6 pontos de vantagem sobre Fernando Haddad no voto feminino. fonte: Antagonista

Assista à primeira entrevista de Jair Bolsonaro após a alta médica

Jornal da Record na íntegra fonte: youtube/ Jornal da Record

Bolsonaro, Pastor Silas Malafaia e Pastor Cláudio Duarte advertem o Brasil sobre Haddad

fonte: youtube/Folha de Política

AO VIVO - Nova Pesquisa para Presidente - Crusoé/Empiricus - 05/10/2018

fonte: youtube/Antagonista

Conheça "Bolsoboot", botas inspiradas em Bolsonaro lançada no mercado

https://www.victorvicenzza.com.br/bus... fonte: Google/ Victor Vicenzza

A resposta da Globo para Bolsonaro, pela primeira vez em 23 anos, "Malhação" exibe beijo gay entre meninos

A novela teen exibiu durante o capítulo desta quarta-feira (03) o beijo entre os personagens Michael (Pedro Vinícius) e Santiago (Giovanni Dopico) O capítulo da novela "  Malhação - Vidas Brasileiras  " exibido nesta quarta-feira (03) mostrou pela primeira vez em 23 anos um beijo gay entre meninos. A cena foi protagonizada pelos estudantes Michael (Pedro Vinícius) e Santiago (Giovanni Dopico). A temporada anterior do folhetim, "Malhação - Viva a Diferença", mostrou também o primeiro beijo lésbico, protagonizado pelas personagens Samantha (Giovanna Grigio) e Lica (Manoela Aliperti).  Exibindo pela segunda vez, em menos de um mês, um beijo gay em uma faixa horária não convencional, que também foi exibida na reta final da novela das 18h "Orgulha e Paixão", entre os personagens Luccino (Juliano Laham) e Capitão Otávio (Pedro Henrique Müller), a  Globo   repetiu a dose na nova temporada de "  Malhação  ".   Na cena exibida, Michael

Bolsonaro vai a 35,7% em São Paulo; Haddad tem 14,1%, diz Paraná Pesquisas

Alckmin tem só 12,6% em seu Estado São Paulo é vital na disputa presidencial Doria e Skaf: empatados para o governo O candidato do PSL ao Planalto, Jair Bolsonaro, lidera com larga vantagem a corrida presidencial em São Paulo. O militar aparece com 35,7% da intenções de voto. No 2º lugar, Fernando Haddad (PT), tem 14,1%, empatado na margem de erro com o ex-governador do Estado Geraldo Alckmin (PSDB), que tem 12,6%. Os dados, divulgados nesta 4ª feira (3.out.2018), são do Paraná Pesquisas. São Paulo é o Estado com o maior colégio eleitoral do país. Segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), conta com 33 milhões de eleitores, o que equivale a 22% dos votantes do país. Atrás dos 3 primeiros, aparecem embolados Ciro Gomes (PDT), com 5,7%; João Amoedo (Novo), com 5,6%, e Marina Silva (Rede), com 3,7%. Não irão votar em nenhum dos candidatos 12,6% dos entrevistados e 4,8% ainda não sabem em quem votar. O Paraná Pesquisas ouviu 2.002 eleitores durante os dias 29 d

Bolsonaro tem 35,7% em São Paulo

Jair Bolsonaro está com 35,7% dos votos em São Paulo, de acordo com pesquisa do Instituto Paraná que acaba de ser divulgada. Fernando Haddad come poeira no estado, com 14,1%. Geraldo Alckmin simplesmente desapareceu: ele tem 12,6%. fonte: Antagonista/Paraná Pesquisa

Bolsonaro liquida a fatura no primeiro turno

“A possibilidade de Jair Bolsonaro liquidar a fatura da eleição no primeiro turno entrou no radar de seus principais adversários”, diz a Folha de S. Paulo. “As pesquisas diárias internas do PT mostravam, como o Datafolha, o capitão reformado ganhando pontos nos últimos dias.” fonte: Antagonista

Bolsonaro esmaga Haddad na classe média

Na classe média, Jair Bolsonaro esmaga todos os outros candidatos. Sua vantagem sobre Fernando Haddad entre os eleitores com renda de 5 a 10 salários mínimos subiu de 28 pontos percentuais para 39. O poste petista está tecnicamente empatado com Ciro Gomes e João Amoêdo. fonte: Antagonista

A política de Bolsonaro para Israel

O Valor diz que a possibilidade de Jair Bolsonaro ser eleito é vista “com empolgação” por pastores evangélicos dos Estados Unidos. “O que atrai a atenção desses religiosos americanos é um ponto que passa quase despercebido na campanha brasileira: a política de Bolsonaro para Israel. A ideia que circula na campanha e entre aliados é que uma vez eleito presidente, ele reconheça Jerusalém como capital de Israel e transfira a Embaixada do Brasil de Tel Aviv para a cidade.” fonte: Antagonista

“Não podemos deixar a esquerda voltar ao poder” - presidente emérito da Assembleia de Deus

O presidente emérito da Assembleia de Deus, pastor José Wellington, declarou voto em Jair Bolsonaro, segundo o Estadão: “De todos os candidatos, o único que fala o idioma do evangélico é Bolsonaro. Não podemos deixar a esquerda voltar ao poder.” fonte:Antagonista

Entenda a fraude do movimento #Ele Não, assista

fonte: youtube/ Conexão Pavesi

Vitória de Bolsonaro no primeiro turno é realidade

Jair Bolsonaro está com 38% dos votos válidos. Um analista entrevistado pelo Estadão, Vitor Oliveira, da consultoria Pulso Público, disse que não dá para descartar sua vitória no primeiro turno: “O antipetismo pegou e está mais coordenado”. fonte: Antagonista

Entrevista Renam Bolsonaro e Cristina Bolsonaro sua ex esposa

fonte: youtube/ Diego Rox Oficial

Calendário estabelecido pelo TSE traz informações com o que é permitido ou proibido antes das eleições no domingo

Com as eleições cada vez mais próximas, a última semana antes do pleito tem uma agenda com datas importantes e prazos finais, estabelecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Confira os principais acontecimentos dos dias antes da eleição: Terça-feira (2) A partir deste dia, nenhum eleitor poderá ser preso. Segundo o TSE, a medida serve para garantir o equilíbrio da disputa e prevenir que prisões sejam usadas como manobra para prejudicar um determinado candidato. Há exceções: se alguém é condenado por crime inafiançável, pego em flagrante ou por desrespeito de salvo-conduto. É também o último dia para pedido de verificação das assinaturas digitais do Sistema de Transporte de Arquivos da Urna Eletrônica, do Subsistema de Instalação e Segurança e da Solução JE-Connect instalados nos equipamentos da Justiça Eleitoral. O pedido pode ser feito por membros das coligações e dos partidos políticos, Ministério Público (MP) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Quint