Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 7, 2018

Escola Estadual Dirce Elias manda bilhete para excursão escolar a assentamento do MST gera polêmica em São José

Um bilhete que pedia autorização aos pais de alunos para uma excursão a um acampamento do Movimento Sem Terra (MST) gerou polêmica. A visita, que acabou cancelada, era organizada por uma escola pública da zona norte de São José dos Campos (SP). O caso ganhou repercussão nas redes sociais e dividiu opiniões. O bilhete da Escola Estadual Professora Dirce Elias, que fica no Bairro dos Freitas, pedia a permissão dos pais para que os filhos fizessem uma visita técnica a um assentamento do MST no próximo dia 29. A escola ainda pedia R$ 10 de cada aluno e 'lanche reforçado'. A atividade faz parte da disciplina de geografia e enfoca a formação econômica do Brasil. Os assentamentos do MST são conhecidos pela produção rural de hortaliças, frutas, legumes e geram polêmica por produzirem em terrenos ocupados ilegalmente. Nas redes sociais o tema dividiu opiniões. “Lamentável”, disse um internauta. "É para os alunos aprender (sic) a como invadir terras e adquirir o Bolsa Fam

PT e Haddad vão levar as urnas eletrônicas em presidios para ter votos de pessoas de bem

Fernando Haddad, o poste de um presidiário, teve uma vitória plebiscitária entre os presos provisórios da Paraíba. Segundo o G1, ele teve 65,6% dos votos totais nas cadeias paraibanas, contra apenas 5,9% de Jair Bolsonaro. fonte: Antagonista

Igreja católica - CNBB confirma reunião com Haddad, Dom Leonardo Ulrich Steiner, é assumidamente de esquerda

  Dom Leonardo Ulrich Steiner, secretário-geral e manda-chuva da CNBB, assumidamente de esquerda, acaba de divulgar uma nota confirmando que recebeu o poste do presidiário na manhã de hoje. “A CNBB é uma instituição aberta ao diálogo com pessoas e grupos da sociedade brasileira. É comum, em período eleitoral, que candidatos de diversos partidos e grupos políticos solicitem agenda e sejam recebidos, sem a presença da imprensa.” Dom Leonardo, que, nos bastidores, tem se incomodado com o avanço do que ele chama de “conservadorismo” na Igreja, afirmou, ainda, que “o candidato não veio pedir apoio e a CNBB não tem partido e nem candidato”. fonte: Antagonista

Hoje! Só Bolsonaro pode derrotar Bolsonaro

“A vantagem exibida ontem na pesquisa Datafolha deixa claro que será hercúlea a tarefa de derrotar Bolsonaro. A histórica militância do PT é hoje visivelmente menor que a massa de adoradores do deputado, as estruturas partidárias não tem mais o peso de outrora e a eleição foi marcada por um sentimento de renovação. A única trilha que ainda parece aberta é a de um eventual erro de grandes proporções de Bolsonaro e de seu entorno — o que, pelo histórico recente, não é de todo desprezível.” fonte: Antagonista

José Luiz Datena entrevista Major Olímpio, senador de Bolsonaro

fonte: youtube/Brasil Urgente

Rejeição inédita de público derruba "Amor & Sexo" da Globo em todo o país

Amor & Sexo reestreia com pior ibope da história e perde para a Record Desgastado,  Amor e Sexo  estreou sua 11ª temporada na Globo com pior audiência e perdeu para a Record nesta terça-feira (09). A estreia do programa apresentado por Fernanda Lima marcou 10,4 pontos de média, de acordo com dados consolidados da Grande São Paulo. Além do menor índice em um início de temporada, Amor e Sexo ainda perdeu para a Record, que foi líder com 10,7 pontos. A maior diferença foi registrada na disputa com A Fazenda 10, que no confronto direto, das 23h39 à 0h16, teve média de 13 pontos, contra 11 da atração da Globo. Cada ponto equivale a 71.8 mil domicílios na Grande São Paulo. Médias da estreia em 2017 e 2018  PNT - 16, 7  e 10,4  SP - 15,9 e 10,4  Rio - !9,0 e 13,8  BH - 13,7 e 7,4  Porto Alegre - 22,7 e 12,7  Salvador - 16,7 e 9,1  Recife - 19,4 e 8,8  Curitiba - 16,4 e 9,7  DF 13,0 e 10,0 Goiânia 7,6 e 4,6 Campinas - 14,8 e 6,7  Vitória - 18,4 e 9,5 

Miséria aumenta desde o governo do PT

O percentual de famílias que vivem em extrema pobreza (renda familiar per capita de até R$ 85 por mês) aumentou em quase todos os estados do Brasil nos últimos quatro anos, em especial no Nordeste, registra o G1 com base em estudo feito pela Tendências Consultoria. “Na média nacional, a miséria subiu para 4,8% da população em 2017, contra 3,2% em 2014. Nestes quatro anos, ela só não aumentou em dois dos 27 estados brasileiros, Tocantins e Paraíba.” Adriano Pitoli, diretor da Tendências, relacionou a crise econômica – iniciada no governo do PT – e a evolução da pobreza: fonte: Antagonista

Em show Roger Waters ex-líder do Pink Floyd exibe #EleNão no telão e é vaiado e xingado em São Paulo

Roger Waters, ex-líder do Pink Floyd, foi vaiado e xingado pela maioria do público no Allianz Parque, nesta terça (9), em São Paulo. Tudo aconteceu por volta das 23h30, quando, no telão, apareceu #EleNão. Antes disso, diversas palavras de ordem contra fascismo e governo autoritário foram exibidas. Em certo momento, o Brasil foi colocado como um dos países sob ameaça de fascismo —após muitos gritos a favor, foi a primeira ocasião de vaia. Ao terminar a canção, Waters começou a ser xingado de "lixo" e "filho da puta" e ouviu "vai tomar no cu". No palco, visivelmente constrangido, ficou 5 minutos sem saber o que fazer. O ex-líder do Pink Floyd engatou, então, um discurso dizendo que não é possível um político que apoia um regime militar. As vaias e xingamentos redobraram. Parecendo recuar, Roger Waters chegou a dizer que não sabe exatamente o que acontece no país. Ele começou a apresentar a banda e engatou uma nova canção: "Mother", um

Lewandowski livra Garotinho da prisão, mesmo com condenação em 2ª instância

Ricardo Lewandowski, registra o G1, determinou que Anthony Garotinho não pode ser preso até o trânsito em julgado ou até que o STF volte a analisar ações sobre prisão de condenados em segunda instância. Lewandowski tomou a decisão no âmbito de um habeas corpus concedido ao ex-governador do Rio e divulgado hoje. fonte: Antagonista

Complexo da General Motors em Gravataí completa 18 anos e avança na tecnologia 4.0

Um Chevrolet Onix Activ, na cor laranja Burning,  marcou a produção de 3,5 milhões de veículos no complexo da  General Motors Mercosul, em Gravataí (RS) . Inaugurada em 2000 como a fábrica mais moderna da corporação norte-americana no mundo e  a primeira com sistemistas  (fornecedores) integrados na mesma área. Construção do complexo começou em 1998 Com investimentos de R$ 1,4 bilhão, a planta gaúcha passa por atualização . A modernização está em fase avançada com a implantação de novas tecnologias, conceitos inovadores de manufatura para a produção de veículos e alto grau de automatização.  A promessa da  GM  é de que o complexo  de  Gravataí  será uma referência mundial em manufatura 4.0.   Linha de montagem está sendo atualizada Gilberto Leal Gravataí responde por 60% da produção dos veículos  Chevrolet  na  América do Sul e  a partir de 2019 montará a nova geração dos  Onix e Prisma.  As novas linhas de montagem  poderão produzir  quatro modelos diferentes ao

AO VIVO - Jair Bolsonaro e Joice Hasselmann - Jovem Pan - 09/10/2018

fonte: youtube/Jovem Pan

São José deu vitória para Bolsonaro no 1º turno, veja como foi a votação para presidente em cada região da cidade

Se dependesse dos eleitores de São José dos Campos, Jair Bolsonaro seria eleito no primeiro turno. Segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), 59,84% dos votos válidos na cidade foram para o candidato do PSL --o que representa 231.492 votos.  O candidato Fernando Haddad (PT), que segue com Bolsonaro para o segundo turno, ficou com apenas 10,81% dos votos válidos em São José. O petista praticamente ficou colado com o terceiro e quarto colocados --Ciro Gomes (PDT) com 10% e Geraldo Alckmin (PSDB), com 9,82%. O número de nulos e brancos em São José representa 6,19% do total de votos válidos, 25.522. O índice é bem menor que o registrado para governador --quase 65 mil eleitores joseenses votaram em branco ou nulo para governador do Estado, o equivalente a 15,74% dos votos válidos. Ciro fica em 2ª posição em duas zonas eleitorais Na 127ª e na 412ª zonas eleitorais  Haddad ficou em quarto lugar na votação, com Ciro e Alckmin em segunda e terceira posições, respectivamente

Efeito Bolsonaro muda panorama político no Vale e vence PT e PSDB

Mesmo sem tradição na política, legenda venceu em todos os 39 municípios na eleição presidencial, elegeu uma deputada estadual e foi o segundo partido mais votado na região entre todos os candidatos a deputado estadual A pauta conservadora foi a mais bem sucedida no primeiro turno das eleições no Vale do Paraíba. O partido PSL de Jair Bolsonaro derrubou a hegemonia do PSDB e a vice-liderança do PT na região e abocanhou 58,71% dos votos para presidente na RMVale, quando o eleitor podia escolher entre 13 opções. Na eleição para governador de São Paulo, com 12 postulantes ao cargo, o candidato tucano João Doria (PSDB) venceu com 37,61% dos votos na região, mas bem abaixo do índice dos bolsonaristas. O feito se repetiu nas votações para deputado estadual e deputado federal, com vitória maciça de candidatos do PSL na região: Janaina Paschoal e Eduardo Bolsonaro, respectivamente. Os eleitores da região elegeram três candidatos com reduto eleitoral no Vale e dois com ligação eve

E os famosos? Kajuru, MC Carol, ex-BBBs, Tiririca: quem se deu bem ou se deu mal

Tiririca (PR) Com mais de 440 mil votos,  o humorista foi o 5º mais votado dentre os candidatos a deputado federal por São Paulo . Elegeu-se para o terceiro mandato. No final do ano passado,  ele subiu à tribuna da Câmara e fez um discurso no qual disse estar com "vergonha" da política e, por isso, estava "abandonando a vida pública" . Joice Hasselmann (PSL) A jornalista Joice Hallelmann elegeu-se deputada federal por São Paulo com mais de 1 milhão de votos. Foi a segunda mais votada no estado, atrás apenas de Eduardo Bolsonaro, do mesmo partido. Jorge Kajuru (PRP) Eleito para o Senado por Goiás com mais de 1,3 milhão de votos. Leci Brandão (PCdoB) A cantora elegeu-se para o terceiro mandato como deputada estadual por São Paulo, desta vez com mais de 60 mil votos. Leila do Vôlei (PSB) Eleita para o Senado pelo Distrito Federal com mais de 437 mil votos. Luiz Philippe de Orleans e Bragança (