A denúncia 
A Câmara instaurou a Comissão Processante no dia 18 de fevereiro após denúncia apresentada pelo advogado Pedro Ernesto Silva Prudêncio, apontando as supostas irregularidades na contratação da empresa Five Eventos, para organização do Paço do Samba, um festival de música.
O evento seria realizado nos dias 26 e 27 de janeiro, mas foi adiado e nenhuma outra data foi agendada. De acordo com o contrato, o festival estava orçado em R$ 1,2 milhão, sendo que o município arcaria com R$ 649 mil (51%) e o restante seria captado na iniciativa privada.  Do valor previsto, a prefeitura repassou à empresa, R$ 519 mil. O dinheiro foi devolvido ao município.
A prefeitura negou irregularidades na contratação. O Meon não conseguiu localizar nenhum responsável pela Five Eventos em Ilhabela ou Taboão da Serra, onde fica a sede da empresa.

fonte: Meon Notícias