Menina de 11 anos morre em Ubatuba após ser obrigada a jejuar, polícia apreende diário,"rotina de exercícios e oração"

Menina que morreu por desnutrição decorrente de jejum relatava rotina de exercícios a qual era submetida — Foto: Robson Carvalho/ TV Vanguarda

Mãe e padrasto da criança foram presos; jejum seria uma forma de "punição"

Delegado diz que garota descrevia rotina composta de jejum, oração e exercícios físicos. Ela morreu na quinta-feira (24) por desnutrição. Mãe e padrasto foram presos. Polícia diz que casal confessou que obrigava criança a jejuar para se purificar.


A Polícia Civil apreendeu um diário no qual a menina de 11 anos que morreu por desnutrição decorrente de um jejum relatava a rotina de orações e exercícios físicos. O caderno com as anotações foi apreendido no apartamento em que ela morava com a mãe, o padrasto e o irmão de 8 anos no Centro de Ubatuba (SP). O conteúdo em detalhes não foi revelado pela polícia e será usado durante a investigação.

Polícia apreende diário em que menina que morreu castigada com jejum relata rotina; conteúdo não foi revelado em detalhes — Foto: Robson Carvalho/ TV Vanguarda

A criança faleceu após dar entrada na Santa Casa de Ubatuba na noite de quinta. A suspeita da morte por inanição foi confirmada após um exame realizado no IML (Instituto Médico Legal).

Após o resultado, a mãe da menina, de 26 anos, e o padrasto, de 47, foram encaminhados para a delegacia para prestar esclarecimentos. De acordo com a Polícia Civil, a mãe confessou que obrigaram a criança a jejuar por três dias como uma forma de punição por ter mentido.


O casal recebeu voz de prisão em flagrante pelos crimes de tortura seguida de morte, sequestro, cárcere privado e abandono intelectual.


fonte; G1/Vangurda/Meon Notícias

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

Gratidão, Presidente!