Em ação contra a exibição de “Lula Cachaceiro”, PT sofre a primeira derrota (veja o vídeo)

O juiz de direito Fernando Machado Barboni, da 2ª Vara Cível da Comarca de Navegantes (SC), onde o Partido dos Trabalhadores impetrou ação contra o empresário Luciano Hang, com o objetivo de que o dono da Rede de Lojas Havan seja proibido de custear e exibir mensagens ‘ofensivas’ ao ex-presidente pelas praias de Santa Catarina, indeferiu a liminar.
No último final de semana, uma aeronave perambulou pelas praias catarinenses ostentando uma faixa com a seguinte frase:
Lula cachaceiro devolve o meu dinheiro
O público foi ao delírio.
Hang, supostamente é o patrocinador do voo.
Entretanto, em seu despacho, o magistrado catarinense deu uma verdadeira lição sobre liberdade de expressão.
Disse que Lula é uma pessoa pública e sujeito a críticas por parte da população e que eventuais excessos podem resultar em reparação por dano moral.
E complementou o juiz:
“O que não se pode é realizar uma censura prévia, o que não é permitido pela Constituição da República Federativa do Brasil de 1988”.
Diante disso, Hang deve preparar novas surpresas para o meliante petista, nos próximos dias.
fonte: Jornal da Cidade

Comentários

MAIS LIDAS

Gratidão, Presidente!

Duas histórias degradantes

O estapafúrdio contrato “ultraconfidencial” entre o Butantan e a Sinovac, que não especifica valor entre as partes