SPORT HUANCAYO (PERU) X CORINTHIANS

Brasil cria 644.079 empregos formais em 2019, melhor resultado em 6 anos


Dezembro tem 307.311 vagas fechadas
Serviço tem o melhor saldo no ano
24.jan.2020 (sexta-feira) - 10h30
atualizado: 24.jan.2020 (sexta-feira) - 11h07
O Brasil criou 644.079 empregos formais em 2019, segundo o Ministério da Economia. O número representa o melhor resultado em 6 anos. Os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) foram divulgados na manhã desta 6ª feira (24.jan.2020).
Em 2013, o saldo de postos de trabalho com carteira assinada foi de 1,12 milhão.
No último ano, o setor de serviços foi o responsável por o maior número de contratos de trabalho firmados, com 382.525 no total. Apesar disso, houve uma queda em comparação a 2018, quando registrou 398.603 empregos formais.

Receba a newsletter do Poder360

Os postos de trabalho no comércio subiram de 102.007 para 145.475 no período. Na construção civil, de 17.957 para 71.115.
Em dezembro de 2019, o país fechou 307.311 empregos formais, número menor do que no ano passado (334.462).
De acordo com os dados do Ministério da Economia, todas as 5 regiões terminaram o ano com saldo positivo no mercado de trabalho. O Sudeste empregou mais trabalhadores de carteira assinada, com 318.219 novos postos –alta de 2,01% em 2019, na comparação com o ano anterior.
O Centro-Oeste, porém, foi a que teve a maior expansão no ano: 2,30%. A região criou 73.450 vagas no último ano.

REFORMA TRABALHISTA

O saldo de trabalho intermitente ficou positivo em 85.716 em 2019, puxado principalmente por atividades de assistente de vendas, repositor de mercadorias e vigilante. No regime parcial, foram criados 20.360.
Em 2019, também houve 220.579 demissões em acordo entre empregado e empregador.

fonte; 360

Comentários

MAIS LIDAS

‘Continuem rezando’, pede mãe de Paulo Gustavo, que segue internado com Covid-19

Gratidão, Presidente!

Duas histórias degradantes