O homem que ODEIA a verdade (veja o vídeo)

Todo mundo sabe, é público e notório, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ingere uma quantidade considerável de cachaça.
O fim do sigilo sobre os gastos com cartão corporativo de Lula revelou inclusive que o petista, durante a sua gestão, comprou cachaça utilizando dinheiro público. Cachaça de primeira qualidade, Havana, R$ 400 a unidade.
Noutra situação, nos momentos que antecederam a sua prisão, o “cachaceiro” tomou um verdadeiro porre com sua bebida predileta.
A deputada Gleisi, durante o comício que antecedeu a sua rendição para a Polícia Federal, cheirou o companheiro e balbuciou revelando o odor que o tomava por completo: “é cachaça”.
No entanto, através de ação ajuizada pelo PT, o "cachaceiro" quer ser indenizado por ter sido chamado de "cachaceiro".
Logo não poderemos mais chamá-lo de corrupto, lavador de dinheiro e ladrão.
Veja o vídeo:
fonte: Jornal na Cidade



Comentários

MAIS LIDAS

Gratidão, Presidente!

Duas histórias degradantes

O estapafúrdio contrato “ultraconfidencial” entre o Butantan e a Sinovac, que não especifica valor entre as partes