Para Alexandre Garcia, 2019 fica marcado como “o ano em que começamos a nos recuperar de uma infecção”

Entretanto, ele adverte: “Ainda estamos em tratamento”.
O ano de 2020 precisa ser usado para a completa cura e, depois, para “achar a vacina para nos imunizarmos do mal que nos debilitou”.
A análise completa é imperdível.
Veja o vídeo:
fonte: Jornal da Cidade

Comentários

MAIS LIDAS

Gratidão, Presidente!

Duas histórias degradantes