Postagem em destaque

Aproximação entre ONGs e jornalismo explicam decadência informativa e militância

  De modo geral, a simbiose do jornalismo com as ONGs expõe uma das possíveis razões para a adesão quase involuntária das pautas a concepçõe...

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Regina Duarte diz sim a Bolsonaro e começa amanhã na Secretaria de Cultura



Uma das maiores atrizes brasileiras, Regina Duarte aceitou o convite para comandar a Secretaria de Cultura do governo de Jair Bolsonaro e deverá começar amanhã o que segundo ela seria um período de testes. Regina se reuniu nesta segunda-feira 20 com Bolsonaro no Rio de Janeiro.


“Nós vamos noivar, vou ficar noiva, vou lá conhecer onde eu vou habitar, com quem que eu vou conviver, quais são os guarda-chuvas que abrigam a pasta, enfim, a família. Noivo, noivinho”, afirmou a atriz à coluna da jornalista Mônica Bergamo.
A atriz porém já anunciou seus planos para a pasta: “Quero que seja uma gestão para pacificar a relação da classe com o governo. Sou apoiadora deste governo desde sempre e defendo a classe artística desde os 14 anos”.
Já a colunista Cristiana Lôbo, da
Globo, publicou em seu blog no G1: “A atriz Regina Duarte aceitou o convite feito pelo presidente Jair Bolsonaro para a Secretaria de Cultura do governo federal. A decisão foi confirmada ao blog por membros da classe artística”.
A deputada da base governista, Bia Kicis (PSL-DF) confirmou o aceite da atriz:
Na semana passada, a atriz contestou a indicação do documentário brasileiro sobre a derrubada de Dilma, ‘Democracia em Vertigem’, de Petra Costa, ao Oscar, dizendo que “Oscar nenhum vai reescrever a nossa História”.
fonte: República de Curitiba

Nenhum comentário:

Arquivo do blog