PEÑAROL X CORINTHIANS

Chevrolet é a 11ª marca fora do Salão do Automóvel de São Paulo

Resultado de imagem para Chevrolet é a 11ª marca fora do Salão do Automóvel de São Paulo"

Fabricante confirma que não estará no evento e aumenta fila de ausências; Hyundai estuda

A situação do Salão do Automóvel de São Paulo deste ano está cada vez mais delicada. A General Motors confirma que não irá participar da edição 2020 do evento, o que faz com que a Chevrolet seja a 11ª marca a ficar de fora, junto com BMW, Citroën, JAC Motors, Jaguar, Land Rover, Lexus, Mini, Peugeot, Toyota e Volvo.
Chevrolet Bolt 2019 - Salão de SP 2018
"A Chevrolet não participará do Salão do Automóvel de São Paulo em 2020. A nossa estratégia de vendas e marketing é baseada na experiência do cliente. A Chevrolet quer ser relevante para o cliente em todos os momentos e por meio de todos os canais escolhidos por ele. E a jornada de relacionamento do consumidor com a nossa marca vem se mostrando cada vez mais digital. Prova disso é que cerca de 32% das nossas vendas de varejo iniciam-se no ambiente digital. Temos 93% da rede de concessionários integrada em uma plataforma única na internet, que conta com o estoque de cada concessionária, de veículos novos e seminovos. Isso tudo gerou mais de R$ 3 bilhões em vendas em 2019. Assim, a estratégia é focarmos cada vez menos em formatos analógicos e apostarmos mais em plataformas digitais e customizáveis, sempre tendo o cliente como o centro de tudo o que fazemos."
A decisão cai como uma bomba no Salão do Automóvel deste ano, visto que a fabricante é líder de vendas no país e terá lançamentos importantes em 2020, como a nova geração do Tracker, a reestilização da S10 e Trailblazer (que já roda em testes) e outras novidades. A marca anunciou em dezembro que fará 7 lançamentos ao longo de 2020.
Além disso, a Chevrolet sempre foi uma das marcas que mais investia no Salão, fazendo questão de posicionar seu estande de frente para a porta de entrada. Atualmente a GM é a fabricante que mais vende carros no Brasil, tendo fechado 2018 com 17,89% de participação, além do Onix ter sido o veículo mais emplacado do país, com 241.214 unidades.
Existe a chance de que mais fabricantes decidam não participar da feira. Uma delas é a Hyundai, que ainda estuda sua participação no evento. Outra marca do Grupo Hyundai, a Kia também está analisando se vale a pena investir em um estande. Ausentes na edição passada, Citroën, JAC Motors, Jaguar, Land Rover, Peugeot e Volvo já confirmaram que manterão este posicionamento.


fonte: Motor1

Comentários

MAIS LIDAS

Gratidão, Presidente!

Duas histórias degradantes

O estapafúrdio contrato “ultraconfidencial” entre o Butantan e a Sinovac, que não especifica valor entre as partes