SPORT HUANCAYO (PERU) X CORINTHIANS

Centenas de detentos fogem de presídio em Mongaguá SP; vídeo

Detentos fogem do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Mongaguá, SP — Foto: Reprodução

Cerca de 400 detentos fugiram no início da noite desta segunda-feira (16) do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) Dr Rubens Aleixo Sendin, localizado em Mongaguá, no litoral de São Paulo, após o cancelamento das 'saidinhas' por conta do coronavírus. Em um vídeo obtido pelo G1 é possível ver centenas de presos correndo.

O CPP de Mongaguá fica no Balneário Arara Vermelha e tem capacidade para receber 1.640 presos. A penitenciária funciona no regime semiaberto e presos podem trabalhar durante o dia e voltar a unidade prisional para dormir na cela durante a noite.

Ainda não há informações de como os presos conseguiram escapar mas, segundo apurado pelo G1, eles teriam se rebelado após a suspensão da saída temporária como forma de medida preventiva para conter o avanço do coronavírus. No Estado de São Paulo, outros presídios que também registraram fugas após a nova ordem.

Em Mongaguá, os presos fizeram funcionários reféns na portaria do CPP e, em seguida, fugiram em massa do local. Os oito reféns foram posteriormente liberados.

A fuga foi filmada por uma pessoa. Nas imagens é possível ouvir o autor do vídeo dizer: "voltar na segunda, hein!".

Equipes da Polícia Militar, Rodoviária, Civil e o helicóptero Águia fazem buscas no entorno do presídio para tentar recapturar os detentos. Por volta de 20h30, a Polícia Militar já havia recapturado 41 detentos que haviam fugido da unidade de Mongaguá.



fonte; G1/Vídeo Estadão

Comentários

MAIS LIDAS

‘Continuem rezando’, pede mãe de Paulo Gustavo, que segue internado com Covid-19

Gratidão, Presidente!

Duas histórias degradantes