“Baixa a voz”, diz Donald Trump a uma repórter da CBS News numa coletiva de imprensa




Na coletiva de imprensa que aconteceu no último domingo (19), na Casa Branca, a repórter Weijia Jiang, da CBS News, recebeu um comando de “baixa a voz” do presidente Donald Trump.


A discussão era em torno da resposta do governo americano à pandemia de coronavírus.
Weijia Jiang tentou emparedar Trump dizendo que:
“Eu tenho uma pergunta sobre algo que você disse quinta-feira”, em alusão a comentários de Trump sobre a Organização Mundial da Saúde (OMS). “Você ficou com raiva porque as informações sobre o vírus deveriam ter sido informadas mais cedo. As pessoas sabiam que o vírus estava chegando e as pessoas não queriam falar sobre isso. Muitos americanos estão dizendo a mesma coisa sobre você, você deveria ter avisado que o vírus estava se espalhando como fogo em fevereiro, em vez de realizar comícios com milhares de pessoas. Por que você não teve distanciamento social até 16 de março? ”
“Quem é você?”, perguntou Trump de volta.
“Eu sou Weijia Jiang, da CBS News”, retrucou a repórter.
“Se você olhar para o que eu fiz em termos de cortar ou proibir a China de entrar…”, continuou Trump.
“Cidadãos chineses”, interrompeu Jiang. “Mas, a propósito, não americanos que também vinham da China…”
“Apenas relaxe. Nós cortamos”, interrompeu Trump. “As pessoas ficaram maravilhadas. Todo mundo ficou surpreso que eu fiz isso. 21 pessoas na sala, todo mundo era contra, menos eu. Fauci disse que, se eu não tivesse feito isso, talvez dezenas de milhares, pode ser muito mais do que isso, pessoas teriam morrido.”
“E, a propósito, quando você emitiu a proibição, o vírus já estava aqui”, protestou Jiang.
“Você sabe quantas pessoas quando eu emiti a proibição – quantos casos de vírus existiam nos Estados Unidos? Você sabe o número?” Trump perguntou então. “Lembre-se de que eu disse uma pessoa. Quantos casos estavam aqui quando eu emiti a proibição? Você tem que fazer sua pesquisa.”
“Eu fiz minha pesquisa. No dia 23 de março, você disse que sabia que seria uma pandemia”, insistiu Jiang novamente.
“Eu sabia disso. Qualquer pessoa sabia disso. Você está pronta? Quantos casos existiam nos Estados Unidos quando eu bani? Quantas pessoas morreram nos Estados Unidos?” perguntou o presidente.
“Você reconheceu que não achava que isso iria se espalhar”, disse Jiang.
“Baixa a voz. Quantas pessoas eu bani quando estava fechando o país. Quantas pessoas morreram? Quantas pessoas morreram nos Estados Unidos? No entanto, fechei o país e acredito que não houve mortes, zero mortes, no momento em que fechei o país”, concluiu Trump, acrescentando: “você deveria dizer: ‘obrigado pelo bom senso’.”
fonte: Estudo Nacionais.com
Breitbart News

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

Imagens fortes! Gamer mata amiga na vida real, filma, debocha e diz que tinha pacto satânico

Gratidão, Presidente!