Celso de Mello determina que Moro seja ouvido em até 5 dias

Celso de Mello é relator da ação na Suprema Corte

O ministro Celso de Mello, do STF (Supremo Tribuna Federal), determinou nesta quinta-feira (30) que o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro seja ouvido no prazo de até cinco dias no processo. 

Durante a oitiva a ser realizada pela PF (Polícia Federal), Celso de Mello pede que Moro apresente "manifestação detalhada sobre os termos do pronunciamento, com a exibição de documentação idônea que eventualmente possua acerca dos eventos em questão”.


"Para efeito da inquirição do Senhor Sérgio Fernando Moro, oficie-se ao Serviço de Inquéritos – SINQ – da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado – DICOR – da Polícia Federal, ncaminhando-se-lhe cópia tanto da presente decisão quanto da petição do eminente Senhor Procurador-Geral da República (que deu início a este procedimento) e da petição dos Senhores congressistas protocolada nesta Corte", determinou o ministro.
Relator da ação, o ministro Celso de Mello, decano da Corte, aceitou na semana passada ao pedido do procurador-geral da República, Augusto Aras, para investigar as declarações feitas pelo ex-juiz da Lava Jato ao deixar o governo. Ainda ministro, Moro acusou o presidente de tentar interferir nas investigações da PF (Polícia Federal) ao exonerar o Maurício Valeixo do comando do cargo.
O inquérito em questão apura se foram cometidos os crimes de falsidade ideológica, coação no curso do processo, advocacia administrativa, prevaricação, obstrução de Justiça, corrupção passiva privilegiada, denunciação caluniosa e crime contra a honra.

fonte: R7

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

Imagens fortes! Gamer mata amiga na vida real, filma, debocha e diz que tinha pacto satânico

Existe limite para o ridículo? Vídeo de Anitta fazendo tatuagem anal vaza - Assista o Vídeo

Gratidão, Presidente!