Postagem em destaque

Sikêra Junior acusa senadores de tentativa de censura na internet: “Vocês são uma vergonha para o meu país”

O apresentador da REDETV! Sikêra Júnior comentou sobre a PL das Fake News, chamada por opositores do projeto de ‘PL da censura’. Para ...

terça-feira, 26 de maio de 2020

Doria é acusado de pagar milhões por respiradores chineses atrasados

Doria cobra respeito de Bolsonaro por mortos pelo coronavirus

“Que Deus nos ajude”, escreveu em email o empresário que encaminhou ao governo paulista os dados para o depósito.

Sem garantia contratual, o governo de João Doria (PSDB), em São Paulo, teria pago US$ 44 milhões — mais de R$ 242 milhões — antecipadamente por respiradores pulmonares da China.
A entrega deveria ter sido iniciada em abril, mas, até agora, apenas 50 equipamentos dos 3 mil adquiridos chegaram a São Paulo.
“Que Deus nos ajude a todos”, escreveu¹ em email o empresário Basile Pantazis quando encaminhou ao governo paulista os dados para o depósito do adiantamento de 30% do valor da compra, para prosseguimento da operações de importação da China.
O governo Doria diz, em documento, que, apesar da falta de garantias da compra, a empresa, “na hipótese de não entrega, total ou parcial, dos respiradores”, é obrigada a devolver “o valor proporcional do preço já pago (US$ 44 milhões), além de multa de 10% sobre o saldo devido”.
No entanto, de acordo com integrantes do Ministério Público, sem as garantias contratuais, se a empresa se negar a devolver o dinheiro, a situação do governo paulista se complica muito.
Por outro lado, a Secretaria de Estado da Saúde alegou ter adquirido 1.280 respiradores chineses junto à empresa Hichens Harrison & Co. O pedido original de 3 mil equipamentos foi repactuado e teve como premissa básica a entrega dos equipamentos até meados de junho.

fonte; Renova Mídia 

Nenhum comentário:

Arquivo do blog