Em meio à pandemia, mãe denuncia tentativa de doutrinação política em atividade escolar contra Bolsonaro




Mais uma acusação de doutrinação escolar ganha proporção nacional no Brasil. Desta vez, o caso aconteceu no município de Serra, no estado do Espírito Santo.
Ariadne, mãe de três filhos, veio a público para denunciar uma tentativa de doutrinação política na escola em que uma das filhas estuda. Julia, de 10 anos, cursa o 5° ano do Ensino Fundamental na Escola Prefeito José Maria Miguel Feu Rosa.
Segundo a mãe da garota, durante esse período de pandemia a escola tem dado continuidade às atividades por meio da Internet. Diversos exercícios têm sido passado pela escola para que os alunos não sejam prejudicados no ano letivo.
Contudo, segundo Ariadne, um dos exercícios veiculados pela escola trazia a temática dos impactos do coronavírus na vida social do país, da família e dos estudantes. Em um dos enunciados, uma charge abordava um diálogo entre dois personagens que associavam a gravidade da pandemia ao presidente da República, Jair Bolsonaro.
O exercício 
Na charge, o primeiro personagem da gravidade da doença, mas enfatiza que existe um vírus ainda pior, que seria o presidente da República.
“Pro Brasil vencer o corona, primeiro vai ter que vencer outro vírus tão mortal: o Bolsonaro”, diz.
Em seguida, o outro personagem concorda:
fonte: Conexão Política

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

Imagens fortes! Gamer mata amiga na vida real, filma, debocha e diz que tinha pacto satânico

Gratidão, Presidente!