MP do RJ vai à Justiça contra decreto de Crivella que abriu igrejas




O Ministério Público do Rio entrou com uma ação civil pública para pedir a suspensão dos efeitos do decreto do prefeito Marcelo Crivella, que libera o funcionamento de templos e igrejas na capital fluminense.
Para os promotores, o ato do prefeito extrapolou a competência municipal ilegalmente e liberou uma atividade que está vetada em todo o estado.
Com informações, O Antagonista.
fonte: Conexão Política

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

Gratidão, Presidente!

Imagens fortes! Gamer mata amiga na vida real, filma, debocha e diz que tinha pacto satânico