sexta-feira, 22 de maio de 2020

"Povo armado jamais será escravizado”, afirmou Bolsonaro em vídeo divulgado pelo STF

Em trecho do vídeo divulgado pelo ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, da reunião ministerial, Bolsonaro reafirmou sua posição favorável ao armamento da população.
O presidente expressou preocupação com, em algum momento futuro, assumirem o governo do país com a intenção de impor uma ditadura, por encontrar a população desarmada.
“O que esses filha de uma égua quer, ô Weintraub, é a nossa liberdade. Olha como é fácil impor uma ditadura no Brasil. Como é fácil. O povo tá dentro de casa. Por isso que eu quero, ministro da Justiça e ministro da Defesa, que o povo se arme! Que é a garantia que não vai ter um filho da puta aparecer pra impor uma ditadura aqui! Que é fácil impor uma ditadura! Facílimo! Um bosta de um prefeito faz um bosta de um decreto, algema, e deixa todo mundo dentro de casa. Se tivesse armado, ia pra rua. E se eu fosse ditador, né? Eu queria desarmar a população, como todos fizeram no passado quando queriam, antes de impor a sua respectiva ditadura. Aí, que é a demonstração nossa, eu peço ao Fernando e ao Moro que, por favor, assine essa portaria hoje que eu quero dar um puta de um recado pra esses bosta! Por que que eu tô armando o povo? Porque eu não quero uma ditadura! E não da pra segurar mais! Não é? Não dá pra segurar mais”, declarou.
Veja outros Tweets de Tiago Netto

fonte: Conexão Política

Nenhum comentário: