terça-feira, 14 de julho de 2020

Augusto Nunes escancara e desmoraliza Gilmar: "Cretino"

As últimas declarações do ministro Gilmar Mendes tiveram uma estrondosa repercussão negativa e podem determinar consequências nefastas para o próprio magistrado.
Gilmar já extrapolou por diversas vezes. É contumaz em agredir. Porém, desta feita, foi muito além do que se poderia imaginar.
O jornalista Josias de Souza, em comentário sobre a agressividade de Gilmar, foi cirúrgico:
“O hábito de associar críticas a ofensas é frequente na retórica de Gilmar. Ele não poupa nem os colegas. Já disse que Ricardo Lewandowski ‘não passa na prova dos 9 do jardim de infância do direito constitucional’, que Marco Aurélio é ‘velhaco’, que Luiz Fux inventou o ‘AI-5 do Judiciário’, que Luís Roberto Barroso tem moral ‘muito baixinha’... Já chamou os procuradores da Lava Jato de ‘cretinos absolutos’. Gilmar gosta de falar, mas não gosta de ouvir quando é criticado por decisões controversas ou por seus vínculos políticos e empresariais.”
Porém, desta feita, ao associar o Exército Brasileiro com “genocídio”, Gilmar perdeu totalmente a noção, agiu com extrema indecência, demonstrou desconhecimento e ignorância.
Augusto Nunes foi duro em sua definição:
“Ele está precisando faz tempo de uma aula pessoal e intransferível pra ver se fica um pouco menos cretino”.
E prosseguiu destroçando impiedosamente o magistrado.
Veja o vídeo:
fonte: Jornal da Cidade

Nenhum comentário:

Arquivo do blog