PEÑAROL X CORINTHIANS

Capela é destruída na BA por intolerância religiosa: “Isso é um ódio, mas não vamos parar”, diz padre

 


Uma capela usada pela comunidade da Paróquia São Lázaro de Betânia, na Ilha de Maré, em Salvador, para as celebrações religiosas, foi destruída nesta quarta-feira (28).

Pessoas ainda não identificadas destruíram o local que vinha sendo utilizado provisoriamente pela comunidade, enquanto a paróquia de pedra, que está sendo construída, não fica pronta.

O padre Kelmon Luís Sousa, manifestou a sua indignação com o ocorrido:

“Hoje, eu tive a surpresa da destruição. Quebraram a cruz, jogaram fora, destruíram muitas coisas. Quebraram os bancos. Nós não sabemos quem fez isso. Mas vamos refazer, não vamos parar. Foi um ato de intolerância à religião. Todo desrespeito a um local de oração, é uma agressão a uma religião de alguém. Isso é um ódio, mas não vamos parar".

A notícia é gravíssima e preocupante, mas grande parte da mídia não está divulgando.

Eles não querem que a população saiba...

Parece que finalmente conseguiram trazer esse ódio inexplicável para o Brasil.

Não é difícil deduzir de onde partiram os ataques. A intenção parece ser clara, atingir o padre que ficou ‘famoso’ na internet por produzir um vídeo criticando os 152 bispos que assinaram uma carta atacando o presidente Jair Bolsonaro e atacando a corrupção da 'era PT'.

Veja o vídeo:

Você quer saber como ajudar o Jornal da Cidade Online?

É simples, fácil e rápido...

Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

fonte: Jornal da Cidade

Comentários

MAIS LIDAS

Gratidão, Presidente!

Duas histórias degradantes

O estapafúrdio contrato “ultraconfidencial” entre o Butantan e a Sinovac, que não especifica valor entre as partes