Governador decreta "fechamento" no AM e população toma conta das ruas em protesto

 


Na manhã deste sábado, 26, uma multidão se reuniu em protesto no Centro de Manaus, contra o decreto estadual que proíbe a abertura do comércio não essencial por 15 dias.

A medida entrou em vigor neste sábado.

A manifestação teve início por volta de 9h, na Avenida Eduardo Ribeiro, Centro, uma das principais áreas comerciais da cidade. A avenida ficou completamente bloqueada por conta do protesto.

Centenas de manifestantes tomaram conta do local, exigindo a suspensão do decreto.

Cantaram o hino nacional, gritaram palavras de ordem e caminharam pela avenida.

Confira:

Com informações Jornal da Cidade online

Comentários

MAIS LIDAS

Gratidão, Presidente!

Duas histórias degradantes