Economia não pode parar dizia Presidente: Ford Taubaté vai demitir 830 funcionários com o fim de atividades

 

Quem não acreditou que o Presidente Jair Bolsonaro falou no começo da Pandemia que, a economia não deve ser esquecida e tem que andar junta e não pode parar,  a mídia criticou e induziu uma parte da população acreditar que o presidente estava errado, agora a conta chegou.
É com tristeza que pais de famílias irão perder os seus emprego, a grande mídia deve estar feliz com a crise e vai colocar na conta do presidente. A seguir matéria do G1. 


Ford anunciou nesta segunda-feira (11) o fechamento imediato da planta em Taubaté e o encerramento da produção no Brasil. A decisão implica na demissão de 830 funcionários na produção de motores e transmissões na cidade, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos.

Serão fechadas as fábricas em Taubaté, em Camaçari (BA) e em Horizonte (CE). No país, serão mantidos apenas o Centro de Desenvolvimento de Produto, na Bahia, o Campo de Provas e sua sede regional, ambos em São Paulo.

Em comunicado, a marca diz que a decisão foi tomada "à medida em que a pandemia de Covid-19 amplia a persistente capacidade ociosa da indústria e a redução das vendas, resultando em anos de perdas significativas".

Em Taubaté, a montadora vinha passando por dificuldades e adotando medidas diante do cenário econômico, como paralisação da produção, redução de salários e jornadas e demissões.

O Sindicato dos Metalúrgicos informou que convocou todos os trabalhadores para uma assembleia no pátio da empresa no fim da tarde desta segunda.

Com informações; G1/Vanguarda

Comentários

MAIS LIDAS

Gratidão, Presidente!

Duas histórias degradantes