Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 27, 2021

O "carma" dos sacripantas da CPI do Circo

  Os senadores de oposição mais uma vez caíram na mentira, após ficarem desconcertados com o áudio divulgado pelo depoente da CPI da Pandemia desta quinta-feira (01), Luiz Paulo Dominguetti Pereira, em que o deputado federal Luiz Miranda estaria participando de suposta negociação de vacinas. Entraram em parafuso. A partir daí, a ordem era criar uma nova narrativa. Dominguetti passou a ser, segundo eles, um homem plantado pelo governo Bolsonaro para tumultuar o ambiente. Mais um papo furado, afinal, quem convocou o suposto empresário foram Renan Calheiros, Randolfe Rodrigues, Alessandro Vieira e Humberto Costa. Passar vergonha e não conseguir provas para acusar um governo sem corrupção passou a ser o “carma” dos sacripantas dessa CPI do Circo. Com informações: Jornal da Cidade online

Governador do RS sai do armário, assume homossexualidade e é ‘fuzilado’ por Jean Wyllys... Homofobia?

  A incoerência predomina na esquerdalha. Nesta quinta-feira (1º), em entrevista ao apresentador Pedro Bial, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, assumiu sua homossexualidade. “Eu sou gay. E sou um governador gay, e não um gay governador, tanto quanto Obama nos Estados Unidos não foi um negro presidente, foi um presidente negro. E tenho orgulho disso.” Leite disse ainda que não tem ‘nada a esconder’, que se orgulha de sua sexualidade e que tem um namorado. Algo que deveria ser respeitado e comemorado pelos defensores da causa. De maneira inacreditável, o governador passou a ser atacado pelo ex-deputado Jean Wyllys. Extremamente incoerente. E foram diversos os ataques: “Quando se é branco, rico e soldado da plutocracia e do neoliberalismo que “não tolera” a homofobia porque LGBTQ viraram nicho de mercado rentável, fica fácil “assumir-se” gay (ainda que se negando) e catalizar a solidariedade acrítica dos cúmplices e ingênuos.” “Enquanto o gay recém-saído do armário não expr

AO VIVO - Os Pingos nos Is- 01/06/2021

  fonte: Os Pingos nos Is

Em menos de 24 horas, Lira acaba com “farra” e engaveta “superpedido” de impeachment

  O medíocre ‘superpedido’ de impeachment protocolado de maneira extremamente midiática nesta quarta-feira (30) na Câmara dos Deputados, deve ficar engavetado. O presidente da casa, deputado Arthur Lira, rapidamente se manifestou sobre o assunto e garantiu que nada será feito agora. Aos jornalistas, Lira explicou o seguinte: “O que houve nesse superpedido? Uma compilação de tudo o que já existia nos outros e esses depoimentos, quem tem que apurar é a CPI. É para isso que ela existe. Então, ao final dela a gente se posiciona aqui, porque na realidade impeachment, como ação política, a gente não faz com discurso, a gente faz com materialidade”. Questionado se vai rejeitar o pedido, Lira ironizou dizendo que há outros 120 requerimentos na fila. Quanto a malfadada CPI da Pandemia, Lira, que sempre foi contra a sua instalação, novamente ironizou: “Vou esperar a CPI, está fazendo um belíssimo trabalho, bem imparcial”. Com informações: Jornal da Cidade online  

O medíocre “superpedido” de impeachment tem até assinatura “falsificada”

  O “superpedido” de impeachment do presidente Jair Bolsonaro é lastimável, tanto na forma, quanto no conteúdo. Uma junção de pessoas, sem idoneidade e nenhum espírito democrático. Gente que nunca aceitou o resultado das eleições, em parceria com quem imaginava que teria ‘vantagens’ que não aconteceram e, por isso, se rebelou contra o presidente. O pior, entretanto, é ver pessoas que não assinaram o tal documento, reclamando da inclusão de seus nomes, o que demonstra a desfaçatez da farsa. É o caso de Rui Costa Pimenta, presidente do PCO, Partido da Causa Operária, que reclamou em suas redes sociais: “Acabo saber que meu nome aparece no super pedido de impeachment junto a delinquentes políticos e fascistas como K. Kataguiri, J. Hasselmann e A. Frota. Trata-se de um equívoco (quero crer bem intencionado). Não assinei e não assino nem como presidente do PCO nem em nome próprio.”   Com Jornal da Cidade online

AO VIVO - Corinthians x São Paulo - Brasileirão 2021

  fonte: Rádio Craque Neto

AO VIVO - Os Pingos nos Is - 30/06/2021

  fonte: Os Pingos nos Is

Detalhe da campanha do Burger King não pode passar despercebido

  Alguns dias se passaram desde a repercussão polêmica da campanha da rede de restaurantes   fast food ,   Burger King . O assunto já está sendo menos comentado e, com certeza, o que a empresa espera agora é o crescimento do reconhecimento da marca. Esse é o detalhe que não pode passar em branco a respeito da peça publicitária lançada na última quinta-feira, dia 24, intitulada "Como explicar?" onde crianças, ao lado dos seus responsáveis, contam como enxergam os diferentes tipos de relações da atualidade e o que pensam sobre a comunidade LGBTQIA+. "Eu nunca tive uma madrasta, só quando a mamãe falou pra mim que ela namorava com ela, aí que eu percebi que eu tinha uma madrasta", detalha uma das participantes. "É quando um menino gosta de um menino", responde outro menino. Logo depois do lançamento do filme, a internet ficou estampada com manchetes que retratavam a repercussão: "Nova campanha do BK revolta usuários do Twitter"; "BK se pronunci

AO VIVO - Os Pingos nos Is- 29/062021

  fonte: Os Pingos nos Is

Comandante do Exército avisa ao STF que sigilo de Pazuello é “assunto interno”

  Em manifestação enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), o comando do Exército avisou que a decisão de decretar sigilo de 100 anos no processo contra o ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, é um “assunto interno”. Além, a instituição pediu ainda que a ministra Cármen Lúcia, relatora do caso, rejeite uma ação apresenta por partidos de oposição contra a medida. A ação contra o sigilo foi movida pelo PT, PCdoB, PSOL e PDT e pedia a suspensão do sigilo por considerá-lo uma “grave afronta” à democracia, à liberdade de informação e à moralidade administrativa. O processo administrativo tratou da participação de Pazuello em um ato ao lado do presidente Jair Bolsonaro em maio. Após a apuração, o Exército decidiu não punir o general e decretou o sigilo alegando haver informações pessoais no processo. Ao STF, a instituição explicou que “apenas cumpriu” o que determina a Lei de Acesso à Informação e que “não foi o administrador militar quem impôs a restrição de acesso ao documento,

AO VIVO - Brasil x Equador - Copa América - 27/06/2021

  fonte: Jovem Pan Esportes