Postagem em destaque

Relatório chocante revela níveis extremos de perseguição aos cristãos na Índia

Líderes governamentais na Índia receberam recentemente um aviso severo da Comissão Americana de Liberdade Religiosa Internacional (USCI...

terça-feira, 13 de agosto de 2019

Ministro da educação é agredido com sua esposa e filhos pequenos por militantes de Lula livre durante férias

Resultado de imagem para Weintraub conta os bastidores do ataque que sofreu com a mulher e os filhos

Como vocês sabem, estou em Taiwan a trabalho. Passei o dia entre uma reunião e outra, mas agora parei para assistir ao vídeo abaixo e não consigo chegar nem na metade dele. Tentei me colocar no lugar do Ministro Abraham Weintraub. E tentei me colocar no lugar daquelas pessoas que não respeitaram o ÓBVIO fato de que o Ministro estava ali COM A FAMÍLIA! Assista ao início do vídeo e diga-me: o que VOCÊ faria se estivesse com seus filhos e fosse interpelado dessa maneira? Há um limite para tudo. Esse era o momento em que os líderes da esquerda deveriam, se não repudiar, pelo menos alertar de que “isso não se faz”, nem com o inimigo. Há poucos dias, a Dilma fez uma declaração esdrúxula e, poucas horas depois, a sua avó faleceu. Imediatamente, retirei das minhas redes sociais o vídeo com a declaração, pois, apesar de ser uma “zoeira”, não se brinca com o luto das pessoas. Há que se respeitar a dor do próximo. Assim como a família. Assim como as pessoas de idade. Há um limite para tudo nesta vida. E peguei-me aqui pensando: o que eu faria? Talvez não teria a calma que o Ministro demonstrou. Que Deus permita que uma noite de sono com muita oração possa devolver a fé no ser humano, que até hoje foi o que me moveu até aqui. Que nem eu, nem o Ministro, nem os homens levantados por Deus para lutar contra essa e outras monstruosidades, percamos a esperança! Senhor, renovai minha fé e nos fazei instrumentos de Vossa PAZ.



fonte: Carla Zambelli

Nenhum comentário: