ANUNCIE SEU PRODUTO - e-mail net4eduardo@gmail.com - ANUNCIE SEU PRODUTO - email net4eduardo@gmail.com -

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Ataque terrorista: Polícia mata suspeitos em operação a 120 km ao sul de Barcelona

Crédito: AFP PHOTO / PAU BARRENA

A polícia do governo regional da Catalunha matou na noite desta quinta-feira cinco supostos terroristas no município de Cambrils, na Província de Tarragona, na Espanha. “Trabalhamos com a hipótese de que os terroristas abatidos em Cambrils estão relacionados com os fatos registrados em Barcelona”, disse a corporação no Twitter. Eles usavam aparatos similares a coletes explosivos.
Segundo a rede de televisão RTVE, um furgão tentou avançar na zona de pedestres da orla de Cambrils, mas foi contido pela polícia. Ainda de acordo com a emissora, a polícia informou que os suspeitos estavam com cinturões explosivos.
Imagens fortes
O Sistema de Emergências da Catalunha informou sobre uma operação policial em Cambrils, cerca de 110 quilômetros a sudoeste de Barcelona, e pediu para as pessoas se trancarem em casa.
Uma van foi lançada sobre uma multidão na avenida Las Ramblas, a mais turística de Barcelona
“Urgente. Devido a operação policial em Cambrils, evitem a rua, fechem-se em casa!”, diz uma mensagem postada no Twitter do órgão. Não se sabe se a ação tem ligação com o atentado terrorista desta quinta-feira (17).
Ataque em Barcelona
Ao menos  13 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas no atropelamento causado por uma van, nesta quinta-feira, em Barcelona. O grupo jihadista Estado Islâmico reivindicou a autoria do atentado.
Segundo informações da polícia local, ao menos 13 pessoas teriam morrido no local
A polícia da Catalunha confirmou que dois homens foram presos por suspeita de ligação com o atentado. Segundo Josep Luís Trapero, major dos “Mossos d’Esquadra”, nome da força policial catalã, um é originário de Melilla, enclave espanhol no norte da África, e outro é do vizinho Marrocos. Nenhum deles tinha antecedentes criminais ou ligações anteriores com o terrorismo.
O atentado ocorreu por volta das 17h locais (12h no horário de Brasília)
Ainda de acordo com Trapero, nenhum dos dois presos estava ao volante da van que invadiu as Ramblas. “Detivemos duas pessoas diretamente implicadas no atentado, mas nenhuma delas era o condutor do furgão.”
fonte: Istoé

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Conheça a fábrica de motores da General Motor em São José dos Campos, SP

Resultado de imagem para PowerTrain GM Brasil



fonte: youtube


GM fará novo carro na Argentina – e pode ser o Equinox

2018-chevrolet-equinox-first-drive

A General Motors revela que fará mais um carro na fábrica em Rosário (Argentina). Em entrevista ao jornal Clarín, Carlos Zarlenga, CEO da GM América do Sul, antecipou que o terceiro modelo a sair da linha de produção será um “carro de alta gama”, que irá complementar a produção do Cruze. O modelo mais cotado é o Equinox, que chegará ao Brasil até no final do ano, por enquanto importado do México.

Conversando com o Clarín, Zarlenga fez um pouco de mistério sobre qual será o carro. “Poderia ser um Cruze crossover, temos várias alternativas”, afirmou o executivo. “Eu sempre procuro carros de alto valor agregado para a Argentina, por razões lógicas de comércio exterior com o Brasil. O Cruze, em seu momento, foi eleito justamente por isso.


Produzir o Equinox na Argentina seria mais fácil. A fábrica em Rosário já trabalha com a plataforma D2XX, utilizada também no Cruze sedã e no hatch Sport6. Além disso, começou a produzir o motor 1.4 turbo por lá. A versão mais básica do Equinox utiliza um 1.5 da mesma família, com curso do pistão mais longo, que sobe de 81,3 milímetros para 86,6 mm.
A iniciativa faz parte do investimento para renovar as fábricas na Argentina e no Brasil. Recentemente, a fabricante anunciou que irá injetar R$ 1,4 bilhão no complexo em Gravataí (RS), onde produz Onix e Prisma. Embora a GM não confirme, rumores falam que será para produzir a nova família de carros pequenos, com a nova geração de Onix, Prisma, Cobalt, Spin e também do Tracker.
O Equinox chegará ao Brasil no final do ano. Virá na versão Premier, a mais equipada da Chevrolet, e será equipado com motor 2.0 turbo de 262 cv e câmbio automático de 9 marchas. Essa configuração o deixará com preço na casa dos R$ 150 mil. Com a produção na Argentina, poderia competir com o Jeep Compass, oferecendo uma versão mais acessível, com motor 1.5 de 173 cv.
Fonte: Clarín
Fotos: Divulgação e CARPLACE/Motor1.com

Rio: ‘Mãe, não aguento mais essa guerra’, diz menina de dez anos em meio a tiroteio

Menina não vai a escola há dois dias por causa de tiroteios
“Todo dia essa guerra aqui em Manguinhos, no Jacaré, no Mandela. Nosso mundo está em perigo, gente. Mãe, eu não aguento mais morar aqui em Manguinhos. Todo dia essa guerra, todo dia gente morrendo. Não aguento mais ficar morando aqui, não aguento. Gente, não aguento mais viver nesse mundo de tiroteio. Não aguento todo dia essa guerra, não aguento mais viver aqui, é muito perigoso viver aqui para mim, quanto mais para vocês. Eu não aguento mesmo”.
O pedido de socorro é de uma menina de 10 anos, moradora de Manguinhos, na Zona Norte. Era noite do último sábado. Sua mãe, uma comerciante de 35 anos, e seu irmão de 15 haviam acabado de sair de casa para irem a um aniversário. Ela ficou em casa com a avó. Sentada no chão da cozinha, com o rosto entre as pernas para abafar o som dos tiros, a menina pegou o celular e, em meio ao choro, mandou as três mensagens de voz para a mãe.
video



No dia anterior, o policial civil Bruno Guimarães Buhler morreu após ser baleado por traficantes no Jacarezinho, favela vizinha. Desde então, confrontos fazem parte da rotina das duas comunidades. Já são seis dias seguidos de tiroteios. Desde segunda-feira, a menina, que cursa o 4º ano da Escola municipal Negrão de Lima, não vai ao colégio.
— Não mando ela para a escola enquanto essa situação não terminar. É todo dia essa mesma rotina de terror. Ela diz que quer sair daqui. Se eu pudesse, claro que eu já tinha saído. Quantos mais vão ter que morrer para pagar pela vida desse policial? — perguntou a mãe da menina, que, assim que ouviu as mensagens enviadas pela filha, voltou para casa.
A festa de aniversário foi cancelada por causa do tiroteio. Naquela noite, a família inteira dormiu junta, sobre cobertores e tapetes, no chão da cozinha. Só assim a menina pegou no sono.
— Tenho pânico de tiroteio. Não me acostumo. Quando acontece e eu estou na escola, me jogo no chão, abraço meus amigos — diz a menina, que não vê a hora de voltar às aulas: — Tenho que estudar para realizar meus sonhos.
Sete mil alunos sem aula
Moradores fogem de tiroteio no Jacarezinho no primeiro dia de confrontoCerca de 7 mil alunos não tiveram aulas nesta quarta-feira por causa de tiroteios em favelas do Rio. Segundo a Secretaria municipal de Educação, a maioria das unidades escolares fechadas são na Zona Norte. No total, dez escolas, sete creches e cinco Espaços de Desenvolvimento Infantil (EDIs) não funcionaram.
Desde sexta-feira, dois inocentes foram mortos em tiroteios no Jacarezinho. Na terça-feira, o feirante Sebastião Sabino da Silva, de 46 anos, morreu vítima de bala perdida durante um tiroteio. Já o mototaxista André Luis Medeiros, baleado na sexta-feira passada, morreu nesta quinta-feira no Hospital municipal Souza Aguiar, no Centro, após ter ficado seis dias internado.

Moadores fogem de tiroteio no Jacarezinho no primeiro dia de confronto Foto: Agência O Globo

Morre o ator Paulo Silvino, no Rio


Resultado de imagem para Fotos de paulo silvino paiMorreu, na manhã desta quinta-feira (17), aos 78 anos, o ator Paulo Silvino. Segundo a Central Globo de Comunicação, o humorista morreu em casa, na Barra da Tijuca, Zona oeste do Rio, no início da manhã. Em redes sociais, o filho mais novo do ator, João Paulo Silvino, lamentou a morte do pai. "Que Deus te receba de braços abertos meu pai amado". O artista, que lutava contra um câncer no estômago, estreou na TV Globo em 1966, apresentando o Canal 0, programa humorístico que satirizava a programação das emissoras de TV.

Resultado de imagem para Fotos de paulo silvino pai

Paulo Silvino, no papel de Severino, posa para foto com Thalita Carauta e Rodrigo Sant'anna durante gravações do programa Zorra Total em setembro de 2011 (Foto: Renato Rocha Miranda/Globo)



fonte: G1/youtube


AO VIVO - TV Senado - Audiência pública - 17/08/2017

Resultado de imagem para tv senado



fonte: youtube

AO VIVO - Jovem Pan Morning Show

Resultado de imagem para - Jovem Pan Morning Show



fonte: youtube

Jornal da BandNews FM- 17/08/2017

Resultado de imagem para Jornal da BandNews FM-



fonte: youtube

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Prisma no pódio e Creta líder dos SUVs – Mais vendidos na 1ª quinzena de agosto

chevrolet-prisma-2018

Se nas duas primeiras colocações entre os automóveis mais vendidos na 1ª quinzena de agosto não houve novidade – o Chevrolet Onix (8.201) emplacou mais do que a soma dos dois rivais mais próximos, com o Hyundai HB20 (4.227) em segundo -, a surpresa foi a presença do Chevrolet Prisma (3.562) no pódio.


Quarto na parcial de julho, o Ford Ka (2.928) caiu para sexto, superado pelo VW Gol (3.202) e pelo Toyota Corolla (3.141) e com o Renault Sandero (2.853) no encalço. O Fiat Mobi (2.474), décimo na última lista, subiu duas posições, com o VW Voyage (1.973) repetindo presença entre os líderes.



Hyundai Creta Prestige 2.0


Além do Prisma, o outro destaque entre os primeiros colocados foi o Hyundai Creta (1.896), líder entre os SUVs/crossovers pela primeira vez – separados por apenas 60 unidades, Honda HR-V (1.776) e Jeep Compass (1.716) foram 12º e 13º, respectivamente.
Logo atrás do Jeep Renegade (1.664) e do VW Fox (1.653), o Fiat Argo (1.606), que havia sido 15º na parcial do mês passado, caiu uma posição e ficou sob ameaça do bom desempenho do Nissan Kicks (1.542), este com potencial para fechar o mês próximo de seu recorde de vendas.
POS.MODELOPARC. AGO. 17
CHEVROLET ONIX8.201
HYUNDAI HB204.227
CHEVROLET PRISMA3.562
VW GOL3.202
TOYOTA COROLLA3.141
FORD KA2.928
RENAULT SANDERO2.853
FIAT MOBI2.474
VW VOYAGE1.973
10ºHYUNDAI CRETA1.896
11ºTOYOTA ETIOS HATCH1.836
12ºHONDA HR-V1.776
13ºJEEP COMPASS1.716
14ºJEEP RENEGADE1.664
15ºVW FOX1.653
16ºFIAT ARGO1.606
17ºNISSAN KICKS1.542
18ºVW UP!1.469
19ºTOYOTA ETIOS SEDAN1.430
20ºFIAT UNO1.414

 

COMERCIAIS LEVES

Na disputa entre os comerciais leves, apenas 165 unidades separaram o primeiro do terceiro colocados. A Fiat voltou a emplacar as duas mais vendidas, com a Toro (2.228) à frente da Strada (2.130). A VW Saveiro, com 2.063 unidades, veio no encalço das duas.
Briga acirrada também pela quarta posição – a vantagem da Toyota Hilux sobre a Chevrolet S10 foi de apenas 42 unidades (1.364 x 1.322).A VW Amarok, com 532 unidades, se aproximou da Ford Ranger (652), sexta. Ausente do top 10, a Renault Duster Oroch foi novamente o destaque negativo.
POS.MODELOPARC. AGO. 17
FIAT TORO2.228
FIAT STRADA2.130
VW SAVEIRO2.063
TOYOTA HILUX1.364
CHEVROLET S101.322
FORD RANGER652
VW AMAROK532
CHEVROLET MONTANA487
FIAT FIORINO435
10ºMITSUBISHI L200379



Fonte: Fenabrave

Fotos: Divulgação e Arquivo CARPLACE / MOTOR1

Jornalista da TV Record Adriana Araújo revela que já sofreu assédio sexual de político em Brasília

Adriana Araújo, apresentadora do "Jornal da Record" (Foto: Reprodução/Record)

Apresentadora do “Jornal da Record”, Adriana Araújo revelou que sofreu assédio sexual enquanto trabalhava. Ela conta que ficou assustada, mas que decidiu não denunciar por temer ser julgada.


Em entrevista ao “Programa do Porchat” desta segunda-feira (07), a jornalista revelou o assédio que sofreu de um político brasileiro enquanto trabalhava em Brasília e relatou como tudo aconteceu. “Nunca falei publicamente sobre isso. Em 2005, no auge do mensalão, eu tinha feito ancoragem ao vivo a tarde inteira e depois eu tinha que fazer entrevistas para repercutir. Eu fui atrás do líder do governo, eu tava numa saleta esperando por ele, entrou uma liderança da base de menor patente, quando ele se viu sozinho comigo numa salinha pequena, me emparedou contra uma divisória, veio pra cima de mim tentando me beijar a força e dizendo palavras de cunho sexual grosseiras, violentas”, disse.
Adriana contou como saiu daquela situação: “Na hora eu fiquei tão assustada, mas ao mesmo tempo eu me senti com tanto medo que eu tinha que ter uma reação para sair daí, porque eu estava sozinha com ele, o cinegrafista não tinha chegado para gravar a entrevista com o líder, eu tava com microfone na mão, consegui colocar a mão no peito dele para empurrar e eu lembro exatamente as palavras que eu disse que foi minha salvação: ‘o seu partido está numa difícil demais hoje para o senhor se vê envolvido num escândalo de assédio sexual’. Olhei para ele muito brava, tremendo por dentro e falei: ‘nunca mais se aproxime de mim'”.
A apresentadora do “Jornal da Record” disse que, no mesmo dia, quanto terminou o trabalho, contou tudo para sua chefe em Brasília, que propôs ajudá-la a denunciar na polícia e na mídia, mas ela recusou. “Nesse momento não. Eu não queria naquele momento que era já tão difícil, um escândalo político tão grande. Eu temi também o julgamento, as pessoas dizem: ‘quer aparecer. Tá falando porque quer aparecer’. O preconceito não vem só dos homens, também vem das mulheres”, declarou.
Confira o relato de Adriana Araújo, na íntegra, no vídeo abaixo.

Com a presença de Neto, Chapecoense apresenta elenco para 2017

AS MAIS VISTAS

Seguidores

COMPARTILHAR POSTAGENS