Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Economia

Real está entre as moedas mais valorizadas do mundo em 2021

Imagem
  Em um  ranking  feito pela agência brasileira de classificação de risco Austin Rating com moedas de 120 países ao redor do planeta, o real aparece com a 12ª melhor valorização em 2021. Neste ano, a moeda brasileira acumula alta de 3,2% em relação ao dólar. A situação do real é bem diferente de 2020. A moeda nacional encerrou o ano em que coronavírus desembarcou no Brasil na 6ª posição entre as mais desvalorizadas do mundo, com uma depreciação de 22,4%. Com informações da  CNN Revista Oeste

Petrobras anuncia redução no preço da gasolina

Imagem
  A Petrobras informou às distribuidoras de combustíveis que vai reduzir o preço da gasolina nas refinarias em R$ 0,1420 o litro, a partir deste sábado (20), em todas as refinarias de maneira linear. O preço do diesel, porém, ficou inalterado, explicou o presidente da Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), Sérgio Araújo. A empresa informou que o preço final na refinaria passa a ser de R$ 2,69 pelo litro da gasolina e a queda reflete o comportamento do preço do petróleo no mercado internacional, que tem se mostrado mais volátil nos últimos dias e perdeu a força demonstrada no início de março, quando chegou bem perto dos US$ 70 o barril, o tipo Brent. Na sexta-feira (19), a commodity operava em torno dos US$ 63 o barril.É a primeira vez, em 2021, que o preço da gasolina apresentou potencial de redução. “Hoje, a defasagem no preço da gasolina internacional em relação à gasolina doméstica se inverteu, e, no momento, o combustível brasileiro está mais caro do que n

Por falta de peça, GM concede férias coletivas e por consequência suspende contrato de trabalhadores

Imagem
  A General Motors dará férias coletivas em março para todos os trabalhadores da área de produção da fábrica de Gravataí (RS) e, na sequência, vai adotar o sistema de lay-off (suspensão temporária de contratos) por período que pode variar de um a cinco meses. O principal motivo é a falta de componentes para a produção, em especial de semicondutores, problema que afeta montadoras do mundo todo. No fim de semana passado, a Honda já tinha informado que suspenderá a produção em Sumaré (SP) de 1.º a 10 de março por falta de semicondutores. Em janeiro, ela já tinha suspendido atividades por uma semana pelo mesmo motivo. Em nota, a GM informa que a falta de componentes “tem o potencial de afetar de forma temporária e parcial nosso cronograma de produção” e que, no momento, “estamos trabalhando com fornecedores, sindicato e demais parceiros do negócio para mitigar os impactos gerados por esta situação”. Segundo o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí, Valcir Ascari, a GM ainda n