Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2014

Copa 2014: Clima festivo e sucesso da Copa conquistam manchetes internacionais

Imagem
Durante meses, os atrasos e os problemas de organização da Copa do Mundo foram assunto de muitas reportagens no Brasil e no exterior. Existia no ar uma preocupação generalizada com as consequências dos atrasos, das obras não-concluídas. E os jornais estrangeiros eram especialmente ácidos nas críticas. Mas o fato é que, aos poucos, desde o início desse Mundial, isso tem mudado. “A morte e os jogos". Era essa a manchete de capa da revista ‘Der Spiegel’, uma das mais respeitadas da Alemanha, no dia 12 de maio. Dentro, a reportagem destacava "o gol contra do Brasil" e afirmava que, justamente na terra do futebol, a Copa poderia ser um f iasco, com protestos, greves e tiroteios. Duas semanas antes do início do Mundial, o ‘Wall Street Journal’, o jornal de maior circulação dos Estados Unidos, trazia a manchete: "Copa do Mundo: 12 estádios, um milhão de problemas". Muitos problemas que antes eram previstos para a Copa do Mundo no Brasil não se  confirmaram.

Copa 2014: Rihanna comemora vitória do Brasil sobre o Chile nas redes sociais

Imagem
O Brasil tem uma torcedora de peso nesta Copa do Mundo. Depois de compartilhar uma foto enrolada na bandeira verde e amarela em seu Twitter no jogo da seleção contra Camarões,  Rihanna  voltou a postar uma imagem de apoio ao Brasil, com duas bandeirinhas no rosto e uma montagem ao fundo. "#Bra", escreveu ela na legenda sobre o jogo Brasil X Chile - cuja partida terminou com vitória nos pênaltis para os canarinhos. E ao fim do jogo, comemorou: "Jogo excelente". Aliás, a cantora tem se mostrado uma expert em futebol e sempre entra nas redes sociais para acompanhar e comentar as partidas. Ela também publicou uma foto usando sandálias com a bandeira do Brasil e outras duas imagens - uma montagem dela com a bandeira ao fundo e um flagrante da Fan Fest do Rio, em que uma torcedora aparece com o corpo pintado, e outra com Rihanna segurando a bandeira durante o show no país em 2011. Ela também é fã de Cristiano Ronaldo e chegou a postar foto com o ídolo português e v

Amor nos tempos do chifre, porque as pessoas estão traindo mais

Imagem
Convenhamos, pular a cerca sempre foi um hábito da humanidade. Einstein era adepto da prática, e até contava sobre as "outras" para a família. O casal Sartre e Simone de Beauvoir vivia em harmonia com seus amores "contingentes", nome que davam aos casinhos. Mas parece que o velho ditado "Se não é corno, já foi ou será" fica cada vez mais verdadeiro. Estudos mostram que estamos traindo mais. E não tem álibi que desminta isso. Repare no comportamento dos brasileiros. Em 2008, 68% dos homens e 42% das mulheres confessaram já ter traído o parceiro de namoro ou casamento, segundo um estudo feito com 8 237 pessoas em 10 capitais do país pela psiquiatra Carmita Abdo, professora da Faculdade de Medicina da USP. Em 2003, os infiéis eram 51% dos homens e 26% das mulheres. Isso não significa que deu a louca nos brasileiros. O mesmo aconteceu nos EUA. Lá, 21% dos homens e 11% das mulheres assumiam ter traído em 1991. Quinze anos depois, eram respectivamente 23% e 1

A primeira-dama mais polêmica do Brasil Jovem, bonita e sem papas na língua

Imagem
A matéria lembra, ainda, da foto de uma coleção de lingeries que Pâmela publicou em sua rede social Instagram, com a legenda: “Presente para mim, mas quem curte é o maridão.” No texto em que se defende, a primeira-dama diz que a coleção foi um presente e afirma que usou a rede para agradecer O comportamento dela na internet não é muito diferente do que se vê por aí. A moça de 30 anos abastece constantemente seus perfis nas redes sociais – com frequência, mais de uma vez no dia. Ultimamente, seu tema principal é o trabalho. De vez em quando, comenta as notícias, fala de política, desabafa sobre o machismo, divulga mensagens religiosas. Compartilha o novo corte de cabelo, a roupa do dia, a arrumação da mesa para uma refeição especial, o beijo na boca do marido, a fofura do filho de três anos. Nada fora do padrão do que se publica nas mídias sociais nesta era de exibição da intimidade. São muitas, muitas fotos. E público não lhe falta: mais de 7,7 mil seguidores no Instagr

Chevrolet Veraneio, carros para sempre foi amada e temida

Imagem
A visão de uma Chevrolet Veraneio nem sempre traz boas lembranças: ela era o carro  preferido pela polícia e outros órgãos de repressão durante o período do regime militar, após o golpe de 1964. Pintadas de preto, branco, cinza e vermelho (a famosa “Veraneio Vascaína” retratada na música do Aborto Elétrico, banda que daria origem a Legião Urbana e Capital Inicial), ou simplesmente com “chapa-fria”, elas eram onipresentes nos anos 1970 e 1980. Mas a história dela começa bem antes, lá no começo dos anos 1960, em uma época em que os modelos precursores dos SUVs começavam a chegar ao mercado. Sucessora da Chevrolet Amazona, que já estava entre nós desde o final dos anos 1950, a Veraneio foi mostrada pela primeira vez no Salão do Automóvel de 1964, no Parque do Ibirapuera (SP). O modelo inicial foi batizado de C-1416 e trazia muitas evoluções sobre a antecessora: quatro portas, linhas mais atuais, suspensão dianteira independente e espaço mais amplo. Apesar de moderno, o uti

A indústria encalhada, o setor naufraga e arrasta a balança comercial

Imagem
Fragilizada por décadas consecutivas de políticas equivocadas ou insuficientes e crises econômicas, a indústria brasileira cambaleia. Atingida por três quedas trimestrais consecutivas do valor agregado, de -0,1%, -0,2% e  -0,8% entre outubro de 2013 e março deste ano, sofreu mais um baque. Em abril, a produção industrial brasileira recuou 0,3% comparada à de março, segundo o IBGE. Há uma “crise manifesta no fraquíssimo e titubeante desempenho de seu setor nuclear, o de intermediários e retração de seus segmentos mais dinâmicos, de bens de capital e de duráveis”, diagnosticou o Iedi,  think tank  do setor. “Três trimestres de queda é recessão.” Comparado à situação de um ano atrás, o quadro é “desastroso”, avalia o economista Julio Gomes de Almeida, professor da Unicamp e ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda. A queda na indústria em geral chegou a 5,8% e, em bens de capital, a quase 15%. Os setores de máquinas e equipamentos, vestuário, calçados e têxteis

Copa 2014: As musas da arquibancadas

Imagem
fonte: https://www.google.com.br/search?

Copa 2014: Para 4 estádios, a festa da Copa já acabou - e agora?

Imagem
São Paulo - Dos 12 estádios escolhidos como palcos da  Copa do Mundo , quatro encerram sua participação no evento nesta semana. As arenas Pantanal (Cuiabá), da Baixada (Curitiba), das Dunas (Natal) e da Amazônia (Manaus) receberam seus últimos jogos e agora têm pela frente o desafio de se justificar como investimentos sem as grandes torcidas do mundial.  Para algumas, a tarefa é mais hercúlea, já que estão em cidades com pouca tradição no  futebol .  É o caso da Arena Amazônia, por exemplo, que teve média de público de 652 torcedores nos jogos do campeonato amazonense deste ano - enquanto na Copa do Mundo cerca de 160 mil torcedores foram assistir aos jogos.  Arena Pantanal cheia para o jogo entre Japão e Colômbia Em todos os casos, a solução encontrada pelos administradores dos estádios foi parecida: torná-los arenas multiuso para receberem - além das partidas de futebol - grandes shows e eventos corporativos. Desde o começo, a promessa é de que elas não se tornarão os m

Batizada de Gisele Bündchen Intimates, em vez de SP, Gisele Bündchen abre loja de lingerie em Paris

Imagem
São Paulo – A primeira loja física da  marca  de lingeries de  Gisele Bündchen  foi instalada em Paris ao invés de São Paulo, como apontavam os rumores. As informações são da  Folha de S. Paulo , desta sexta-feira. De acordo com a reportagem, no Brasil, ainda não foi encontrado um lugar adequado para abrir um ponto de venda. Na França, a unidade será instalada na galeria Lafayette, disse a reportagem. Para Taís Risse, gerente de projeto da grife, Paris tem grande visibilidade e funcionará como uma vitrine para o mundo, afirmou a executiva à Folha. Batizada de Gisele Bündchen Intimates, a marca nasceu de uma  parceria  com a Hope fechada em 2011. fonte: http://exame.abril.com.br/negocios/noticias/em-vez-de-sp-paris-gisele-bundchen-abre-loja-de-lingerie

Por que a Geração Y anda tão frustrada com a carreira?

Imagem
São Paulo - Seis  jovens , seis caminhos distintos com duas características que se repetem: distração e um quê de frustração. Em comum, eles têm as sessões com o mentor, figura responsável por ajudar a ressignificar escolhas e redefinir rumos a partir da descoberta de valores e do propósito de vida. Essa é a proposta do novo  livro  de Sidnei Oliveira, “Conectados Mas Muito Distraídos” (Integrare Editora).  “A ideia é fazer uma provocação. Estamos vivendo um tempo de transformação, nunca estivemos tão conectados, mas a qualidade desta conexão é superficial”, explica. Daí a distração citada por Oliveira. O acesso a todo tipo de informação é amplo e quase imediato, mas a atenção anda bem “rasa”. Por isso, segundo o autor, que está presente no livro no papel de mentor dos seis jovens, as oportunidades podem passar ao lado, sem serem percebidas por eles. É o que Oliveira tem visto acontecer e que o motivou a escrever o livro, definido por ele como um tratado sobre a mentoria. Os