Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2014

SÃO PAULO X PALMEIRAS - FINAL PAULISTÃO

O fusca dos games, criado há 25 anos, o Game Boy continua vivo nos smartphones

Imagem
A ú ltima segunda-feira, 21 de abril, marcou os 25 anos do lançamento do Game Boy, aparelho portátil da Nintendo. As primeiras 300 mil unidades esgotaram-se em poucos dias no Japão, com o lançamento norte-americano ocorrendo quatro meses depois, no fim de julho de 1989. Gunpei Yokoi, criador do Game Boy, começou a pensar na ideia de criar um videogame portátil durante uma viagem de metrô. Percebeu que um executivo passava o tempo apertando as teclas da sua calculadora portátil a esmo e pensou que poderia fazer algo mais interessante com a mesma tela de cristal líquido e alguns botões. O primeiro Game Boy, se comparado aos seus sucessores diretos como o Nintendo 3DS ou o Sony PS Vita, era um tijolo de plásti co bege com tela monocromática movido a quatro pilhas de tamanho AA. As pilhas duravam cerca de 30 horas e implicavam um gasto considerável, em uma época de pilhas recarregáveis caras e difíceis de encontrar, mas toda a despesa valia a pena. Tive a sorte  de ganhar um

Mundo Rural: Agrishow 2014 recebe 800 expositores em Ribeirão Preto

Imagem
Visitante se orienta diante de mapa da feira em Ribeirão Preto, SP. Concebida pelas entidades ABAG, ABIMAQ, ANDA e SRB, e organizada pela  BTS Informa , a  Agrishow  é mais do que uma feira de negócios. Ela é palco do sucesso do agronegócio brasileiro e dos principais lançamentos em tecnologia. É onde tudo acontece! Sua última edição reuniu, em seus  440 mil m2 de área, 790 marcas expositoras e mais de 150 mil visitantes ávidos por novidades. Além da exposição, a feira conta com  100 hectares de área para as demonstrações de campo . Nesse espaço, os visitantes têm a oportunidade de visualizarem no campo as grandes máquinas agrícolas em ação, bem como diversas culturas, como de arroz, café, cana, feijão, milho e muito mais. A 21ª Agrishow acontece de  28 de abril a 02 de maio de 2014 , em  Ribeirão Preto , cidade considerada a capital brasileira do agronegócio. Modelos trabalham na promoção de vendas de marca expositora na Agrishow, em Ribeirão Pr

Aposentado cria Fusca de madeira na Bósnia

Imagem
Quando se aposenta é bom ter algo com que se ocupar. Claro que ninguém pensaria em criar um Volkswagen Fusca com carroceria de madeira, não é? Bem, quase ninguém.   O aposentado Momir Bojic, 71, morador da Bósnia-Herzegovina ocupou dois anos de sua aposentadoria para criar uma carroceria de maneira para seu Fusca. Além da carroceria, Bojic talhou em madeira o volante, as capas dos espelhos retrovisores e o painel do simpático carro. No total, o carro é feito de mais de 50 mil peças de madeira de carvalho. fonte: http://www.estadao.com.br/jornal-do-carro/noticias/mercado,aposentado-cria-fusca-de-madeira-na-bosnia,18651,0.htm

Mundo Rural: Você sabe o que é besouro rola-bosta?

Imagem
Numa fazenda sustentável, o besouro rola-esterco africano cumpre um papel interessante. Enterra o esterco, amplia a área de forragem disponível para o gado, diminui a proliferação da mosca do chifre e descompacta o solo. Entretanto, não acho nenhuma referência sobre onde e como obtê-los. Existem três espécies de besouros que usam o esterco para criar seus filhotes. A melhor delas é a que rola o esterco alguns metros do local onde foi extraído, conseguindo retirar as larvas das moscas indesejáveis que se criam nas fezes. A época para a coleta desses besouros é no verão, logo depois da ocorrência das chuvas. Exemplares do inseto podem ser solicitados ao Departamento de Entomologia e Acarologia da Escola Superior de Agronomia Luiz de Queirós (Esalq), da Universidade de São Paulo (USP). A biblioteca da Esalq também disponibiliza cópia da tese "Biologia e importância econômica do Dichotomius anaglypticusde”, de autoria do Prof. Sergio B. Alves, cujo trabalho traz detalhes sobre o be

O Brasil que funciona, boa gestão pública pode mudar a vida dos brasileiros – e premiar os bons políticos

Imagem
FESTA ESCOLAR Micro-ônibus de creche em Sarandi, Rio Grande do Sul. Não é preciso ser grande para governar bem (Foto: Ricardo Jaeger/ÉPOCA Às vésperas de mais uma campanha eleitoral, a imagem dos políticos não poderia ser pior. Associados a mordomias, bandalheiras, promessas vazias e governos ineptos, eles aparecem sempre em último lugar nas pesquisas que avaliam a confiança da população nas autoridades e instituições. Em junho de 2013, quando as multidões foram às ruas protestar contra “tudo isso que está aí”, esse sentimento de aversão aos políticos e aos partidos, aliado a uma insatisfação geral com a qualidade indecente dos serviços públicos, tornou-se ainda mais evidente. Felizmente, uma nova linhagem de políticos, mais voltada para a administração que para a politicagem, vem ganhando espaço. Ainda é um grupo pequeno, para as dimensões do  Brasil . É composto, se tanto, de meia dúzia de governadores e meia centena de prefeitos, além de seus auxiliares diretos e um ou o

Anfavea volta a defender ampliação do lay-off

Imagem
  O presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), Luiz Moan, voltou a defender, nesta segunda-feira (28) a proposta de ampliação do programa de lay-off (suspensão temporária dos contratos de trabalho), que prevê o uso de dinheiro do seguro-desemprego para pagar parte do salário dos empregados afastados, em uma tentativa de aliviar a crise do setor automotivo brasileiro. Perguntado sobre um editorial do jornal O Estado de São Paulo publicado no último dia 21, que considerou a proposta da Anfavea "indecorosa", Moan respondeu: "Não concordo com o editorial." Ele lembrou que a legislação brasileira atual sobre o lay-off prevê que, se uma montadora afastar o funcionário totalmente de suas atividades, pode durante cinco meses fazer o pagamento de seu salário parte com recursos da empresa e parte com recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), do Ministério do Trabalho. "Uma saída para ter uma maior estabilização de

MC Guimê vai a festa de novela com cordão de ouro de R$ 25 mil

Imagem
Expoente do funk ostentação, MC Guimê foi à festa de lançamento da novela "Geração Brasil", da Globo, usando um cordão de ouro que custou R$ 25 mil. "Gosto de comprar roupas e sapatos para mim. Chego a gastar R$ 15 mil reais por mês só com isso", disse o funkeiro. A música "País do Futebol", de MC Guimê com a participação de Emicida, é tema da abertura da novela, que estreia no dia 5 de maio na faixa das 19h na Rede Globo. O funkeiro disse ainda que a maior ostentação que fez até hoje foi o apartamento próprio, os dois carros e a casa que comprou para os pais. Solteiro, ele garante que está se dedicando à música e que está "mais tranquilo" "Já fiquei com fãs, agora estou mais tranquilo, me dedicando à carreira", disse. Guimê cobra cerca de R$ 45 mil por show e faz uma média de 25 apresentações por mês. Em  entrevista recente ao programa Diálogos, da "Globo News", disse que ganha até R$ 450 mil mensais .

A beleza da China rural desconhecida para os ocidentais

Imagem
Sabemos que a China cresce e se moderniza de forma assustadora. Em 2012, com 51% das pessoas morando nas cidades, o país mais populoso do mundo se tornou, finalmente, urbano. Cidades como Chengdu, no sul do país, dobraram de tamanho nos últimos dez anos, colocando pressão no meio ambiente. Além das conhecidas Beijing e Shanghai, outras capitais do país parecem uma São Paulo, com trânsito caótico, poluição e prédios que não param de crescer. No entanto, a China tem encantos escondidos. Suas regiões mais remotas são habitadas por minorias étnicas que celebram suas colheitas com longas festas. Essas populações acreditam que o grão possui alma e que o agrotóxico é ovilão das safras perdidas. Essas comunidades levam às cidades produtos locais, como raiz de flor de lótus, girassol, broto de bambu, cogumelos selvagens de diversos tamanhos para vender.  É um verdadeiro festival decores e de aromas.   Restaurantes da pequena Dali, em Yunnan, exibem diversidade de vegetais  como  cogumelo

Cultivo de orquídeas, fique por dentro

Imagem
O cultivo de orquídeas ou orquidofilia, é uma atividade que aproxima as pessoas da natureza, sendo uma atividade bastante prazerosa e gratificante alem de ser rentável economicamente. Na natureza vemos orquídeas desenvolvendo-se sobre galhos de arvores (orquídeas epífitas), fendas de rochas (orquídeas rupestres) ou até mesmo diretamente sobre o solo(orquídeas terrestres). A forma  de crescimento de uma espécie de orquídea interfere diretamente na forma de seu cultivo.a maioria das espécies são simpodiais (caracterizada pelas brotações que se originam-se a partir das gemas laterais do pseudobulbo),ou monopodiais(não existe pseudobulbo ,e as brotações surgem a partir de folhas novas no ápice do caule).para um cultivo se uma espécie simpodial é necessário um suporte maior,que possa ser compatível com o crescimento lateral das touceiras , já os monopodiais necessitam de recipientes menores ,porem tendem a exigir para seu desenvolvimento adequado adubações e regas mais frequentes.

Luiz Moan, presidente da Anfavea, exportar é essencial para a saúde do setor automobilístico

Imagem
Em sua participação no V Fórum da Indústria Automobilística, realizado por  Automotive Business  na segunda-feira, 28, no Golden Hall do WTC, em São Paulo, o presidente da Anfavea , Luiz Moan, reiterou a importância das exportações  para a saúde da indústria automotiva brasileira. Para ele há a necessidade de haja ganhos em produtividade e competitividade.  "Hoje temos produtos melhores e somos o quarto mercado mundial; porém, há muitos desafios no sentido de reduzir custos, ampliar as exportações e, com isso, dar vazão à capacidade produtiva da indústria brasileira.” A Anfavea estima que entre 2017 e 2018 o setor automotivo brasileiro alcance a capacidade produtiva de 6 milhões de carros ao ano. Ampliar as exportações, portanto, ajudaria a evitar excedentes produtivos, já que o consumo interno não deve chegar nesse patamar ao mesmo tempo.  No primeiro trimestre, as exportações brasileiras caíram 32%. Esse cenário tem como grande “vilã” a Argentina, um dos principais parceiros

Plano Collor que confiscou a poupança completa 20 anos, ele comemorar absolvição, critica Barbosa e ataca MP

Imagem
O senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL) criticou nesta segunda-feira o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, e atacou o Ministério Público ao comemorar sua absolvição no último processo contra ele da época em que exerceu a Presidência da República. No plenário do Senado, Collor disse ter sido o homem mais investigado do País e questionou: “quem poderá me devolver tudo aquilo que perdi? A começar pelo meu mandato presidencial”. “Em que pese ter sido o homem público mais investigado da história política deste País, estou absolvido de todas, absolutamente todas as acusações. Estou inocentado de todas as delações. Repito: estou inocentado de todas as delações. A ninguém é mais dado o direito, salvo por reiterada má-fé, de dizer o contrário ou sequer fazer meras ilações”, disse o senador. “Depois de mais de duas décadas, cabe agora perguntar: quem poderá me devolver tudo aquilo que perdi? A começar pelo meu mandato presidencial e o compromisso público que assu