Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2016

SÃO PAULO X PALMEIRAS - FINAL PAULISTÃO

O que a sociedade faz com as nossas jovens meninas

Imagem
Antes de começar a ser problematizado na mídia, a erotização precoce de meninas e adolescentes já era estudada por Jane Felipe de Souza, professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Em 2002, ela cunhou o termo "pedofilização", a partir do qual analisa as contradições dentro de uma sociedade que, ao mesmo tempo que cria leis para proteger a infância e a adolescência, promove a espetacularização e sexualização dos corpos infantis. Conversamos com Souza sobre a problematização da sexualização precoce de meninas e como isso as afeta, tema da nossa  edição 299/junho , que está nas bancas. Leia a seguir: Na sua pesquisa você afirma que existem scripts, ou seja, ideias preconcebidas, do que se espera de um homem e de uma mulher antes mesmo de nascerem. O que compõe o script feminino? Esses scripts vão mudando de acordo com o tempo histórico. Exemplo: há 100 anos seria inimaginável que as mulheres chegassem a certos postos de tra

Redes marginais: o submundo do Facebook, do WhatsApp e do Youtube

Imagem
Sendo uma atividade humana, o crime está onde o homem está — e, claro, está na internet. Sempre esteve, praticamente desde que a rede se tornou suficientemente rápida e extensa. Em abril passado, porém, uma novidade tecnológica, introduzida sem muito alarde, transformou a internet num terreno muito mais propício à criminalidade. Antes, o grosso de crimes como tráfico de armas, terrorismo e pedofilia ocorria na chamada  deep web , a internet profunda, tão complexa que poucas pessoas costumam acessá-la. A internet comum, essa que as crianças e os adolescentes usam todo dia, era lugar de alguma criminalidade, como tráfico de drogas e roubo de carros, mas de forma velada, cifrada, discreta. Agora, os bandidos se sentem cada vez mais seguros para atuar na internet comum, a internet de todos nós. E, para isso, servem-se de instrumentos também mais populares, como o Facebook, o WhatsApp e, com menor intensidade, o YouTube. A grande diferença está na nova tecnologia. Em 5 de abril, o

Estudantes brasileiros ganham estágio na NASA

Imagem
Dois estudantes brasileiros terão uma oportunidade de ouro nos Estados Unidos: farão um estágio de verão na  NASA , a agência espacial norte-americana. Gabriel Militão, de Rio Claro (SP), e Flávio Maximiano, de Sorocaba (SP), são estudantes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e estão estudando atualmente na Universidade de Cornell, em Nova York, pelo programa Ciências sem Fronteiras. Os dois disseram à assessoria de imprensa do Ministério de Ciência Tecnologia e Inovação do Brasil que estão muito empolgados com a oportunidade. Embora sejam amigos, os estudantes não foram selecionados para estagiar na mesma área.  Maximiano atuará na área de análise e banco de dados e Militão trabalhará com a plataforma de visualização 3D World Wind. Maximiano disse que uma das áreas de estudo que mais o deixou interessou no estágio é a de segurança do espaço aéreo, uma das incumbências da agência espacial dos Estados Unidos.  “Desde o ensino médio, sempre achei que [esse] poderia s

Suspeito de participação no estupro coletivo no Rio , sorri chegar para prestar depoimento

Imagem
Raí de Souza,  na Cidade da Polícia, na zona norte carioca Raí de Souza, 22, considerado pela Polícia do  Rio de Janeiro  suspeito de participar do estupro coletivo de uma jovem de 16 anos, na semana passada, afirmou ao  UOL  que se arrepende de ter agido com ironia ao chegar à delegacia para prestar depoimento, na sexta-feira (27), quando confirmou ter sido o responsável por gravar imagens da vítima com o celular e divulgá-las na internet. Na ocasião, diante das câmeras, Souza entrou na Cidade da Polícia, na zona norte carioca, com acenos e sorrisos. Acompanhado do amigo, o jogador de futebol Lucas Perdomo Duarte Santos (identificado como namorado da adolescente violentada), 20, ele disse, em tom de deboche, que o atleta estava "mais famoso do que a Dilma". Por enquanto apenas Raí se entregou e foi preso temporariamente.  Lucas Santos foi preso em flagrante . "É claro que eu me arrependo. Eu nem estava acreditando [quando prestou depoimento] e ainda

Brasil tem pior governo do mundo, relatório Centro Mundial da Competitividade (CMC)

Imagem
Lausanne - O relatório anual do Centro Mundial da  Competitividade  (CMC) divulgado nesta segunda-feira evidenciou as dificuldades que a  América Latina enfrenta para avançar neste tema e expressou uma preocupação especial com o Brasil, que ocupa um dos últimos lugares de seu ranking de países mais competitivos. Dos 61 países que estão na classificação, liderada por Hong Kong, o Chile é o único país latino-americano que está entre os primeiros 40 colocados, em 36º - uma posição abaixo da que havia conseguido no ano passado. Os outros seis países da região mencionados neste documento estão nas últimas 20 posições. Publicidade O segundo país latino-americano melhor colocado é o México, em 45º, seguido de Colômbia (51º), Peru (54º) e Argentina (55º). O Brasil, que perdeu um posto em relação ao ano passado, aparece em 57º, e a Venezuela fecha a lista, em 61º. "O Brasil tem neste ano o pior governo do mundo, pior que o da Venezuela, que o da Mongólia ou da Ucrânia"

Ouça áudio de WhatsApp de criminosos incentivando o assassinato de policiais

Imagem
fonte: http://veja.abril.com.br/blog/a-origem-dos-bytes/ouca-audio-de-whatsapp-de-criminosos-incentivando-o-assassinato-de-policiais/

Montadoras podem acelerar demissões devido pátios lotados

Imagem
Leia Mais: http://economia.estadao.com.br/noticias/mercados,com-patios-cheios--montadoras-podem-acelerar-demissoes,10000054093 Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias Siga @Estadao no Twitter Há mais de um ano, a média de estoques nas montadoras e concessionárias de veículos está próxima dos 50 dias de vendas, bem acima do volume considerado razoável pelas empresas, de 30 a 35 dias. As várias medidas adotadas pelas fabricantes para reduzir a produção, com férias coletivas, dispensas temporárias e corte de jornada, não surtiram o efeito esperado para esvaziar os pátios, até porque os consumidores continuam arredios em adquirir bens de alto valor num período de crise. Em abril, o encalhe era de 251,7 mil veículos, suficientes para 46 dias de vendas. A produção no mês foi de 169,8 mil unidades e foram vendidas 162,9 mil, segundo dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). O cenário para os próximos meses é de corte de vagas no set

Chevrolet não vai mais oferecer Cobalt com motor 1.4 em sua linha

Imagem
A Chevrolet tirou de linha o Cobalt com motor 1.4. Ao menos é o que aparece no site da montadora, onde o sedã só pode ser configurado nas versões LTZ e Elite, sempre com o propulsor 1.8 EconoFlex de 108 cv – nas opções de câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis velocidades. Com isso, o preço inicial do Cobalt passa a ser de R$ 60.890, contra R$ 52.690 do antigo LT 1.4. A retirada de catálogo do Cobalt 1.4 pode ter dois motivos: não acirrar a concorrência interna com o Prisma 1.4 ou a troca da transmissão manual de cinco marchas por uma de seis velocidades. Segundo uma fonte ligada à GM, o Cobalt 1.4 com seis marchas já estava inclusive em testes de rodagem. Se ele não chegar em breve ao mercado, é sinal de que a GM optou mesmo por oferecer seu sedã familiar apenas com o motor maior. De todo modo, a interrupção pega de surpresa quem comprou o Cobalt reestilizado com motor 1.4, que durou menos de seis meses no mercado. Quer saber como anda o Cobalt 1.8 automático? Ent

Um grito contra o estupro

Imagem
Uma adolescente de 16 anos desacordada numa casa de dois cômodos à mercê de pelo menos 33 homens. Um vídeo que viraliza nas redes sociais. Comentários machistas, incentivando a violência e ridicularizando a vítima. O estupro coletivo ocorrido na Zona Oeste do Rio de Janeiro no sábado 21 deixou o País atônito. O caso chocou não só pela barbárie, mas pela prepotência dos criminosos, que filmaram o atentado e publicaram imagens da menina depois de violentada na internet. Ao mesmo tempo em que gerou revolta, a postagem tornou o fato público. Simultaneamente, as mulheres começaram a se manifestar nas redes sociais, em repúdio ao ocorrido. A principal mensagem era: não foram 33 contra 1, mas 33 contra todas nós (leia algumas  manifestações criadas na página anterior). A divulgação da selvageria gerou uma reação internacional, até porque o Rio será palco do maior evento esportivo do planeta, a Olimpíada, em agosto. Na quinta-feira 26, ONU Mulheres divulgou uma nota repudiando o crime.