terça-feira, 31 de março de 2020

Coronavírus em Joinville: GM vai suspender contratos de trabalho temporariamente

Fábrica de motores da GM de Joinville (Foto: Diórgenes Pandini, Arquivo NSC)

A General Motors (GM) do Brasil vai adotar o lay-off (suspensão temporária de trabalho) por causa do coronavírus em todas as suas fábricas, inclusive em Joinville. A decisão vai valer a partir do dia 14 de abril e não tem período definido.


Desde o dia 30 de março e até o dia 13 de abril, empresa dá férias coletivas a todos os seus empregados nas fábricas de Joinville (motores), São José dos Campos, Mogi das Cruzes, São Caetano do Sul e Gravataí.

- O lay-off e a redução de jornada vão impactar em redução de salários - confirma a empresa.

Em nota, a GM diz que essas medidas são emergenciais e temporárias, "tendo como objetivo a preservação dos empregos, contribuindo com os esforços do governo federal e de governos estaduais e municipais."
A montadora, que tem fábrica de motores em Joinville, explica que também está implementando plano de redução de custos e adiamento de investimentos .
Todas essas decisões foram tomadas "para proteger a saúde dos trabalhadores e garantir o futuro do negócio", complementa a nota da GM.

Nenhum comentário: