terça-feira, 24 de março de 2020

Vendas desabam para menos de 7 mil carros/dia por conta do coronavírus

Novo Onix Hatch nas lojas

Após bater mais de 12 mil unidades diárias no começo do mês, mercado começa a sentir o impacto da quarentena

O mercado brasileiro de automóveis já começou a sentir os efeitos do isolamento social em virtude da pandemia do coronavírus. Para se ter ideia, os emplacamentos da última sexta-feira (20) foram de apenas 6.977 unidades, contra 8.231 de quinta (19) e 10.825 de quarta (18) - no dia 5, chegou a haver um pico de 12.112 emplacamentos. É o primeiro sinal de que a tão esperada recuperação das vendas prevista para 2020 pode não acontecer, visto que ainda não há nenhum prazo estipulado para que a vida volte à normalidade. 
Enquanto concessionárias são fechadas (menos na parte de oficina), praticamente todas as fábricas de automóveis e comerciais leves já anunciaram a suspensão da produção por, pelo menos, duas semanas - o que afetará inclusive alguns lançamentos previstos para os próximos meses. A Fiat já anunciou o adiamento da estreia da nova geração da Strada (seria em abril), a Volkswagen deixou o Nivus para o segundo semestre (era maio) e outras marcas podem fazer o mesmo, como a Nissan com o novo Versa (era junho) e a Peugeot com o novo 208
Diante deste cenário, o mais provável é que não haja mudanças significativas no ranking de vendas daqui para o fim do mês - uma vez que os emplacamentos diários deverão ser reduzidos ainda mais nesta e nas próximas semanas. Em São Paulo, por exemplo, o governador João Doria decretou quarentena para a população a partir de amanhã (24). 
No acumulado até sexta (20), o Onix segue líder com ampla margem, tendo o Ford Ka em segundo com praticamente metade do volume. Antes em quarto, o sedã Onix Plus superou o HB20 e completa o pódio. O destaque do mês segue com o T-Cross, que não só lidera entre os SUVs como já deixou o Polo para trás e só perde para o Gol como o VW mais vendido.
Já o destaque negativo fica por conta do Compass, numa incômoda 17ª posição, e com o HR-V crescendo no retrovisor. Agora é esperar para ver o que os próximos dias e semanas no reservam...

fonte: Motor 1

Nenhum comentário:

Postagens mais visitadas